Quer passar férias em um lugar tranquilo e, ao mesmo tempo, generoso ao oferecer belezas e atrações? Nem precisa pensar duas vezes: reserve logo uma passagem para Aracaju e deslumbre-se com o charme da capital sergipana.

Essa cidade nordestina não é tão badalada como Salvador, Recife, Maceió ou Natal, e esse é um dos motivos que a tornam especial. Você pode desfrutar de tudo com mais tranquilidade e preços melhores.

Continue lendo o nosso artigo para saber mais sobre Aracaju!

Como a história começou

Em 1855, a pequena capital da província era São Cristóvão, que já não reunia condições para continuar como sede administrativa. Por iniciativa de Inácio Barbosa, então presidente da província, a administração foi transferida para o povoado de Santo Antônio de Aracaju, no litoral.

Pode-se dizer, então, que Aracaju já nasceu capital, pois foi projetada para isso. A cidade começou a se desenvolver em 1865 e o crescimento industrial foi impulsionado por volta de 1884, com a abertura da primeira fábrica de tecidos. Em 1914, Aracaju já contava com estrutura sanitária, pavimentação nas ruas, água encanada e ferrovia.

A criação da Empresa Sergipana de Turismo (EMSETUR), em 1977, foi um marco para iniciar a projeção da cidade como destino turístico no cenário nordestino e nacional.

Em 2018, a população estimada da cidade é de 648.939 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Agora, veja as atrações que vão fazer você se apaixonar pela capital sergipana.

Os passeios

Orla de Atalaia

Extensa área na zona urbana, estende-se por seis quilômetros e oferece ciclovia, calçadão para caminhada, quadras de esportes, quiosques, fontes luminosas e feiras de artesanato, entre outras atrações. As crianças vão adorar o oceanário, os parquinhos e os pedalinhos no lago. A orla concentra, também, um grande número de bares e bons restaurantes.

À noite, vá até a Passarela do Caranguejo para saborear a comida regional e provar o famoso caranguejo de Sergipe.

Projeto Tamar

Ainda na Orla de Atalaia, o oceanário do Projeto Tamar encanta crianças e adultos, ao mesmo tempo em que ensina a preservação das espécies marinhas e os cuidados com a natureza. Foi o primeiro oceanário a ser criado no Nordeste e possui 18 aquários e 5 tanques.

Praia do Robalo

Ao sul da orla, essa praia tem extenso areal e águas rasas, ideal para famílias com crianças. Você vai encontrar boa estrutura de praia, com restaurantes, bares, hotéis e lugares badalados para sair à noite.

Mosqueiro, Crôa do Goré e Ilha dos Namorados

Mais para o sul, chega-se a Mosqueiro, um simpático povoado de onde se vai de barco aos bancos de areia na maré baixa. A famosa Crôa do Goré, no rio Vaza Barris, é uma ilhota com um bar flutuante que serve cerveja gelada e frutos do mar.

Mais uns trinta minutos de navegação e o catamarã chega à Ilha dos Namorados, situada entre o rio e o oceano. Há mesas com guarda-sol, redes e boias para a criançada se divertir nas águas mansas. No meio da ilha, a piscina natural é ideal para os pequenos brincarem em segurança.

Cânion de Xingó e foz do rio São Francisco

Na direção norte, a cidade de Canindé, já na divisa com Alagoas, recebe os visitantes para mais uma aventura. De lá, partem as escunas e catamarãs para os cânions na foz do Velho Chico, onde o rio encontra o mar. Os barcos menores navegam pelos locais onde os grandes não chegam. Um mergulho nas águas verdes e límpidas do São Francisco será uma experiência memorável.

As atrações históricas e culturais

Os mercados

Já ouviu dizer que para conhecer a alma de uma cidade é preciso conhecer seu mercado? Pois em Aracaju você encontra não um, mas vários mercados. Os principais são o Antônio Franco, o Thales Ferraz e o Albano Franco. A área dos mercados fica bem em frente ao rio Sergipe.

Lá se encontra de tudo: artesanato regional, os exóticos frutos nordestinos, verduras, frutas, queijos, rapaduras, castanhas, mel e todos os produtos ligados à gastronomia.

O centro histórico

Nessa movimentada área de Aracaju, você vai conhecer o passado da cidade, presente em seus casarões antigos, monumentos históricos e museus. Veja o que visitar:

  • a antiga Praça Fausto Cardoso;
  • o Parque Teófilo Dantas e a feira de artesanato;
  • o Palácio e Museu Olímpio Campos;
  • o Museu de Artesanato de Sergipe;
  • o ancoradouro Ponte do Imperador;
  • a Catedral de Nossa Senhora da Conceição, datada de 1875;
  • o interativo Museu da Gente Sergipana e as estátuas gigantes do largo e muito mais.

O clima

Sergipe tem clima tropical com muito calor e umidade no litoral, e mais seco no interior. No verão, as temperaturas variam entre máximas de 30ºC e mínimas de 24ºC. No inverno, raramente baixam a menos de 20ºC.

Ou seja: em Aracaju sempre faz calor. Então, ao preparar a mala, coloque roupas frescas e confortáveis. Um agasalho ou um xale mais leve será suficiente para as noites de brisa mais fresca à beira-mar. Não se esqueça do protetor solar e do chapéu para se proteger do sol!

A temporada de chuvas vai de março a agosto. Entre setembro e fevereiro, os dias costumam ser secos e ensolarados. A água do mar é morna e muito agradável para banhos.

Quando ir

Qualquer época é boa para visitar Aracaju, mas se você gosta de festas, dois meses do ano são especiais: em janeiro acontece o Pré-caju, o carnaval antecipado que atrai milhares de foliões, e em junho, é hora do Forró Caju, uma das maiores festas do Nordeste. Então, prepare-se para dançar até o dia amanhecer.

Localização

Aracaju está no litoral de Sergipe, o menor estado brasileiro, que faz divisa com a Bahia e Alagoas, no Nordeste do país. A cidade fica entre os rios Sergipe e Vaza Barris.

A distância entre Aracaju e a capital baiana Salvador é de 325 quilômetros. Já entre Aracaju e a alagoana Maceió são 275 quilômetros.

Como chegar

Por via rodoviária, Aracaju pode ser alcançada pela BR-101, estrada nacional que liga o Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul, atravessando 12 estados brasileiros. A BR-235 liga o Sergipe ao estado do Pará, na região amazônica.

A rodovia estadual SE-100 segue pelo litoral do estado até a foz do Rio São Francisco, na divisa com Alagoas.

No entanto, mesmo com boas opções rodoviárias, o melhor a fazer é garantir sua passagem para Aracaju com a Azul e aterrissar com rapidez e conforto no Aeroporto Internacional Santa Maria.

Viu como Aracaju é tudo de bom? Não perca mais tempo. Entre no site de reservas da Azul para comprar a sua passagem e aproveite tudo o que a simpática capital sergipana tem para oferecer!