O futebol é uma paixão não só no Brasil, mas em todo o mundo. Acompanhar os jogos do time do coração e da seleção do país é algo que mexe muito com os torcedores. E essa emoção fica ainda maior quando eles vão a um estádio ver de perto a bola rolando e seus ídolos jogando.

Nos últimos anos, vários dos palcos do esporte mais popular do planeta passaram por um grande processo de modernização e se tornaram ainda mais importantes, não só pela capacidade de público e pelos eventos históricos que já sediaram, mas também pela beleza arquitetônica.

Muitos estádios de futebol, inclusive, foram redesenhados por profissionais de renome mundial e hoje são procurados por torcedores de todas as partes do globo. Ficou curioso para saber quais deles estão entre os mais bonitos, tecnológicos e históricos do mundo? Então confira aqui a lista que preparamos com 17 estádios que você precisa conhecer!

1. Estádio Signal Iduna Park, Alemanha

Capacidade de público: cerca de 80 mil pessoas

Ano de inauguração: 1964

Inicialmente chamado de Westfalenstadion, esse é o estádio onde o clube alemão Borussia Dortmund manda seus jogos. Já sediou competições importantes no mundo do futebol, como as Copas do Mundo FIFA de 1974 e 2006, a Liga dos Campeões da UEFA e a Taça UEFA. Foi lá, em 1997, que o Borussia conquistou o seu único título da Liga dos Campeões da Europa.

2. Estádio Camp Nou, Espanha

Capacidade de público: aproximadamente 100 mil torcedores

Ano de inauguração: 1957

Localizado na cidade de Barcelona, o Camp Nou é a sede do time espanhol Barcelona. O estádio é o palco onde milhares de torcedores já testemunharam os diversos títulos do vitorioso clube.

Já foi sede também da Eurocopa, da Copa do Mundo FIFA e da Liga dos Campeões. A estrutura também abriga um museu que conta a história do Barcelona.

3. Estádio Santiago Bernabéu, Espanha

Capacidade de público: cerca de 81 mil espectadores

Ano de inauguração: 1947

O Santiago Bernabéu é a casa do também consagrado Real Madrid, localizado na cidade de Madrid. Quando foi inaugurado recebeu o nome de Estádio Chamartín e em 1955 foi batizado com o nome atual.

Sua construção, com as arquibancadas bem próximas ao gramado, oferece ao torcedor uma visão privilegiada dos jogos e dos craques. Em 1982, sediou quatro jogos da Copa do Mundo, incluindo a final. Também já recebeu decisões da Eurocopa e da Liga dos Campeões.

4. Estádio Maracanã, Brasil

Capacidade de público: aproximadamente 80 mil pessoas

Ano de inauguração: 1950

O Maracanã se destaca não só no cenário esportivo, mas também como um dos pontos turísticos e histórico do Brasil. Carinhosamente chamado de Maraca, o maior estádio do nosso país é a casa dos principais clubes cariocas.

Já foi palco de várias finais do Campeonato Brasileiro, além de decisões em competições internacionais como a Taça Libertadores da América e as Copas do Mundo de 1950 e 2014.

5. Estádio Primeiro de Maio Rungrado, Coreia do Norte

Capacidade de público: 114 mil pessoas (oficial) / 150 mil (não oficial)

Ano de inauguração: 1989

Considerado o maior estádio do mundo, o Primeiro de Maio Rungrado está localizado na cidade de Pyongyang e recebe jogos da seleção norte-coreana. Porém, é mais utilizado para uso militar e em eventos comemorativos.

6. Estádio Nacional de Pequim, China

Capacidade de público: 80 mil pessoas

Ano de inauguração: 2008

Também conhecido como “Ninho de pássaro”, esse estádio foi projetado para os Jogos Olímpicos de Pequim 2008. Durante a competição, recebeu disputas de diversas modalidades esportivas e, obviamente, foi palco da final do futebol, quando a Argentina venceu a Nigéria por 1 a 0 e levou o ouro.

Depois das Olimpíadas passou a sediar poucos jogos; ocasionalmente partidas da seleção chinesa de futebol, amistosos e jogos comemorativos, como o Superclássico das Américas entre Brasil e Argentina, em 2014. Mas mesmo assim se tornou um símbolo da arquitetura local e é considerado um dos estádios mais bonitos do mundo.

7. Estádio de Johannesburgo, África do Sul

Capacidade de público: cerca de 95 mil pessoas

Ano de inauguração: 1989

O maior estádio de futebol do continente africano, também conhecido como Soccer City, está em Johannesburgo, capital da África do Sul. O local já foi palco de dez jogos da Copa Africana de Nações, em 1996.

Depois, passou por várias reformas para ser uma das sedes da Copa do Mundo FIFA de 2010 e recebeu oito partidas, dentre elas, a grande final entre Espanha e Holanda, quando a seleção espanhola levantou seu primeiro troféu do mundial.

Mas não é só o futebol que torna o Soccer City um estádio histórico. Em 1990, 100 mil pessoas acompanharam das arquibancadas um dos primeiros discursos de Nelson Mandela em Johannesburgo após sua saída da prisão.

8. Estádio La Bombonera, Argentina

Capacidade de público: 49 mil torcedores

Ano de inauguração: 1940

Na América do Sul, um outro destaque vai para o Estádio Alberto Jacinto Armando que é conhecido como La Bombonera por ter um formato retangular parecido com o de uma caixa de bombons.

Quem manda os jogos por lá é o tradicional clube Boca Juniors e sua torcida fanática costuma transformar o local em um caldeirão, colocando bastante pressão para cima dos adversários. Não dá para passar por Buenos Aires e não fazer uma visita ao estádio La Bombonera.

9. Estádio Azteca, México

Capacidade de público: cerca de 105 mil torcedores

Ano de inauguração: 1966

O terceiro maior estádio de futebol do mundo está na Cidade do México, capital do país. Ficou bastante conhecido após sediar as finais das Copas do Mundo FIFA de 1970, quando o Brasil foi tricampeão mundial, e de 1986, ocasião em que a Argentina levantou a taça.

10. Estádio Nacional de Kaohsiung, Taiwan

Capacidade de público: 55 mil espectadores

Ano de inauguração: 2009

Localizado na cidade de mesmo nome, esse estádio se destaca por ser o primeiro e maior do mundo a ser movido por energia solar. A obra do arquiteto japonês Toyo Ito, que custou 150 milhões de dólares, inclui uma cobertura com 8.844 painéis solares, o correspondente a 14.155 metros quadrados.

Com isso, o estádio tem capacidade para produzir de forma autônoma cerca de 1,15 gigawatts/hora de eletricidade por ano, energia suficiente para funcionar plenamente e ainda abastecer até 80% do seu entorno.

11. Estádio Matmut-Atlantique de Bordeaux, França

Capacidade de público: 42 mil pessoas

Ano de inauguração: 2015

Um dos aspectos que mais chama a atenção neste estádio localizado na cidade de Bordeaux são as 900 mil colunas de aço na cor branca que apoiam toda a estrutura retangular da obra.

Tudo foi projetado contando com aberturas para a entrada de luz natural no campo. Além disso, existe no complexo uma usina fotovoltaica, adjacente ao estádio, com capacidade para produzir parte da energia necessária para a operação do local.

O estádio também foi pensado de forma a se integrar com a paisagem do entorno, onde está localizado um parque todo arborizado. Os autores dessa exuberante obra são os arquitetos suíços Herzog e De Meuron.

12. Estádio Allianz Arena, Alemanha

Capacidade de público: aproximadamente 70 mil espectadores

Ano de inauguração: 2005

A Allianz Arena, em Munique, é outra obra da dupla de arquitetos Herzog e De Meuron. O estádio oficial do clube Bayern de Munique ficou rapidamente conhecido internacionalmente pela inovação: é o primeiro campo do mundo com uma estrutura externa que muda de cor de acordo com o time que está jogando.

O local que foi palco da Copa do Mundo FIFA de 2006 conta ainda com um museu que revela a história do Bayern, várias lojas de esporte, restaurantes, centros comerciais e salas para a realização de conferências.

13. Estádio de Wembley, Inglaterra

Capacidade de público: 90 mil pessoas

Ano de inauguração: 2007

Construído em Londres, no lugar do antigo Wembley (inaugurado em 1923), é hoje o maior estádio da Inglaterra e o segundo maior do continente Europeu. O projeto assinado por Norman Foster chama a atenção pela cobertura parcial retrátil que possui também um arco de aço com altura de 1.334 metros.

O novo Wembley é a sede das finais da Copa da Inglaterra. Recebeu outras decisões importantes, como das Ligas dos Campeões de 2011 e 2013, jogos das Olimpíadas de 2012 e já foi escolhido como palco para as fases semifinal e final da Eurocopa de 2020.

Além do futebol, a arena ainda recebe partidas de rúgbi, da NFL International Series, lutas de boxe e shows. Sua estrutura abriga ainda várias opções de restaurantes, bares e lojas para os visitantes.

14. Estádio Salt Lake, Índia

Capacidade de público: 120 mil pessoas

Ano de inauguração: 1984

Localizado na cidade indiana de Kolkata, este grande estágio, o segundo maior do mundo, é palco dos jogos oficiais da seleção de futebol da Índia e dos principais clubes locais. Também recebe competições de atletismo.

O teto do Salt Lake é todo feito com tubos de metal, chapas de alumínio e cimento. Já a iluminação foi projetada para ser distribuída uniformemente em todo o gramado, de forma a facilitar a prática de esportes durante a noite.

15. Estádio Shah Alam, Malásia

Capacidade de público: cerca de 80 mil pessoas

Ano de inauguração: 1994

Esse é um dos estádios de futebol que mais impressiona pela exuberância do design com curvas que parecem se abrir quando vistas de frente. Quem mais manda os jogos por lá é o PKNS Futebol Clube. Mas o campo só costuma ficar lotado quando recebe partidas da seleção malaia ou em finais de campeonatos nacionais.

O complexo esportivo também recebe competições de atletismo e ainda tem uma pista de kart que fica em uma área externa, bem do lado do estádio.

16. Estádio Monumental de Núñez, Argentina

Capacidade de público: aproximadamente 65 mil pessoas

Ano de inauguração: 1938

É a casa do Clube Atlético River Plate, outro grande time argentino. Também costuma sediar as partidas da seleção da Argentina. O Monumental é o maior estádio do nosso país vizinho e aparece entre os dez principais de toda a América Latina.

Em 1958, já chegou a ter assentos para 100 mil torcedores, quando foram construídas as arquibancadas da ala norte. Mas devido à necessidade de adaptação às regras internacionais de segurança sua capacidade teve que ser reduzida quase pela metade.

Na Copa do Mundo de 1978, o Monumental de Núñez foi o palco da vitória da seleção argentina por 3 a 1 contra a Holanda. A vitória deu o primeiro título mundial aos hermanos.

17. Estádio Giuseppe Meazza, Itália

Capacidade de público: cerca de 80 mil torcedores

Ano de inauguração: 1926

Um dos estádios mais antigos do mundo, que se mantém superatual. Também conhecido como San Siro, está localizado em Milão e recebe jogos oficiais dos dois principais clubes rivais na Itália: Milan e Inter.

Nos seus primeiros anos, a capacidade de público chegava apenas na casa dos 30 mil. Mas com o passar dos anos foi aumentando esse número até alcançar os 100 mil. Porém, assim como em tantos outros campos, sua capacidade também foi reduzida para atender exigências da FIFA.

Foi sede de jogos das Copas do Mundo de 1934 e 1990, da Eurocopa de 1980 e de quatro finais da Liga dos Campeões:

  • Internazionale (ITA) 1×0 Benfica (POR) em 1965;
  • Feyenoord (HOL) 2×1 Celtic (ESC) em 1970;
  • Bayern München (ALE) 1×1 Valencia (ESP) em 2001, com vitória alemã por 5 a 4 nos pênaltis;
  • Real Madrid (ESP) 1×1 Atlético de Madrid (ESP) em 2016 com vitória do Real por 5 a 3 nas cobranças de pênaltis.

Apesar de não aparecerem nessa lista, o Brasil também possui, além do Maracanã, outros estádios com grande importância local. Depois do Maraca, confira os principais campos com maior capacidade de público no nosso país:

  • Estádio Olímpico Mané Garrincha, Brasília (DF) – 72.288 pessoas;
  • Morumbi, São Paulo (SP) – 72.039;
  • Castelão, Fortaleza (CE) – 63.903;
  • Mineirão, Belo Horizonte (MG) – 61.846;
  • Arruda, Recife (PE) – 60.044;
  • Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS) – 56.500;
  • Beira Rio, Porto Alegre (RS) – 56.000;
  • Parque do Sabiá, Uberlândia (MG) – 53.350;
  • Albertão, Teresina (PI) – 52.296;
  • Arena Fonte Nova, Salvador (BA) – 50.025.

O que você achou da nossa lista com alguns dos estádios de futebol mais bonitos e emblemáticos do mundo? Concorda com as nossas escolhas? Compartilhe este post nas redes sociais e mostre também para os seus amigos os mais incríveis templos do futebol.