Se você vai viajar de avião pela primeira vez, certamente está vivendo uma mistura de sentimentos que passam pela empolgação de experimentar algo novo e pela ansiedade de não saber como agir. Isso sem falar no medo de voar, que impede muitas pessoas de expandir os horizontes e desfrutar da delícia de viajar.

Bem, quanto à segurança, não se preocupe: entra ano e sai ano, as estatísticas mostram que os aviões continuam sendo o meio de transporte mais seguro do mundo. Suas chances de morrer em um desastre aéreo são de uma em 18 milhões. Se for de carro, você terá 1 chance em 18 mil. Pode acreditar: o avião é mais seguro até do que sua bicicleta.

Então, prepare-se para a decolagem. Nosso artigo vai contar tudo o que você precisa saber ao viajar de avião pela primeira vez.

Os preparativos iniciais

Prepare-se com boa antecedência. Em casos de viagens internacionais, o ideal é começar a pesquisar preços de passagens pelo menos 3 meses antes. Quanto mais próximo o embarque, mais altas serão as tarifas aéreas.

Sites como Decolar, Skyscanner, Kayak ou o Google Flights são úteis para comparar preços. Encontrou a melhor opção? Faça a reserva diretamente no site da companhia aérea, para evitar cobrança de taxas extras.

Observe que um voo barato nem sempre é conveniente. É melhor pagar um pouco mais por um voo direto e chegar rápido ao destino do que fazer várias conexões em diferentes aeroportos e desperdiçar um dia inteiro só para poupar alguns reais.

Ao reservar, observe bem o mapa dos assentos para escolher o melhor lugar no avião. Quer apreciar a paisagem em um voo diurno? Vá de janela. Gosta de esticar as pernas ou precisa ir ao toalete com frequência? Prefira o corredor para ter mais liberdade.

Mesmo sabendo que o avião é seguro, se você ainda quiser uma garantia extra, escolha um assento na parte traseira da aeronave e perto de uma saída de emergência. As estatísticas mostram que as chances de sobrevivência em um acidente são maiores para quem ocupar esses lugares.

Dê uma olhada neste infográfico do nosso blog: ele mostra um mapa do avião e dá sugestões do que considerar ao escolher o seu assento.

A documentação de viagem

Para viajar sem aborrecimentos, é imprescindível apresentar os documentos corretos no embarque e no desembarque. O principal deles é o passaporte válido por pelo menos 6 meses antes do seu retorno.

Para destinos nacionais ou países do Mercosul, basta um documento de identidade recente com foto. Quanto às crianças, consulte a companhia aérea sobre a documentação exigida.

Se estiver indo para o exterior, você pode precisar de outros documentos além do passaporte, dependendo do país de destino. Por isso, lembre-se de levar:

  • voucher do seguro de viagem;
  • a passagem de volta ao Brasil;
  • reserva da acomodação para a primeira noite, ou carta-convite de seu anfitrião, se ficar em casa de parentes ou amigos;
  • comprovantes de que você tem vínculos com o Brasil e que não pretende permanecer ilegalmente no país de destino: contracheques, cópia da Declaração de Imposto de Renda, aviso de férias, declaração do empregador, matrícula em Universidade etc.;
  • provas de que você tem recursos para bancar a viagem: extratos bancários, cartões de crédito internacionais, dinheiro em espécie etc.;
  • cartão de vacinas;
  • visto de entrada válido para seu período de permanência.

A documentação exigida depende de cada destino, por isso é fundamental consultar o site dos consulados de cada país a visitar. O mais provável é que você nem precise apresentar nenhum documento na entrevista com o oficial de imigração, mas, por via das dúvidas, tenha em mãos tudo o que pode ser pedido.

E nunca é demais lembrar: documentos vão na bagagem de mão e nunca na mala despachada, certo?

A mala ideal

Ao preparar a mala ideal para viajar de avião pela primeira vez, ou pela segunda ou em todas as outras vezes, a regra de ouro é esta: só leve o que você puder carregar sem ajuda.

O tamanho e o peso da bagagem podem ser determinantes para que seu trajeto seja prazeroso e confortável ou então se transformar em um pesadelo. Veja o que pode acontecer se você já sair de casa carregando malas enormes e pesadas:

  • ter que pagar taxas extras pela bagagem despachada, ou então por excesso de peso;
  • sua bagagem de mão pode ser barrada por estar fora das dimensões e você vai precisar despachá-la também (e pagar por isso!);
  • ao passar pelos canais de inspeção dos aeroportos, se o conteúdo de sua bolsa de mão não atender às normas de segurança, alguns de seus objetos, cremes e perfumes podem ir parar no lixo;
  • você pode ter que acomodar a bagagem de mão longe do seu assento, se não encontrar espaço suficiente no compartimento acima do seu lugar;
  • quanto mais malas você tiver, maior será o risco de alguma delas ser extraviada;
  • já no destino, você vai usar trens, metrô, ônibus ou táxis para se deslocar. Imagine fazer isso carregando bagagem pesada!
  • se entupir a mala já antes de sair de casa, não vai sobrar espaço para suas comprinhas;
  • o mais provável é que você volte para casa sem ter usado nem metade do que levou e terá passado o tempo todo carregando peso inútil.

Então, siga esta sugestão: qualquer que seja a duração de sua viagem, prepare bagagem para uma semana. Depois disso, você pode repetir as roupas que já usou uma vez, ou então lavar no hotel ou em lavanderias públicas.

E, para não ter problemas, confira o que pode e o que não pode ir na mala. É fundamental, também, seguir as instruções da companhia aérea sobre bagagem despachada, sobre bagagem de mão e sobre bagagem especial.

Antes de ir para o aeroporto

Depois de reservar a passagem de avião, confira os meios de transporte para o aeroporto. Você terá que se apresentar no balcão de check-in com uma hora de antecedência em voos nacionais, e duas horas antes em viagens internacionais.

Verifique as opções de transporte público: metrô, ônibus ou trem? A partir de que hora estarão circulando, caso seu voo saia muito cedo? Quanto tempo será gasto no trajeto?

Se não houver transporte público que te atenda e nem um amigo ou parente para te levar, contrate o táxi com antecedência e confirme com o motorista na véspera do voo.

Assim que chegar ao aeroporto, informe-se imediatamente sobre a localização do balcão de check-in de sua companhia aérea. As distâncias dentro de alguns aeroportos são grandes. Não perca tempo rodando sem rumo, sem saber aonde se dirigir primeiro: pergunte no balcão de informações ou ao pessoal de terra. Nos sites dos grandes aeroportos, há mapas indicando os balcões das aéreas e a localização de todos os setores, se quiser conferir com antecedência.

Ainda antes de sair de casa, prepare um lanche para levar, pois a espera na sala de embarque pode ser demorada. Não deixe para comer nos restaurantes e lanchonetes do aeroporto, pois os preços costumam ser exorbitantes.

Na sala de embarque

Então, você chegou com boa antecedência, fez o check-in, recebeu seu cartão de embarque, passou pela inspeção de segurança e chegou à sala de embarque. É hora de encontrar seu avião.

O número do voo estará informado no seu cartão de embarque e, na maioria das vezes, o número do portão também. Se não estiver, procure nos painéis ou monitores eletrônicos espalhados pelo aeroporto. Com toda certeza, haverá um desses painéis na sala de embarque.

Caso o número de seu portão ainda não estiver aparecendo, não se preocupe. Aguarde com calma que logo o painel será atualizado, ou então o sistema de som do aeroporto vai chamar os passageiros, indicando o portão. Continue prestando atenção às informações dos monitores eletrônicos e aos avisos de som, pois o portão pode ser alterado e você terá pouco tempo para se deslocar até o novo local.

Aproveite o tempo de espera para ir ao banheiro, pois o WC do avião é pequeno e não muito confortável, em especial para os passageiros maiores.

Cerca de meia hora antes da partida, você ouvirá a chamada para o seu voo. Preste atenção na ordem para entrar no avião. Primeiro, são embarcados os passageiros com prioridade. Os demais serão chamados por outros critérios, mas, principalmente, de acordo com a fileira dos assentos.

Não há necessidade de ficar em pé na fila, se seu número ainda não foi chamado. Quando sua hora chegar, tenha já na mão o cartão de embarque e o passaporte ou documento de identidade.

Dentro do avião

Ao entrar na aeronave, alguns membros da tripulação estarão à porta para receber e orientar os passageiros. Observe como é o avião: a cabine de comando à frente, depois os assentos da primeira classe ou executiva, os toaletes e a cozinha. Em seguida, os assentos da classe econômica. Dependendo do modelo da aeronave, essa disposição terá pequenas diferenças. Conheça um Airbus A330 lendo nosso artigo sobre ele no blog.

Localize seu assento e acomode sua bagagem de mão no compartimento acima das poltronas. Se necessário, peça o auxílio de um membro da tripulação. Eles são muito atenciosos e estão sempre prontos a ajudar.

Não fique de pé no corredor atrapalhando a passagem. Sente-se logo e afivele o cinto de segurança. Enquanto os outros se acomodam, observe as saídas de emergência, descubra onde estão os botões para acender a luz, controlar o ar-condicionado e chamar os comissários. Em voos longos, haverá um monitor de TV e fones de ouvido para os canais de entretenimento, além de cobertor e travesseiro.

Mas calma, ainda não é o momento de inclinar a poltrona para descansar. Isso só será permitido depois que a decolagem for concluída e o avião estiver estabilizado. Aproveite para folhear a revista de bordo e ler o folheto de instruções de segurança que estarão no bolsão à sua frente.

Além de artigos interessantes, a revista de bordo traz informações detalhadas sobre o avião, os procedimentos de segurança, as rotas da companhia aérea, o programa de milhagem, as opções de entretenimento etc. Se ainda tiver dúvidas, aperte o botão de chamada e espere: um dos comissários logo virá atender.

Siga as orientações da tripulação

Os membros da tripulação usam o sistema de som do avião para se apresentar, dar instruções de segurança, orientar sobre os serviços de bordo e passar as informações do voo.

Enquanto o avião ainda está taxiando na pista, antes da decolagem, os comissários farão a demonstração dos procedimentos de segurança. Eles vão mostrar como afivelar e soltar os cintos, como usar as máscaras de oxigênio e os coletes infláveis, vão apontar as saídas de emergências etc. Em nome da segurança de todos, não ignore essa demonstração: olhe para eles e atenda às instruções.

É natural sentir um pouco de medo e ansiedade ao viajar de avião pela primeira vez. Não hesite em comunicar à tripulação que é seu primeiro voo, se estiver muito inseguro, pois os comissários são treinados para cuidar bem dos passageiros de primeira viagem. Também temos um artigo no nosso blog que ensina a lidar com o medo de voar.

No desembarque

Você mal terá tempo de descobrir e aproveitar tudo o que o avião oferece e já estará ouvindo a voz do comandante pelo sistema de som: “Atenção, tripulação, preparar para o pouso”.

Depois da aterrissagem, aguarde o desligamento total dos motores da aeronave antes de soltar o cinto de segurança e se levantar. Abra o compartimento de bagagens com cuidado, porque os objetos podem se movimentar lá dentro durante o trajeto. Pegue seus pertences, conferindo bem se não deixou nada para trás.

Já fora do avião, siga as direções indicando a saída para encontrar sua mala na esteira rolante. O número do voo estará sinalizado acima de cada uma.

Encontrou a bagagem? Verifique se ela não está violada nem danificada. Em caso afirmativo, não saia da área de desembarque: informe-se com um funcionário e vá imediatamente ao balcão de reclamações registrar a ocorrência.

A mala não apareceu na esteira? O procedimento é o mesmo: procure logo o setor indicado e registre a reclamação antes de se dirigir à saída.

A empresa aérea é responsável por sua bagagem. Qualquer dano ou extravio deverá ser ressarcido em tempo hábil.

Pronto, você chegou ao seu destino: o fim da leitura de nosso artigo. Esperamos que tenha feito uma ótima viagem. Agora que já está preparado para viajar de avião pela primeira vez, convide seus amigos para aproveitar junto com você. Compartilhe nosso artigo em suas redes sociais e prepare-se para passeios fantásticos!