Quem viaja à Bahia logo se imagina com os pés na areia, à beira do mar, ou aproveitando os shows de axé nas famosas barracas de música de Porto Seguro, mas o estado tem muito mais a oferecer. Se você gosta de ecoturismo, por exemplo, precisa comprar sua passagem para Barreiras, município que é uma prova do amplo potencial de maravilhas desse estado nordestino!

Situada na região oeste da Bahia, Barreiras é um dos principais polos agrícolas do estado e do Brasil. Apesar de o turismo de negócios ser o maior motivo de viagens à cidade, ela tem muito a oferecer para quem gosta de ficar próximo à natureza. Com variedade de balneários, dois rios onde é possível se banhar, cachoeiras, trilhas e sítios arqueológicos, conta com atrativos para toda a família.

Saiba mais sobre Barreiras e confira o que fazer na sua próxima viagem de férias!

História da cidade

Por causa de seus sítios arqueológicos, é possível deduzir que Barreiras já era habitada por nativos no período pré-histórico, muito antes de os colonizadores chegarem ao local. A partir do século XVI, quando começaram as grandes navegações, a cidade passou a receber povoamento europeu, especialmente dos portugueses.

Tornou-se um importante entreposto comercial, por onde passavam mercadorias para abastecer as regiões mineradoras de Minas Gerais, já na época do Ciclo do Ouro. A partir de 1880, viu sua economia crescer e o desenvolvimento se estabelecer com os lucros vindos da extração da borracha, uma importante mercadoria no século XIX.

A partir do século XX, no entanto, a borracha deixou de ser um item supervalorizado, e Barreiras viu sua economia se reduzir à agricultura e à pecuária, permanecendo assim até hoje. No entanto, o município se tornou um importante polo desses setores na Bahia.

Clima em Barreiras

O clima na cidade é quente o ano inteiro, caracterizado pelo chamado “clima tropical”. Você não precisa se preocupar com época de chuvas, por exemplo, como em outras partes do país, sendo um lugar ideal para quem gosta de calor e de se refrescar em banhos de rio e cachoeira.

Como chegar a Barreiras

Localizada na região oeste da Bahia, Barreiras fica a pouco mais de 900 quilômetros de Salvador, a capital. Caso você esteja planejando uma viagem para esse destino, o melhor jeito de chegar lá é de avião. Não só a viagem fica mais rápida e prática, como também barata.

Hoje, voos para Barreiras podem ser parcelados em até 12 vezes em algumas companhias aéreas. O Aeroporto de Barreiras recebe voos diariamente de diversas cidades do país, como Brasília, Londrina, Ribeirão Preto, a própria Salvador, Vitória da Conquista e Maringá.

O que levar na mala

Como o clima é sempre quente, leve na mala roupas leves, de preferência de tecidos confortáveis e que possam ser lavadas sem problemas. Shorts e bermudas de tecidos leves, meias arejadas, tênis confortáveis, chinelos, bonés e chapéus são itens indispensáveis.

Blusas fresquinhas, protetor solar e repelentes para mosquito também. Se estiver com crianças, lembre-se de procurar produtos que não agridam a pele dos pequenos, que é mais sensível.

O que fazer em Barreiras

Rio de Ondas

Principal ponto de encontro de moradores e muito atrativo para turistas, o Rio de Ondas é famoso por suas águas cristalinas e corredeiras em forma de ondas (daí o seu nome). É cercado por belas paisagens naturais, e os banhistas podem aproveitar as piscinas que se formam nos balneários e margens públicas. Perfeito para a prática de boia cross (descida do rio em boias), já que as corredeiras movimentam o rio e trazem mais emoção para a atividade.

As áreas de lazer ao longo do rio também oferecem estrutura para trilhas de moto e caminhadas. Conta com pontos de apoio para turistas, como pousadas, bares e restaurantes. Fica a seis quilômetros do centro da cidade, sendo de fácil acesso para os visitantes.

Rio Grande

É o principal rio de Barreiras, banhando boa parte do território do município. É indicado para pesca e passeios, que devem ser feitos por agência turística local. O Rio Grande tem uma extensão de 551 quilômetros e desemboca nas águas do Rio São Francisco.

Cachoeira do Acaba Vida

Uma das mais belas do Brasil, a cachoeira do Acaba Vida oferece um espetáculo visual de 35 metros de queda d’água. Embaixo, forma uma piscina natural própria para banho. Fica a cerca de 60 quilômetros de Barreiras. É importante lembrar de levar lanche e água, pois não há restaurantes ou bares próximos para atender aos turistas.

Cachoeira do Redondo

A pouco mais de 20 quilômetros da Cachoeira do Acaba Vida, está a Cachoeira do Redondo. Ali, as águas são ainda mais tranquilas, pois formam pequenas piscinas naturais ideais para banhos, natação e mergulhos. A trilha até a queda d’água é um show à parte: cercada de natureza exuberante, a caminhada se transforma numa experiência sensorial com os cantos dos pássaros, que ali estão em seu hábitat natural.

Serra do Mimo

Se você gosta de trilhas, pode se aventurar pela Serra do Mimo. As caminhadas começam no Bairro Loteamento Flamengo e no Jardim Ouro Branco, sempre orientadas por guias que conhecem a subida. De lá de cima, você vai se deparar com a vista da cidade de Barreiras. Ainda no topo, outras trilhas levam a sítios arqueológicos com indicações de arte rupestre (representações artísticas do período Pré-Histórico).

Serra da Bandeira

A Serra da Bandeira é muito procurada para outro tipo de atividade, um pouco mais aventureira: rapel. Se essa não é muito a sua praia, tudo bem. Você ainda pode aproveitar a vista do mirante, de onde também se pode ver boa parte da cidade. Dá para subir ao topo de duas maneiras: de carro, por uma estradinha asfaltada, ou a pé, por trilha, para quem quer fazer uma caminhada.

Arraial da Penha

Lugarejo localizado a cerca de 15 quilômetros da cidade, Arraial da Penha está onde se formou o povoado que, mais tarde, deu origem a Barreiras. A igreja local, dedicada a Nossa Senhora da Penha, data de 1841.

É de Arraial que saem os mais deliciosos doces artesanais e biscoitos da região. Nos engenhos próximos, alguns dos quais ainda funcionam com tração animal, são produzidas cachaças muito saborosas. Vale a pena dar um pulo por lá e voltar com as mochilas cheias de delícias regionais.

Centro Histórico

O Centro Histórico de Barreiras ainda conserva boa parte das construções antigas que formaram a cidade. Os casarões em estilo neoclássico são uma referência de arquitetura e da riqueza possuída por seus proprietários no século XIX e início do XX. Destaque para a casa onde nasceu o ex-governador da Bahia Antônio de Carvalho Filho, construída em 1905, e para a sede da Companhia Sertaneja, que completa 100 anos de construção agora em 2019.

Mercado Municipal

Quem visita mercados públicos tem sempre a oportunidade de perceber como funciona a economia e a cultura da cidade, e não é diferente em Barreiras. Inaugurado em 1951, pouco depois de o município ser emancipado, o Mercado Municipal abriga o Mercado Cultural Caparrosa, onde acontecem apresentações como bumba-meu-boi, rezados, festas juninas e feiras de artesanato.

Paço Municipal

Mais um destaque para a arquitetura antiga da cidade. O prédio data de 1881, construído para sediar a Intendência Municipal. Desde a proclamação da República no Brasil, abriga a prefeitura.

Catedral de São João Batista

Tem visual arquitetônico diferente das demais igrejas da cidade, pois suas referências são a arquitetura mourisca (estilo desenvolvido pelos árabes que ocupavam a Península Ibérica). Construída em 1925, passou por uma reforma em 1997. Vale a pena incluir na sua listinha de visitações ao passear pelo centro da cidade.

Igreja de Santa Terezinha

A mais antiga de Barreiras, tem estilo neoclássico, assim como a maioria dos casarões da cidade. Foi construída em 1881.

Palácio das Artes

Além de pontos históricos e natureza deslumbrante, Barreiras também conta com espaços de cultura. O Palácio das Artes oferece galeria de arte, ambientes para exposições e lojinhas de artesanato e com produtos da culinária regional. Boa opção para um passeio de fim de tarde, depois de voltar das cachoeiras. Dentro do Palácio, também há um centro de informações para atender aos turistas, com oferta de serviços de guias locais para visitar a cidade.

Ruínas da Usina Hidrelétrica

As ruínas da antiga Usina Hidrelétrica viraram ponto de visitação na cidade. Se você gosta de história recente, por exemplo, vale a pena visitar. A Hidrelétrica foi construída em 1928 e funcionou até 1964, com três turbinas movidas pela energia hidráulica vinda do Rio de Ondas. Hoje, está abandonada.

Antigo Frigorífico

Próximo à hidrelétrica, o antigo frigorífico é outra construção que já foi imponente e hoje está em ruínas. Tem valor histórico para a cidade, pois também representa os tempos luxuosos da economia de Barreiras.

Da década de 1930, tinha toda a produção de embutidos e charques destinada ao mercado exterior. O prédio foi abandonado na mesma época em que a hidrelétrica foi desativada. Hoje, existem projetos na cidade para transformá-lo em um centro cultural.

Hospedagem e gastronomia

A cidade tem muitos encantos para quem gosta de ecoturismo, mas a maioria dos visitantes ainda visita Barreiras a negócios. Por isso, a infraestrutura hoteleira não é muito grande. Nossa sugestão é que você reserve os quartos em hotéis ou pousadas com alguma antecedência, especialmente se escolher uma época de forte movimentação.

Em julho, por exemplo, acontece a Exposição Feira Agropecuária, o maior evento da cidade, e também o carnaval fora de época, que atrai jovens para a região em busca de folia. Afora essas épocas (e outras já tradicionais, como o próprio carnaval, em fevereiro ou março, dependendo do ano, e as festas juninas), você pode escolher qualquer período para viajar com tranquilidade.

Gastronomia

A cidade conta com uma boa variedade de bares e restaurantes que abrem à noite e servem os turistas de maneira satisfatória. Costuma haver opções para todos os gostos: desde aqueles que querem provar iguarias locais, pratos da cultura nordestina (como a carne de bode), até refeições de origem em outras regiões, como o churrasco gaúcho.

Lazer e descanso

Barreiras é o destino ideal para quem vai tirar férias em família. Por ser uma cidade pequena, oferece segurança para quem viaja com crianças, tanto bebês quanto filhos maiores. Você vai encontrar um espaço de aconchego e tranquilidade, e muitos dos passeios podem ser feitos a pé, especialmente se sua hospedagem for próxima do Centro Histórico.

Além disso, os trajetos até as cachoeiras e quedas d’água são tranquilos e seguros. Se preferir, pode contratar um guia local para orientá-lo sobre os melhores horários e trilhas. Nos balneários localizados às margens dos principais rios, especialmente o Rio de Ondas, você também encontrará espaços de descanso para relaxar em família.

Roteiro de quatro dias em Barreiras

Preparamos uma sugestão de roteiro de quatro dias na cidade. Você pode adaptar conforme o período das suas férias. Confira:

Dia 1

Comece o primeiro dia indo até o Rio de Ondas e passe a manhã e a tarde relaxando em um dos balneários locais. À noite, passeie pelo centro e aproveite para provar um pouco da culinária local.

Dia 2

No segundo dia, que tal visitar os casarões e monumentos do Centro Histórico? Paço Municipal, Mercado Municipal, Catedral e Igreja de Santa Terezinha podem entrar na sua lista. Termine o roteiro do dia no Palácio das Artes (que fecha às 18h).

Dia 3

Pela manhã, faça o passeio até a Serra do Mimo para visitar os sítios arqueológicos da cidade. À tarde, dirija-se até as cachoeiras do Acaba Vida e do Redondo e termine o dia por lá.

Dia 4

No último dia, que tal conhecer Arraial da Penha? Alugue um carro ou consulte um guia local para saber a melhor forma de chegar até o povoado.

Ficou com vontade de curtir esse paraíso em família? Então, o que acha de começar a planejar sua próxima viagem agora mesmo? O primeiro passo é encontrar sua passagem para Barreiras. Depois disso, reservar a estadia e fazer as malas! Confira aqui os melhores voos para você e seus filhos!