Com o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços prestados aos passageiros, as companhias áreas brasileiras adotaram, em 2017, novas regras que dizem respeito ao tamanho, peso e conteúdo da bagagem despachada e bagagem de mão em voos nacionais e internacionais.

Algumas dessas regras são definidas pela ANAC — Agência Nacional de Aviação Civil —, enquanto outras são estabelecidas pelas próprias empresas aéreas. Sendo assim, os limites de dimensão, peso e tipos de conteúdos a serem transportados nas malas podem variar de acordo com a companhia responsável por operar cada voo.

Pensando nisso, ao longo desse post, vamos apresentar as especificidades das bagagens permitidas pela Azul. Você entenderá a diferença entre as malas de mão e as malas que devem ser despachadas, além de saber como é possível viajar com o seu animal de estimação e como transportar objetos especiais. Confira!

Categorias “Azul” e “Mais Azul”

Com a mudança nas regras de bagagem, as companhias áreas deixaram de ser obrigadas a incluir a franquia de despache no valor final das passagens. Isso significa que passageiros que viajam apenas com mala de mão não precisam mais pagar por essa franquia.

Por isso, a Azul oferece duas categorias de passagens ao público: a “Azul” e a “Mais Azul”. Caso opte pela categoria Azul, o passageiro pagará um valor menor pela passagem, pois ela não inclui o despache de bagagens. Caso escolha a Mais Azul, o cliente terá direito a despachar um item de até 23 kg.

Em ambas as categorias, é possível adicionar uma ou mais dessas peças de até 23 kg, a qualquer momento, por meio do pagamento da franquia de despache adicional. Os valores da inclusão de bagagens extras variam de acordo com o tipo de voo (doméstico ou internacional) e, também, com o momento em que são adicionadas.

Será mais caro incluir bagagens adicionais no aeroporto, apenas no momento de embarque, quando comparado a incluir essas peças, com antecedência, pelo site, aplicativo ou pela central de atendimento da Azul.

Bagagem Despachada

A bagagem despachada é aquela que deve ser registrada e entregue no balcão da companhia. As peças dessa categoria são enviadas ao setor de cargas e viajam separadas do cliente. Na Azul, cada item despachado pode ter até 23 kg e apresentar dimensões máximas de 80 x 28 x 50 cm (comprimento, largura, altura).

Mesmo sendo transportadas fora da cabine de voo, as malas despachadas não poderão conter alguns itens, como por exemplo:

  • detonadores;
  • granadas;
  • gás;
  • combustível líquido;
  • fogos de artifício;
  • extintores de incêndio;
  • ácidos;
  • venenos;
  • gases comprimidos;
  • materiais radioativos.

Bebidas alcoólicas podem ser despachadas, desde que as embalagens sejam lacradas de fábrica e não tenham mais do que 1 litro. A quantidade permitida de embalagens desse tipo de bebida é ilimitada para aquelas com teor alcoólico menor do que 24%; de até 5 frascos para bebidas entre 24% e 70% de álcool; e o transporte de líquidos com mais de 70% de teor alcoólico é proibido.

O número permitido de bagagem despachada por pessoa varia de acordo com o destino final.

Voos nacionais

Em voos domésticos, o passageiro poderá despachar até 5 peças, sendo a primeira delas já inclusa no valor da passagem daqueles que voam pela categoria Mais Azul.

As tarifas de despache de bagagens extras dependem da quantidade de itens registrados: o valor cobrado pela primeira mala adicional é menor do que o cobrado pela segunda, que é menor do que o cobrado da terceira a quinta peça.

Voos para outros países da América do Sul

Passageiros com destino a países da América do Sul também poderão registrar até 5 bagagens no balcão de embarque. Nesse caso, a primeira peça é registrada por um valor inferior ao aplicado da segunda à quinta peça. 

Voos para os Estados Unidos ou para países europeus

 As regras aplicadas aos voos com destino final nos Estados Unidos ou na Europa são diferentes e dependem da categoria da passagem escolhida por cada pessoa. Confira a quantidade de peças permitidas por categoria:

  • Mais Azul — 1 peça de até 23 kg;
  • Economy — 2 peças de até 23 kg;
  • Business — 3 peças de até 23 kg.

Bagagem de Mão

A bagagem de mão é o item que pode ser levado na cabine de voo, sem nenhum custo adicional, tanto em voos nacionais, quanto internacionais. O passageiro tem direito a uma unidade, desde que não ultrapasse os limites de peso e tamanho estabelecidos pela Azul.

O peso máximo permitido é de 10 kg e as dimensões máximas são 35 x 25 x 55 cm (comprimento, largura, altura). Caso essas regras não sejam respeitadas, a Azul poderá direcionar as bagagens fora do padrão para despache e o passageiro estará sujeito à cobrança.

Além da mala de mão, um artigo pessoal que deverá ser transportado abaixo do assento dianteiro também é permitido. Em geral, bolsas, pastas e mochilas encaixam-se nessa categoria. Os artigos pessoais não poderão ultrapassar as medidas de 35 x 20 x 45 cm (comprimento x largura x altura).

Por serem as peças que viajam com o cliente, é na mala de mão e nos artigos pessoais que documentos, dinheiro, chaves, celulares e outros objetos importantes e de valor deverão ser transportados. A Azul não se responsabiliza por perdas ou danos de itens desse tipo que forem despachados.

Também é importante ressaltar que a segurança de malas, bolsas e mochilas que viajam na cabine é de responsabilidade do passageiro. Cada pessoa deverá ficar atenta para evitar que outros mexam em seus pertences sem autorização e, também, para não esquecer nenhum objeto no avião.

Transporte de líquidos na bagagem de mão

A ANAC determina que todos os líquidos, além de cremes, géis, aerossóis e pastas, sejam transportados em recipientes de no máximo 100 ml, com volume total máximo de 1 litro.

Em voos internacionais, as regras são ainda mais específicas e os frascos com líquidos deverão ser colocados em uma embalagem plástica, com vedação do tipo ziploc, de no máximo 20 x 20 cm (largura, altura) — essa embalagem pode ser adquirida nos aeroportos.

Objetos proibidos na bagagem de mão

Para a segurança de todos os passageiros, objetos que oferecem risco ao voo e às pessoas são proibidos na bagagem de mão. Alguns exemplos desses itens são:

  • objetos pontiagudos ou cortantes, como facas, navalhas, canivetes e outros;
  • armas de fogo (ou réplicas de brinquedo);
  • armas de pressão;
  • choque elétrico;
  • estilingues;
  • produtos como sprays de pimenta, ácidos e neutralizantes;
  • ferramentas, como pé de cabra, martelo, furadeiras e outros;
  • explosivos, munições, fogos de artifício e pólvora;
  • líquidos e gases inflamáveis;
  • repelentes de animais em aerossóis;
  • cloro, ácidos e venenos;
  • materiais radioativos ou tóxicos.

Pet na cabine

Além da bagagem de mão, os passageiros podem viajar com 1 animal de estimação (cão ou gato), mediante ao pagamento de uma taxa por trecho de voo. A bordo, são permitidos 3 animais domésticos, desde que todos estejam dentro das regras da Azul.

As regras são:

  • os animais devem ter mais de 4 meses de idade;
  • devem estar limpos, saudáveis e sem odores;
  • devem ser transportados em um contêiner rígido ou em uma mala flexível de dimensões máximas 43 x 31,5 x 20 cm (comprimento, largura, altura);
  • o peso total do animal e da embalagem deve ser inferior a 5 kg;

Para garantir o conforto e o bem-estar do seu pet, garanta que o contêiner ou a mala sejam resistentes, impermeáveis, confortáveis, que tenham aberturas que o bichinho possa respirar e que apresentem um dispositivo de trava. A embalagem para o transporte de animais é de responsabilidade do passageiro. Caso ela esteja fora dos padrões permitidos pela companhia, a Azul poderá negar o embarque do animal.

Além disso, o pet só poderá embarcar com a apresentação do cartão de vacina antirrábica (comprovando a vacinação no período superior a 30 dias e inferior a 1 ano) e com um atestado de saúde emitido por um veterinário. Esse atestado deverá ser emitido com, no máximo, 10 dias de antecedência ao embarque.

Bagagem Especial

Voos nacionais

Alguns equipamentos esportivos, de pesca ou eletrônicos podem ser transportados nacionalmente na categoria “Bagagem Especial”. O transporte dessas peças pode fazer parte da franquia da passagem ou não. Nesse último caso, uma taxa adicional será aplicada.

Equipamentos que podem ser transportados como parte da franquia da bagagem

  • 1 televisor ou monitor de até 26” com peso inferior a 23 kg;
  • raquete de tênis;
  • vara de pescar;
  • skis aquáticos;
  • arco e flecha;
  • snowboard;
  • equipamentos de hóquei;
  • equipamento de camping e barraca;
  • mochila de alpinismo;
  • sacola de boliche;
  • mochila de tacos de golfe;
  • saco de dormir.

Equipamentos que podem ser transportados mediante pagamento adicional

  • 1 televisor ou monitor entre 26″ e 64″ com peso até 23 kg;
  • bicicleta;
  • prancha de surf (bolsa com no máximo 3 pranchas);
  • prancha de stand up paddle;
  • prancha de bodyboard;
  • kiteboard;
  • waveski;
  • kitesurfe;
  • dardos;
  • equipamentos de mergulho.

Equipamentos que não podem ser transportados

  • televisores ou monitores acima de 64″ ou peso acima de 23kg;
  • caiaques;
  • botes;
  • canoas;
  • pole jump;
  • windsurfe;
  • caiaques;
  • asa delta;
  • hoverboard (skate elétrico);
  • equipamentos de grande cubagem.

Equipamentos de pesca

Para transportar equipamentos de pesca, o passageiro deverá adquirir 1 peça extra de bagagem de até 23 kg. Caso o equipamento ultrapasse os 23 quilos, mas não exceda o limite máximo de 45 kg, será cobrada uma taxa de serviço adicional.

Voos internacionais

No caso de voos internacionais, as regras para o transporte desses equipamentos especiais podem variar de acordo com o país de destino. Nesse caso, consulte a companhia aérea com antecedência para saber mais detalhes sobre a categoria Bagagem Especial.

Outras peças

Além dos itens citados anteriormente, algumas peças específicas poderão ser despachadas ou embarcadas com o passageiro.

Cadeiras de Rodas

Passageiros portadores de deficiência motora podem transportar dentro da cabine ou despachar cadeiras de rodas e outros equipamentos que auxiliem a sua locomoção. Nesses casos, é preciso verificar as regras para o transporte de cadeiras com baterias.

Carrinhos de bebês

Crianças entre 0 e 2 anos têm direito de transportar 1 carrinho de bebê como parte da franquia da passagem. Carrinhos que se encaixem nas dimensões 35 x 25 x 55 cm (comprimento x largura x altura), totalizando no máximo 115 cm, e que não pesem mais de 10 kg podem ser levados a bordo. Os demais deverão ser despachados de forma gratuita.

Em voos internacionais, a tarifa de bebês de colo também inclui uma bagagem de mão de até 10 kg.

Bebê conforto

As crianças também poderão viajar sentadas em equipamentos do tipo bebê conforto. Para utilizar esse direito, os acompanhantes da criança deverão solicitar o serviço por meio da central de atendimento da Azul, com o mínimo de 48 de antecedência ao embarque.

Nesse caso, o equipamento será preso à poltrona do avião e o bebê pagará a tarifa como se fosse uma criança maior de 2 anos. É importante ressaltar que essas cadeirinhas deverão conter o selo de certificação FAA.

Armas de fogo

Armas de fogo poderão ser transportadas a bordo ou despachadas somente com autorização oficial da Polícia Federal. Passageiros com essa permissão deverão comparecer ao balcão da empresa para finalizar o check-in ou o despacho da arma de forma presencial.

Orientação geral

A Azul poderá negar, a qualquer momento, o transporte de qualquer objeto que coloque a segurança do voo em risco, que comprometa a estrutura do avião ou que a empresa não esteja autorizada a transportar.

Sempre que precisar viajar com objetos que saiam dos padrões da companhia, como artigos de grandes dimensões, objetos perigosos, carga viva, material biológico (tecidos, urina, água para testes etc.), ou outros itens que gerem incertezas quanto à permissão de transporte, consulte a companhia área com antecedência.

A Azul está sempre pronta para atender você e tirar todas as suas dúvidas. Por isso, quando necessário, entre em contato com a nossa central de atendimento e faremos o melhor para atender você.

Esperamos que esse artigo ajude a planejar melhor as suas malas e, consequentemente, suas viagens. E se você gostou do conteúdo, compartilhe esse post nas redes sociais para que mais pessoas aprendam sobre as regras de bagagem despachada e bagagem de mão.