Não dá para negar o charme que o Nordeste brasileiro tem, não é verdade? Seja lá qual for o estado da sua visita, você sempre vai ser presenteado por belas praias, riquíssima cultura e saborosa culinária.

Um dos destinos mais procurados nessa região é Pernambuco, um estado de grande importância histórica para o Brasil.

A sua capital, Recife, uma das principais cidades do país, além de belas paisagens, é extremamente rica em manifestações e folclóricas e culturais, sendo palco de importantes episódios da história do nosso país, como a Invasão Holandesa, a Guerra dos Mascates e a Revolução Pernambucana.

Atualmente, a cidade é ocupada por mais de 1,5 milhão de habitantes, e sua região metropolitana é considerada um dos mais relevantes centros financeiros do Nordeste, sendo casa das principais indústrias de Pernambuco.

Se você está planejando comprar a sua passagem para Recife, continue lendo este artigo e confira o que a capital pernambucana tem de melhor para lhe oferecer!

Clima e atrações de Recife

Se você pretende comprar a sua passagem para Recife, é bem provável que, além de conhecer os pontos turísticos da cidade, gostaria de conhecer também a respeito do clima, correto?

Pois bem, a respeito da temperatura você pode ficar despreocupado. Em Recife, assim como em todo Nordeste brasileiro, faz calor o ano todo e a média anual dos termômetros é de 26°C. Entretanto, isso não quer dizer que faz sol o ano todo, afinal de contas, sol e calor são coisas diferentes.

O período chuvoso de Recife, via de regra, acontece no primeiro semestre do ano. Principalmente entre os meses de março e agosto, a cidade é atingida por uma alta média de precipitação, mas, vale lembrar que isso não quer dizer que chova todos os dias e que o tempo está continuamente fechado.

Durante o período chuvoso o sol também pode sair, mas a chance de você pegar dias com tempo feio é maior do que em outras épocas do ano.

No sentido oposto, o sol e as altíssimas temperaturas ocorrem na cidade, principalmente, nos meses de setembro a janeiro. Coincidentemente, os meses de tempo firme englobam o período de alta temporada (dezembro, janeiro e fevereiro) e a época do Carnaval.

Devido à alta demanda, portanto, os preços de hospedagens e passagens aéreas podem ser mais caras do que em outros meses do ano.

As 10 melhores atrações turísticas de Recife

Agora que você já conhece tudo sobre o clima de Recife, confira 10 atrações turísticas da capital pernambucana.

1. Recife Antigo

Oficialmente chamado de Bairro do Recife, o Recife Antigo é uma das principais referências do turismo da capital pernambucana e por lá já desembarcaram personagens ilustres da história, como Charles Darwin, Santos Dumont e Dom Pedro II.

Cercado por ruas de paralelepípedos e prédios históricos, o Recife antigo também é lar de diversas opções de entretenimento, incluindo bares e restaurantes, e é o maior polo tecnológico da cidade, comportando diversas empresas de tecnologia.

Ao longo da sua caminhada pelo bairro, você vai encontrar esculturas de artistas importantes para a cidade de Recife às margens do Rio Capibaribe, diversos museus que contam a história da cidade e do estado e alguns dos cartões-postais mais importante de Recife, como a praça do Marco Zero.

2. Passeio de Catamarã pelo rio Capibaribe

Recife é carinhosamente apelidada de “Veneza brasileira” pelos seus rios que cruzam as ruas da cidade. Por isso, durante a sua estadia, um dos programas que você deve considerar incluir em seu roteiro de viagem é o city tour a bordo de um catamarã.

A embarcação cruza os rios e pontes da capital pernambucana em um passeio bem agradável, ao som de um bom e velho forró, com instrutores que ao longo do percurso contam histórias e curiosidades da cidade para os turistas.

3. Capela Dourada

Situada na Rua do Imperador, onde existem outros monumentos, a belíssima e bem preservada Capela Dourada é símbolo de religiosidade e história.

A construção da capela, iniciada em 1696, foi iniciativa dos Irmãos da Venerável Ordem Terceira de São Francisco das Chagas, composta por abastados membros que decidiram erguer uma capela para os noviços do grupo. Por isso, a capela também é conhecida como Capela dos Noviços.

A capela recebeu o nome de “Dourada” graças a enorme quantidade de ouro empregada no seu interior, onde talhas de madeira que forram quase todos os espaços das paredes, altares e teto, foram cobertas por folhas do metal dourado.

4. Instituto Ricardo Brennand

Por dois anos consecutivos (2014 e 2015), eleito como o melhor museu da América Latina, o Instituto Ricardo Brennand é um lugar realmente incrível. Com uma coleção de impressionar qualquer um, o museu comporta a mais expressiva coleção de quadros sobre o Brasil Holandês do mundo, além de uma inacreditável coleção de armas e esculturas.

Dentre as atrações do Instituto, podemos listar a replicada estátua de David, de Michelangelo, feita com mármore retirado da mesma pedreira da original, e uma das mais conhecidas obras do artista, que retrata o herói da Bíblia que derrotou o gigante Golias.

O acervo de armas também conta com peças históricas. Dentre elas, você vai encontrar os fuzis de Dom Pedro I e Dom Pedro II, que foram presenteadas à Família Real no momento da sua coroação, e as espadas do Rei Faruk I, o último monarca do Egito, laminadas em ouro e cravejadas com pedras preciosas nos punhos.

5. Torre Malakoff

Um dos pontos turísticos mais visitados de quem compra passagem para Recife, a Torre Malakoff é construção histórica localizada no Recife Antigo. Construída no século XIX, a torre foi desenvolvida para servir como observatório astronômico e portão imponente de entrada do Arsenal da Marinha.

A sua fachada de aproximadamente 30 metros destaca o caráter militar da obra, e sua estrutura reta também lembra, ainda que vagamente, as construções do Oriente.

Em 2000, a Torre foi transformada em espaço cultura, com ênfase em música e fotografia. O seu observatório astronômico ainda exibe uma linda vista que, definitivamente, vale a visita.

6. Mosteiro de São Bento

Situado no Centro Histórico de Olinda, região metropolitana de Recife, o Mosteiro de São Bento é uma das principais atrações aos turistas que visitam o estado de Pernambuco.

De estilo barroco, a construção do Mosteiro foi iniciada em 1586 e concluída em 1592 e nela destaca-se, principalmente, a sua beleza arquitetônica, que inclui em sua estrutura pinturas diversas e um bocado de ouro. Os guias turísticos afirmam que, ao todo, foram gastos cerca de 100 quilogramas do metal valioso.

O altar da igreja tem mais de 12 metros e é um dos pontos que mais se destacam em todo conjunto, feito em madeira maciça e revestido em ouro e uma ponta a outra. Caso você seja uma pessoa religiosa, pode agendar a sua visita em um domingo de manhã, para poder admirar o canto gregoriano.

7. Embaixada dos Bonecos Gigantes

O Carnaval de Recife e de Olinda estão entre os maiores do Brasil e, sem sombra de dúvidas, é uma das épocas de mais movimentação de turistas nessas cidades.

Caso você pretenda fazer uma viagem fora de temporada, mas ainda quer conhecer um pouco do sentimento carnavalesco das cidades, a Embaixada dos Bonecos Gigantes é o lugar certo para você visitar.

Nela você vai poder conhecer de perto a marca registrada do Carnaval pernambucano, os bonecos gigantes. Os bonecos são caricaturas de personalidades e ícones mais variados da história brasileira e mundial e estima-se que essa tradição carnavalesca tenha surgido nas festividades de 1919, com o surgimento do personagem Zé Pereira, produzido em uma mescla de madeira e papel machê.

Após isso, somente em 1929 os foliões desenvolveram a companheira de Zé, batizada de Vitalina e, a partir de então, os bonecos se tornaram tradição em Recife.

8. Paço do Frevo

Situado no Recife Antigo, o Paço do Frevo é um espaço especialmente dedicado à difusão, pesquisa e lazer do ritmo mais característico de Pernambuco: o frevo.

A história da música que é símbolo do Estado é contada em vídeos, apresentados em uma linha do tempo e também no Centro de Documentação Maestro Guerra Peixe, que reúne documentos e dados históricos a respeito do universo do frevo.

9. Museu Cais do Sertão

O Museu Cais do Sertão é dedicado demonstrar como são a vida e a cultura do Sertão do Nordeste, onde nasceu e se inspirou o grande Luiz Gonzaga. Berço do Rei do Baião, o museu faz uso da vida desse ícone da música brasileira como fio condutor, ao passo em que mistura os itens tradicionais e contemporâneos.

O Museu é equipado com diversos recursos tecnológicos que possibilitam a interação entre os visitantes e as obras, tornando o passeio divertido enquanto, ao mesmo tempo, aproxima o turista para a realidade brasileira.

10. Forte do Brum

Construído pelos portugueses em 1629 a mando do então Governador, Matias de Albuquerque, o forte foi levantado para estabelecer a segurança e evitar invasões ao porto de Recife.

Entretanto, em 1630, o forte foi ocupado por holandeses, que deram sequência à construção com materiais rústicos, como areia, galhos de árvores e óleo de baleia para limpeza, e o nomearam de Forte Bruyne que, aportuguesado com o passar dos anos, se tornou “Brum”.

Com mais de 380 anos de existência, o Forte do Brum hoje abriga um museu militar do Exército Brasileiro, repleto de histórias do passado do nosso país.

Praias para conhecer na cidade

O estado de Pernambuco pode até ser pequeno em tamanho, mas as suas praias são grandes cartões-postais, repletos de uma beleza natural inigualável.

Para quem comprou passagem para Recife na esperança de conhecer a orla da cidade, aqui vão algumas das mais famosas:

Praia da Boa Viagem

A praia da Boa Viagem é a mais famosa da cidade e oferece ao turista uma ótima estrutura. De águas esverdeadas, mornas e calmas graças ao arrecife que a protege, a praia da Boa Viagem tem uma larga faixa de areia em diversos trechos da sua orla, onde é comum encontrarmos grandes coqueiros que dão um ar ainda mais especial à paisagem.

No calçadão da praia é onde ficam os quiosques de bebidas, barracas e vendedores ambulantes.

Praia de Carneiros

Considerada uma das praias mais bonitas do Brasil e do mundo, a Praia de Carneiros é parada obrigatória para quem está de visita em Recife. Localizada no município de Tamandaré, a aproximadamente 113 quilômetros de Recife, Carneiros é o resultado do encontro entre o mar e rio Formoso.

Ao longo da sua orla de 6 quilômetros, existe uma simpática igrejinha a beira-mar, praticamente uma capela do século 18, que pode ser vista da água caso você faça um passeio de barco. A igreja fica em um terreno privado, então é bem provável que ela não esteja sempre aberta para visitas.

Praia de Calhetas

Uma das mais belas enseadas de Pernambuco, a praia de Calhetas oferece um clima rústico e tranquilo para os seus visitantes e é referência em ecoturismo. Ela fica localizada no município de Cabo Santo Agostinho, a 37 quilômetros de Recife, e é rodeada por grandes rochas que cercam o seu litoral, deixando a praia com formato de coração para quem a olha de cima.

Por falar em altura, lá você vai encontrar uma pequena trilha que te leva até duas extremidades: na primeira você encontrará uma vista que impressionante na segunda você vai chegar a um mirante que abriga uma tirolesa.

Se você estiver buscando por aventura, descerá a uma velocidade incrível até encontrar as águas mornas e transparentes de Calhetas.

Se você chegou até aqui, já deve ter percebido as razões pelas quais a capital pernambucana é um dos melhores destinos turísticos do Brasil. Por isso, se você está pensando em comprar passagem para Recife, elabore antes um roteiro de viagem e aproveite ao máximo a sua estadia na cidade.

Em meio a tantas atrações, pontos turísticos e belas praias, nenhum deles merece ficar de fora, não é mesmo?

Gostou do nosso artigo e já quer reservar a sua passagem para Recife? Então, acesse agora o nosso Blog e veja outros artigos para lhe ajudar na sua viagem!