Quando falamos sobre o Estado do Rio de Janeiro, a principal imagem a vir à nossa cabeça é a da capital fluminense, regida e protegida pelos braços do Cristo Redentor, não é mesmo? Entretanto, o Rio tem muito mais a oferecer. É um estado repleto de cidades ricas em história e paisagens naturais que fazem dele um dos destinos mais procurados de todo Brasil.

Uma dessas cidades é Resende, um município carioca na divisa com dois importantes estados brasileiros — Minas Gerais e São Paulo — e, historicamente, uma das cidades mais valiosas do nosso país.

Quer saber mais sobre a cidade antes de comprar a sua passagem para Resende? Boa leitura!

Como surgiu Resende?

Antes da chegada dos portugueses ao Brasil, a área onde hoje é a cidade de Resende era habitada pelos índios Puris. Durante o século XVII, com a busca pelo ouro e pedras preciosas, os estados do Rio, São Paulo e Minas Gerais começaram a ser desbravados, e o primeiro acampamento explorador, elevado a município anos depois, foi instalado na cidade em 1744.

Após a fundação da Vila de Resende, ocorrida em 1801, o desenvolvimento da cidade foi acelerado e se baseou, principalmente, na cultura do café. Resende se tornou a maior produtora do grão no Vale do Paraíba.

Em 1848, Resende se tornou, efetivamente, uma cidade e após a crise do café, ocorrida dois anos depois devido à exaustão das terras para o plantio e à proibição da entrada de escravos no Brasil, as fazendas da região diversificaram a produção e os produtores de grão migraram para outras cidades do Vale do Paraíba.

As primeiras indústrias começaram a se estabelecer em Resende em 1912 e, desde então, a cidade demonstra uma tremenda vocação industrial e é reconhecida como um importante polo de produção do Rio de Janeiro.

Além disso, no ano de 1943, Resende passou a ser casa da Academia Militar das Agulhas Negras, a única instituição militar para formar oficiais de carreira do Exército Brasileiro.

Como é o clima da cidade?

O município de Resende está localizado na região caracterizada pelo clima tropical de altitude. Nessas condições climáticas, geralmente, a temperatura oscila entre 14°C e 32°C e, raramente, ultrapassa esses dois extremos no termômetro.

Entretanto, a temperatura média anual na cidade é de 21°C, bem abaixo de outros municípios do estado, como a própria capital fluminense. Esse fato se deve às grandes altitudes encontradas tanto na própria cidade quanto nas proximidades, fato que afeta as características térmicas e os índices de precipitação.

Durante a estação mais quente do ano, os termômetros raramente ultrapassam os 30°C. Já no inverno, a temperatura é relativamente fria, em média 14°C.

Quais as melhores formas de chegar lá?

De modo geral, a malha rodoviária do Estado do Rio de Janeiro é bastante satisfatória e a cidade de Resende está localizada na rota de importantes estradas estaduais e federais.

Um dos principais eixos do estado, a rodovia Presidente Dutra (BR-116), corta toda a extensão do município e ajudou, tanto no passado quanto no presente, no desenvolvimento da cidade.

Além dela, a rodovia BR-354 conecta Resende a Minas Gerais e a BR-485, a estrada federal mais alta do Brasil, liga a cidade ao Parque Nacional de Itatiaia, uma das mais belas paisagens naturais do país.

Entretanto, por mais que a cidade tenha fácil acesso rodoviário, a melhor opção continua sendo comprar uma passagem para Resende e desembarcar no aeroporto do município. O Aeroporto Agulhas Negras recebeu no ano passado R$ 7 milhões de investimentos destinados a melhorias e modernização para atender melhor os turistas.

Quais as principais atrações turísticas e culturais?

Confira a seguir as melhores atrações para você curtir Resende.

Cachoeira da Fumaça

A cachoeira da Fumaça recebe esse nome graças à neblina gerada pela força da queda d’água. Ela é formada pelo Rio Preto e é a maior cachoeira de todo o Rio de Janeiro, com mais de 2 quilômetros de extensão e 200 metros de altura.

A cachoeira está localizada na Área de Proteção Ambiental da Serra da Mantiqueira e é uma das mais belas paisagens da cidade. Foi tombada como Patrimônio Histórico e Paisagístico de Resende.

APA Serrinha do Alambari

A Área de Proteção Ambiental (APA) da Serrinha do Alambari protege a parte alta das microbacias dos Rios Alambari e Pirapitinga e fica localizada na Região das Agulhas Negras. A paisagem é uma das mais belas e admiradas do estado, composta por montanhas e cachoeiras de águas frias e transparentes.

Esse local é extremamente indicado para a prática do ecoturismo. Portanto, se você é um adepto da aventura e dos esportes ao ar livre, não deixe de incluir essa parada no seu roteiro de viagem.

Academia Militar das Agulhas Negras

A única academia militar do Brasil a formar oficiais de carreira do Exército, a AMAN ocupa uma área de 67 quilõmetros quadrados e é aberta à visitação do público. Por lá você vai encontrar um dos melhores parques esportivos de todo o estado, além de um teatro totalmente modernizado com capacidade para mais de 2,8 mil espectadores.

Centro Histórico

Ao visitar as ruas do Centro Histórico de Resende, você vai encontrar e caminhar pelo passado da cidade. Os antigos prédios, casarões e sobrados levam os visitantes a uma viagem no tempo. Eles retratam os primórdios da vila e como ela se desenvolveu com o passar dos anos. Uma parada obrigatória para quem gosta de história.

Pico das Agulhas Negras

O ponto mais alto do Rio de Janeiro e um dos mais altos do Brasil, o Pico das Agulhas negras é a atração perfeita para buscar aventura e apreciar uma das mais belas paisagens naturais do país. O topo pode ser alcançado com 2 horas de caminhada. Além disso, o monte conta com 17 pontos de escalada com diferentes graus de dificuldade.

O que não pode faltar na mala para Resende?

Se a sua passagem para Resende já está comprada, é bem possível que você esteja ansioso para pegar as suas malas rumo ao seu mais novo destino de férias. Por isso, para não deixar nada para trás e ter uma viagem perfeita, vale fazer um checklist de tudo a ser levado na bagagem.

Como você já viu neste post, o clima de Resende não é muito parecido com a maioria das outras cidades do Rio de Janeiro, não é mesmo? Então, na hora de fazer as suas malas, não se esqueça de incluir algumas roupas de frio, pois o clima por lá pode ser surpreendente.

Além disso, caso você seja um adepto ao ecoturismo e quer incluir no seu roteiro de viagem visitas às belezas naturais de Resende e região, não deixe de levar algumas mudas de roupas específicas para a prática da atividade, protetor solar e também um repelente contra insetos. Está pronto? Não perca essa oportunidade e compre já a sua passagem para Resende.

E aí, animado para conhecer uma das cidades mais importantes da história do Brasil? Entre agora em contato com a Azul e coloque em prática esse roteiro!