Você já pensou passar as férias com a sua família em um paraíso? E se esse lugar, além de bonito por natureza, for também uma cidade moderna, com atrativos de lazer variados, pontos históricos muito interessantes e uma gastronomia incrível?

Claro que estamos falando de Florianópolis, a capital do Estado de Santa Catarina. Suas praias e ilhas são famosas pelas areias brancas, dunas enormes e ondas de arrepiar. Mesmo sendo um centro urbano importante do Sul do Brasil, a cidade ainda guarda muitas áreas de mata virgem, bem como vilas históricas que contam muito sobre a colonização do nosso país.

Está de olho nas próximas férias? Conheça aqui os melhores motivos para garantir hoje mesmo a sua passagem para Florianópolis.

Conheça mais sobre a Ilha da Magia

A região conhecida hoje como Florianópolis é habitada desde antes mesmo dos primeiros desbravadores portugueses chegarem ao Brasil. Existem achados arqueológicos nessa área que datam de mais de 4.800 mil anos. As tribos tupi-guarani que viviam nesses territórios deixaram marcas históricas e culturais até os dias atuais.

Apesar de a ilha ser um importante entreposto para os navios, que seguiam para a Bacia do Prata (Argentina e Uruguai) no início do século XVI, apenas em 1675 foi que o bandeirante paulista Francisco Dias Velho e mais alguns membros de sua família fundaram um povoado: Nossa Senhora do Desterro.

O fluxo de moradores de Desterro aumentou a importância do lugar, que foi elevada à categoria de vila em 1726, quando se desmembrou de Laguna. Com o destaque da região, em 1737 os portugueses passaram a fortificar a ilha, impedindo a ação de invasores estrangeiros. A economia local crescia com as produções agropecuárias e a manufatura de algodão e linho.

Em 1823, o desenvolvimento acelerado de Desterro a credenciou para se tornar uma cidade, além de capital do Estado de Santa Catarina. Nesse período foram realizadas muitas obras de infraestrutura na ilha, bem como a construção de prédios públicos e moradias. No ano de 1894, em homenagem às vitórias militares do Marechal Floriano Peixoto, o nome da cidade foi mudado para Florianópolis.

Informações sobre Floripa

Santa Catarina é um importante estado localizado na região Sul do Brasil. Sua cidade mais importante é Florianópolis, que se divide em duas partes, uma continental e uma grande ilha, na qual estão os maiores atrativos.

Hoje, Floripa tem cerca de 490 mil habitantes, ficando com a segunda maior população catarinense (Joinville é a primeira). Segundo dados da ONU (Organização das Nações Unidas), a Ilha da Magia é a capital brasileira com o melhor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Isso indica que os moradores da cidade têm ótimas condições de saúde, saneamento, segurança, emprego e educação.

Ao norte de Florianópolis ficam as cidades de Bombinhas (onde fica o Beto Carrero World, Balneário Camboriú (importante destino turístico) e Blumenau. Já seguindo na direção sul estão Tubarão, onde existe um grande porto e Criciúma, uma importante cidade industrial do estado.

O clima em Floripa segue à risca as estações do ano. Os verões (de dezembro a março) são quentes, com os termômetros marcando acima dos 30 graus. Embora faça calor, essa também é a temporada de chuvas, que acabam refrescando os finais de tarde. Já durante o inverno (junho a setembro), as temperaturas tendem a cair, ficando entre 22 e 14 graus em média. Nessa época a incidência de chuva é menor, mas o mar tende a ser mais gelado e com ocorrências de ressacas, quando os ventos fortes formam ondas mais violentas.

A cidade conta com um moderno aeroporto internacional, o Hercílio Luz, que foi concedido à iniciativa privada e passa por grandes melhorias. A partir de 2019, está planejada a inauguração de mais um terminal de passageiros, o que visa aumentar o fluxo de visitantes e facilitar o acesso de turistas de todo o mundo.

Curta os pontos turísticos da cidade

Florianópolis tem vocação para o turismo. Sua vida natural privilegiada e os atrativos culturais de uma grande metrópole encantam as pessoas com os gostos mais variados. Claro que as praias, lagoas e áreas verdes oferecem muito aos visitantes, mas as atrações históricas, gastronômicas e artísticas proporcionam aos viajantes ótimos momentos na capital de Santa Catarina. A seguir, vamos falar sobre os principais lugares para conhecer em Florianópolis.

Praias

Como estamos falando de uma ilha, a cidade tem uma grande variedade de praias à disposição dos turistas em todas as regiões. Seja para curtir o dia com as crianças ou para praticar esportes radicais, em Floripa é possível encontrar a praia perfeita para os seus momentos de folga.

O número oficial de praias vem aumentando nos últimos anos, já que o poder público começou um levantamento mais detalhado da orla da Ilha da Magia. Por décadas, eram 42 praias, espalhadas por toda a região.

No entanto, um estudo encomendado pelo IPUF (Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis) apontou a existência de mais de 100 praias na cidade. Muitas ainda não têm nome, porque mesmo os moradores as identificam de maneiras diferentes.

A praia mais famosa de Florianópolis é a Joaquina, que tem as ondas mais procuradas pelos surfistas. No local são realizados muitos campeonatos internacionais da modalidade, além de servir de pico para os amantes do surf.

Outra atração da Joaquina são as dunas, que servem de pista para os mais corajosos descerem a bordo de pranchas, modalidade conhecida como sandboard. A areia branquinha e bem fina garante um piso confortável para quem não conseguir se equilibrar. Dá para ter boas horas de diversão com a família toda, ainda mais com a linda paisagem.

Na “Joaca”, como os nativos chamam a praia, estão à disposição diversos bares, restaurantes e pousadas. Escolha uma casa e aproveite as delícias servidas enquanto aprecia o mar. O passeio com o seu pessoal será memorável.

Na praia do Campeche, o visitante encontra uma longa faixa de areia, que percorre cerca de 10 quilômetros até a praia da Joaquina. O mar tem ondas fortes, mas que são agradáveis para nadar e brincar com a criançada.

Bem em frente à praia fica a Ilha do Campeche, um paraíso intocado que tem acesso via pequenos barcos. Da praia, as embarcações partem todos os dias levando os turistas para se divertir na ilha, numa viagem de cerca de 15 minutos.

A Ilha do Campeche tem Mata Atlântica preservada, além de uma fauna incrível, com a presença até de Quatis. O local também guarda um importante tesouro arqueológico, pois ali existem pinturas rupestres, que são desenhos feitos por seres pré-históricos que habitavam a ilha.

Suas águas são calmas e transparentes, ideais para a prática de mergulho. As crianças ficam encantadas quando conhecem os segredos da vida marinha, que é abundante na região. O ideal é levar a sua alimentação e fazer um piquenique, já que existe apenas um pequeno restaurante na ilha. Não se esqueça de recolher e levar embora todo o lixo produzido.

Por ser um destino turístico que preza pela preservação ambiental e cultural, as visitas na Ilha do Campeche são limitadas a 800 pessoas por dia. As saídas ocorrem de três pontos: na praia do Campeche (trajeto mais curto), na praia da Armação e da Barra da Lagoa (trajetos mais longos). O indicado é o viajante marcar o passeio com antecedência, que são organizados por essas cooperativas:

  • Associação de barqueiros da praia do Campeche (Tel: 48-99997-3394);
  • Associação Couto de Magalhães (Tel: 48-3224-8333);
  • Associação de pescadores da praia da Armação (Tel: 48-99902-3233);
  • Associação de transporte da Barra da Lagoa (Tel: 48-98472-5257).

Agora, para quem gosta de badalação o destino indicado é a conhecida Jurerê Internacional. Apesar de ser um bairro residencial planejado, com muitas árvores e mansões incríveis, também abriga as baladas, os bares e restaurantes mais requisitados de Florianópolis.

A alta classe da cidade desfila com seus carrões, iates e até helicópteros pela praia, que durante o verão é uma das mais frequentadas por turistas e moradores locais. Esse é um dos melhores points de badalação na zona norte de Floripa. Confira outras praias de Florianópolis que merecem uma visita:

  • praia Mole;
  • praia do Santinho;
  • praia dos Ingleses;
  • praia Brava;
  • praia da Galheta;
  • praia do Forte;
  • praia do Matadeiro;
  • praia dos Naufragados;
  • praia da Lagoinha da Ponta das Canas;
  • praia da Barra da Lagoa.

Lagoas

A ilha de Floripa tem duas grandes massas de água, a Lagoa da Conceição e a Lagoa do Peri, onde os visitantes podem fazer exercícios, andar de bicicleta ou apenas caminhar enquanto contempla as belezas naturais. Esses pontos têm estrutura de bares e restaurantes, que rendem um ótimo passeio.

Na Conceição, dá para subir no mirante que fica no alto dos morros que cercam a lagoa. Desse ponto é possível fazer lindas fotografias com uma paisagem sensacional ao fundo.

Mercado Público

Instalado em um imponente prédio inaugurado em 1899, o Mercado Público de Florianópolis é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Além do comércio de peixes, frutos do mar, cereais, bebidas e mais diversos tipos de alimentos, o mercado tem lojas de artesanato, roupas e calçados.

Um dos maiores atrativos são os bares e restaurantes do local, que servem comida deliciosa. Um dos campeões da preferência do público é o pastel de bacalhau, que tem uma massa bem sequinha e um recheio generoso. Pegue um chopp gelado e se acabe com os sabores e texturas desse snack tão típico do Brasil. (r. Jeronimo Coelho, 60 – Centro)

Ponte Hercílio Luz

Marco da cidade, a ponte foi a primeira ligação do continente à ilha de Florianópolis. Suas obras começaram em 1922, com o nome de Ponte Independência. Contudo, em sua inauguração para o tráfego de pessoas e veículos em 1926, foi batizada em homenagem ao governador Hercílio Luz, que havia dado início às obras e morrera dois anos antes.

Como foi projetada para um outra realidade de trânsito e tamanho dos automóveis, acabou interditada em 1982 devido às más condições da estrutura de ferro, que tem 821 metros de comprimento. Acabou sendo reaberta mais tarde apenas para pedestres, porém, desde os anos 1990, a ponte não pode ser acessada.

Hoje a Ponte Hercílio Luz é considerada patrimônio cultural da humanidade e continua em obras de restauração, mas pode ser admirada de diversos pontos do centro da cidade e do lado continental. A população catarinense tem muito orgulho desse ponto importante para a história local.

Centro histórico

Parte muito importante do desenvolvimento da ilha de Florianópolis, o centro da cidade contém construções do século XVIII, que hoje em dia podem ser visitadas. Um dos destinos mais interessantes é o Palácio Cruz e Souza, que já foi sede do governo do estado, mas que agora abriga o Museu Histórico de Santa Catarina.

O palácio fica na praça XV de Novembro, que também tem como ponto de referência a antiga cadeia da cidade, além da imponente Catedral Metropolitana. Nessa mesma região estão o Memorial Meyer Filho, a Casa da Alfândega, o Monumento a Fernando Machado e o Mercado Público.

Vilas históricas

A ilha de Florianópolis tem uma interessante história de imigração de açorianos, que começaram a habitar o sul do Brasil no século XVII. A Coroa Portuguesa queria estabelecer colonos no país, afastando invasores estrangeiros, então trouxe os cidadãos de Açores para trabalhar na agricultura em terras brasileiras.

Locais como Ribeirão da Ilha (sul de Florianópolis) e Santo Antônio de Lisboa (região norte) ainda mantém as marcas desses imigrantes, que tinham um modo tradicional de construção e pavimentação de suas vilas. Esse passeio leva o turista de volta no tempo, pois caminhar pelas ruas de pedras admirando a arquitetura das casas e igrejas é muito agradável.

Outros atrativos dessas pequenas comunidades são o artesanato e a gastronomia. Os restaurantes dos destinos são famosos por servirem as melhores ostras da ilha. Experimente esses pratos tradicionais de Santa Catarina e conheça os sabores desse fruto do mar tão apreciado.

Prepare uma mala para cada estação

Como os períodos do ano são marcados por condições climáticas distintas, a lista de itens de uma mala para uma viagem à Florianópolis deve considerar a estação no momento do embarque. Durante a época mais quente, aposte em roupas leves e calçados confortáveis para caminhar. Já no frio, é melhor estar preparado com uma blusa quentinha.

Caso a sua aventura seja na primavera ou no outono, quando o clima muda bastante a cada dia, não esqueça que levar roupas mais quentes para as noites, que podem esfriar muito. Veja quais são as peças indispensáveis numa mala de viagem para a Ilha da Magia:

  • calção de banho ou sunga;
  • biquíni ou maiô;
  • camisetas;
  • bermudas;
  • calças;
  • blusas;
  • calçados confortáveis;
  • bonés e chapéus;
  • protetor solar;
  • óculos escuros;
  • kit de primeiros socorros.

Encontre a sua passagem para Florianópolis

Já ficou encantado(a) com a Ilha da Magia? As suas férias em família serão lembradas para sempre nesse lugar maravilhoso. Garanta hoje mesmo a sua passagem para Florianópolis e conheça a capital com a melhor qualidade de vida do Brasil.

Ficou com alguma dúvida sobre como fazer essa viagem? Entre no nosso site e encontre todos os detalhes para ajudar você a realizar os seus sonhos.