Cada signo do zodíaco apresenta suas características próprias e, quando se fala em taurinos, o primeiro pensamento em relação a esse grupo de pessoas é o fato de elas valorizarem uma boa refeição. Dessa forma, um roteiro gastronômico pode ser uma experiência perfeita para o viajante de touro.

Além de gostar de comer, os taurinos ainda mostram particularidades bastante relevantes na hora de planejar uma viagem. Afinal, são pessoas que valorizam o conforto e, ao mesmo tempo, preferem não gastar muito dinheiro com isso — os famosos “mãos de vaca”.

Dessa forma, entender quais são os melhores lugares que unem todas as preferências de um taurino é essencial para garantir uma experiência perfeita durante o passeio. Quer saber qual o melhor roteiro gastronômico pelos Estados Unidos para um viajante de touro? Então continue a leitura e descubra agora mesmo!

Quais são as preferências de um viajante de touro?

Taurinos são as pessoas que nascem entre os dias 20 de abril e 20 de maio, segundo a astrologia. Eles reúnem uma série de peculiaridades em comum que, apesar de variarem de acordo com a personalidade, história de vida e outras características do mapa astral de cada um, trazem uma consistência entre si.

O taurino é popularmente conhecido por gostar de comer. Aqui, vale lembrar que ele tem grande apreço pela comida de boa qualidade, valorizando refeições gostosas e bem preparadas. Nesse caso, não se assuste com a quantidade: se a comida estiver boa, ele não tem vergonha de aproveitar.

Contudo, ele ainda guarda outros traços importantes. É um bom planejador, por exemplo, e não gosta de imprevistos e imediatismo — principalmente quando se fala em uma viagem para o exterior. Além de planejar de modo a evitar transtornos e contratempos, ele também é ótimo na hora de encontrar as melhores promoções e economizar dinheiro.

Somado a isso, o que mais o viajante de touro reserva? Ele valoriza o conforto e, inclusive, o luxo em algumas situações! Quando viaja, mantém essas características, buscando locais aconchegantes e agradáveis a fim de descansar e visitar.

Quais roteiros são perfeitos para os taurinos pelos EUA?

Os Estados Unidos são bastante conhecidos por seus pontos turísticos e destinos, como ir para Orlando e Nova York. Mas, para agradar um taurino, é preciso ir além da diversão, incluindo uma boa alimentação a preços acessíveis.

Agora que você já sabe como é ou já se identificou como um viajante de touro, descubra quais são os principais lugares que devem ser incluídos no roteiro desse perfil de pessoa!

Houston — Texas

A primeira cidade que deve entrar no roteiro de viagem do taurino é Houston, no Texas. A cultura e culinária local são bastante ricas, uma vez que recebem influência de diversos países.

Em primeiro lugar, estão as famosas carnes, conhecidas por serem preparadas com perfeição, deixando o paladar bem saboroso e suculento. Além disso, uma grande interferência culinária de Houston é a comida mexicana, o que deu origem ao famoso Tex-Mex, um prato com sabores e temperos mais suaves, adaptados ao paladar dos americanos.

Qual destino combina mais com você?Powered by Rock Convert

A lista da gastronomia local, entretanto, não para por aí! Com referências da culinária do Caribe, Índia, Coreia e Nigéria, por exemplo, você é capaz de encontrar diversos restaurantes híbridos, que misturam temperos e sabores dessas diversas culturas de uma forma harmônica e convidativa.

A melhor notícia é que Houston é um roteiro barato, o que significa que todos esses pratos podem ser consumidos sem comprometer tanto as finanças da viagem — o que é um sonho para o típico taurino!

Nova Orleans — Louisiana

Por falar em culinária de culturas diversas, Nova Orleans é outro local a se incluir no roteiro gastronômico pelos EUA. Isso porque a cidade abriga descendentes de europeus, africanos e índios, que encontraram no local a sua residência ao longo dos anos.

Dessa forma, a culinária sofre intervenção dessas três culturas, que são bastante diversas entre si. Um dos pontos de atenção são os frutos do mar, como camarão e mariscos. Eles vêm, principalmente, da cultura espanhola e africana, o que faz com que sejam populares na região.

Além disso, vale ressaltar que a carne de jacaré é uma iguaria muito apreciada, podendo ser facilmente encontrada em vários pratos dos restaurantes da cidade. Portanto, se você ainda não experimentou esse animal exótico, está aí a oportunidade.

Nova York — Nova York

É difícil falar de diversidade gastronômica sem citar Nova York, não é mesmo? Afinal, a “capital do mundo” não pode ficar de fora desse roteiro preparado especialmente aos taurinos. Lá você vai encontrar de tudo — desde as famosas comidas de rua até os restaurantes mais premiados.

Essa é a cidade com maior número de estrelas Michelin no mundo! Além do mais, você pode fazer um tour pela culinária de diversos países, uma vez que ela abriga pessoas de origens culturais diferentes. Há também a oportunidade de visitar mercados e feitas gastronômicas, espalhadas pela cidade que nunca dorme.

Tucson — Arizona

A primeira cidade dos EUA a ser reconhecida como “capital gastronômica” não poderia ficar de fora, concorda? Pois essa é Tucson, no Arizona. Sua riqueza vem de uma história marcada pela agricultura, o que forneceu muitos insumos à criação de diversos pratos típicos locais.

A cidade também é marcada pelas inovações na cozinha, como é o caso do chimichanga. Ele surgiu de um “acidente” gastronômico ocorrido quando alguém colocou um burrito em uma fritadeira. A popularidade é tão grande que ele é conhecido como um dos pratos locais mais famosos atualmente. Além disso, o cachorro quente feito com bacon também precisa ser incluído nesse roteiro.

Como você pode perceber, os Estados Unidos estão repletos de opções deliciosas e dentro do orçamento do viajante de touro para a criação de um roteiro gastronômico perfeito. A viagem também é um prato cheio para conhecer mais sobre a cultura local e entender as origens das refeições que experimentar, de modo a enriquecer o seu passeio. Você pode, inclusive, utilizar as sugestões e planejar uma road trip pelo país. Que tal?

Quer saber mais sobre as delícias gastronômicas da sua próxima viagem? Comece sua experiência logo após o embarque: veja por que é possível se alimentar bem em um voo!