O Brasil é um país continental e, sendo assim, para alegria dos turistas, oferece quase todos os tipos de destinos em uma só nação. Quem prefere a combinação de sol, sal e mar, por aqui temos um litoral com mais de 7 mil quilômetros repartidos em centenas de lindíssimas praias. Já para quem gosta de belas cachoeiras, paisagens e contato direto com a natureza, a região centro-oeste oferece tudo isso e muito mais.

Por fim, há quem prefira o turismo urbano e visitar cidades importantes do país. Esse tipo de turismo, por mais que não proporcione aquela conexão intensa com o meio ambiente, é fonte de conhecimento sobre a história da nação — e no Brasil existem várias opções assim também.

É o caso de Curitiba, uma prestigiada cidade brasileira e de extrema relevância no cenário nacional. Quer saber mais sobre a capital paranaense? Então, acompanhe a leitura desse artigo e confira tudo que essa bela cidade tem a oferecer!

A história de Curitiba

Durante o processo de desenvolvimento de Curitiba, que a transformou de povoado em metrópole, o principal fator que influenciou no crescimento da cidade foi a chegada de imigrantes de diferentes partes do mundo. Até o século XVIII, como ainda não havia ocorrido a emancipação política do Paraná, os únicos habitantes da cidade eram os índios, os portugueses e os espanhóis.

Quando as portas do estado se abriram para o exterior, mais precisamente em 1854, europeus, asiáticos e africanos desembarcaram na cidade e contribuíram efetivamente para a construção social, urbana e cultural de Curitiba. Após a segunda metade do século XIX, com o incentivo governamental à colonização, a capital paranaense foi intensamente transformada pela imigração europeia.

Por falar em passado, a origem do nome de Curitiba diz muito sobre o que ela realmente é. A capital paranaense é berço das imponentes Araucárias, árvore nativa da região Sul do país. Essa planta típica também é chamada de pinheiro do Paraná, e a cidade foi batizada de acordo com a junção dos nomes da língua Guarani Curis, que significa “muito”, e Tiba, que é o mesmo que “pinhão”.

Localizada na região Sul do Brasil, a cidade das Araucárias hoje é uma importante metrópole no cenário nacional, sendo a mais populosa dessa área do país e a oitava na lista que engloba todas as cidades da nação.

A sua região metropolitana, composta por 29 municípios, incluindo cidades como São José dos Pinhais, Araucária e Fazenda do Rio Grande, é um polo industrial fundamental para o Paraná, comportando, inclusive, grandes fábricas automobilísticas.

Melhores formas de chegar à cidade

A capital paranaense oferece ótimas formas de acesso para quem deseja conhecê-la. Po terra, a rodovia BR-116, que liga Curitiba à São Paulo e também à divisa com o estado de Santa Catarina e Rio Grande do Sul é a principal estrada do estado. Além dela, existem também as BRs 376, 101 e 277 que conectam a capital do Paraná, respectivamente, à Palhoça, em Santa Catarina, e às cidades do interior e litoral do estado.

Entretanto, se para você a melhor escolha é ir de avião, pode comprar sua passagem para Curitiba sem medo. O aeroporto da cidade é um dos melhores e mais modernos do país.

Situado a aproximadamente 18 quilômetros do centro de Curitiba, o Aeroporto Internacional Afonso Pena foi totalmente reformado para a Copa do Mundo de 2014 e, atualmente, tem capacidade para receber mais de 2,5 milhões de passageiros por ano.

A infraestrutura para os turistas é tanta que, dentro do próprio aeroporto, existem cabines para repouso e para banho. Modernas, práticas e confortáveis, elas são chamadas de Fast Sleep. Essas cabines oferecem um serviço completo, desde recepção e camareira até internet, TV e telefone.

Melhores épocas para visitar Curitiba

Situada na região Sul do Brasil, Curitiba é a capital mais fria de todo o país. O clima por lá é temperado, e a distância dos trópicos faz com que a incidência de raios solares seja prejudicada em algumas épocas do ano.

Ao longo do ano, a temperatura na cidade varia entre 10°C e 26°C e raramente ultrapassa algum dos dois extremos do termômetro. Durante o verão, o clima é morno, o céu permanece quase sempre encoberto e a temperatura média não ultrapassa os 22°C.

Já no inverno, período em que o frio aperta, a temperatura média dos termômetros fica em 13°C. Portanto, uma coisa é certa: Curitiba é o destino perfeito para quem quer curtir um friozinho sem sair do país.

Principais atrações turísticas da capital paranaense

A cidade de Curitiba é uma metrópole bem planejada e bastante receptiva aos seus visitantes. Prova disso é a famosa Linha Turismo, um ônibus de dois andares que faz um tour completíssimo pelos pontos turísticos mais famosos da cidade e facilita a vida dos turistas que estão com tempo curto ou não preferem não fazer um planejamento de viagem.

A Linha Turismo passa por 24 locais, incluindo Jardim Botânico e Centro Histórico, e custa R$ 40 reais por pessoa.

Os ônibus saem em horários fixos, mais precisamente de meia em meia hora, e são extremamente fáceis de pegar. A única dificuldade se restringe à escolha dos pontos turísticos, já que das 24 atrações do trajeto, você vai ter de escolher apenas 4 delas para parar.

Se você não quer abrir mão de nenhum ponto turístico na sua viagem, Curitiba continua sendo bastante convidativa (quando o clima permite) às caminhadas e programas de bicicleta, além de oferecer um transporte público eficiente e disponibilizar vários pontos para aluguel de carros.

Portanto, caso você prefira conhecer a cidade por contra própria, veja a seguir quais são os principais pontos turísticos da capital paranaense!

Centro Histórico de Curitiba

O Centro Histórico de Curitiba é um ótimo ponto de partida para começar o seu tour. A região resguarda e conserva os séculos passados, época em que Curitiba ainda era apenas um vilarejo, denominado Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.

Por lá, ao caminhar pelas ruas de pedra, você vai ter a oportunidade de visitar lugares como a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Chagas, primeiro templo religioso da cidade e onde fica o Museu de Arte Sacra; a Igreja de Nossa Senhora do Rosário de São Benedito, construída para o culto dos escravos; além de diversas obras arquitetônicas históricas e o Palácio Giuseppe Garibaldi, local que servia, originalmente, como ponto de encontro dos imigrantes italianos.

Se quer conhecer tudo sobre a história de Curitiba e como a capital paranaense cresceu, não deixe de incluir esse ponto turístico no seu roteiro.

Jardim Botânico

O Jardim Botânico é, sem sombra de dúvidas, o principal cartão-postal da capital paranaense e, se você já comprou a sua passagem para Curitiba, provavelmente já sabe que essa é uma parada obrigatória durante a sua estadia na cidade.

A razão pela qual o Jardim Botânico é símbolo da cidade é simples: o lugar é um dos mais belos parques de Curitiba, além de oferecer o deslumbrante visual da famosa estufa de vidro, inspirada em nada menos do que o Palácio de Cristal de Londres.

Com uma área de 178 mil metros quadrados, o parque é repleto de jardins floridos, cenário perfeito para belas fotos e agradáveis piqueniques em família.

Parque Barigui

Outro cartão-postal da cidade, o Parque Barigui está entre os pontos turísticos mais procurados por turistas e moradores, principalmente nos dias em que o sol resolve dar o ar da graça na capital paranaense.

O parque, cortado pelo Rio Barigui, oferece aos turistas uma ótima infraestrutura, com direito a restaurante, pavilhão de exposições, pistas de corrida, ciclovias, churrasqueiras e academia de ginástica.

No lago do parque residem capivaras e até um jacaré do papo amarelo, que ajudam a contrastar ainda mais as belezas naturais do nosso país com um belo skyline dos prédios de Curitiba.

Rua das Flores

Localizada bem no centro de Curitiba, a Rua das Flores é, na verdade, um pequeno trecho da Rua XV de Novembro, voltado para os pedestres e fechado para trânsito de automóveis.

O calçadão foi inaugurado em 1972 e oferece ao turista um caminhar em meio a prédios históricos, comércio agitado e vários bares, restaurantes e cafés. É um ótimo lugar para se sentar, experimentar um pouco da culinária paranaense e ver como a vida passa na região central de Curitiba.

Além disso, a Rua das Flores também é um ótimo ponto para compras e é sede de um dos mais disputados eventos da cidade, que alegra a capital paranaense no final de ano: o Coro de Natal, cantado nas janelas do Palácio Avenida.

Mercado Municipal

Construído em 1958, o Mercado Municipal de Curitiba é um espaço que oferece uma diversidade enorme de alimentos, que vão desde barracas com temperos e queijos até lojinhas de frutas, verduras e carnes.

Embora a maioria das barracas seja do ramo alimentício, por lá você também vai encontrar lojas de vestuário, eletrônicos e artigos para casa, ou seja, uma ótima pedida para quem quer comprar algumas lembranças da capital paranaense.

Se você preferir, o Mercado Municipal também é repleto de quiosques e restaurantes, onde é possível experimentar os melhores quitutes da culinária curitibana, como o barreado e a carne de onça.

Torre Panorâmica

A Torre Panorâmica é, na verdade, uma torre de telefonia que se localiza no ponto mais alto da cidade de Curitiba, e por isso tem uma das visões mais privilegiadas da cidade.

O observatório permite aos turistas terem uma visão 360° de Curitiba, a mais de 100 metros de altura. De lá, você vai poder perceber como a capital paranaense manteve o crescimento urbano equilibrado com as áreas verdes. É realmente uma experiência imperdível para quem aprecia uma bela vista!

Programas culturais de Curitiba

Confira agora os melhores lugares para se apreciar a cultura em Curitiba!

Ópera de Arame

De estrutura tubular e teto translúcido, a Ópera de Arame é um dos símbolos mais emblemáticos da capital paranaense. O prédio que abriga todo tipo de espetáculo, desde obras clássicas a shows populares, foi inaugurado em 1992 e tem capacidade para mais de 1.500 espectadores.

A Ópera foi instalada entre lagos, vegetação típica e cascatas, dentro do Parque das Pedreiras, e por ser um dos cenários mais encantadores de Curitiba, já foi palco de diversos eventos importantes para a cidade.

Museu Paranaense

O Museu Paranaense, atualmente fixado no Palácio São Francisco, foi fundado em 25 de setembro de 1876 e é um dos museus mais antigos do Brasil.

Caso você planeje uma visita a ele, vai encontrar um acervo de, aproximadamente, 400 mil itens que retratam a história do Paraná, incluindo documentos, máquinas, moedas, porcelanas, além de um enorme acervo arqueológico e antropológico.

Museu Oscar Niemeyer

O Museu Oscar Niemeyer, que era chamado de Novo Museu na data da sua inauguração, em novembro de 2002, é considerado o maior museu de arte da América Latina e casa de obras importantíssimas da produção artística nacional e internacional.

Projetado pelo renomado arquiteto brasileiro, o MON tem formato de um olho e seu espaço de mais de 16 mil metros quadrados já recebeu mais de 350 mostras nacionais, internacionais e itinerantes.

Itens indispensáveis para a sua viagem

A cidade de Curitiba é conhecida por ter as estações do ano muito bem definidas. Entretanto, a capital paranaense também é conhecida por ter todas as estações em um só dia. Por lá sempre existe a chance de chuva, sol, neblina, tempo frio e calor no mesmo dia. Por isso, você deve estar prevenido caso tenha comprado sua passagem para Curitiba.

Na hora de arrumar a sua mala, não se esqueça dos agasalhos e roupas de frio, porque o clima lá é bem diferente das outras partes do Brasil. As roupas confortáveis também devem estar na bagagem, já que durante os seus passeios pela cidade você vai querer estar bastante à vontade, não é mesmo?

Por fim, dê uma olhada na previsão do tempo. Ao saber o clima que o espera por lá, você vai poder se preparar melhor para a viagem.

Você, com certeza, já percebeu todas as razões pelas quais a capital do Paraná é um excelente destino turístico e uma das cidades mais importantes do Brasil. Por isso, se você pretende comprar passagem para Curitiba, elabore antes um roteiro de viagem e curta ao máximo as suas férias na cidade.

E então, o que achou do nosso artigo? Gostou de conhecer a capital paranaense? Então, não perca tempo, entre em contato com a Azul e reserve agora a sua passagem para Curitiba!