Viajar para fora vai muito além de conhecer novos lugares. Cada um dos países do exterior, definitivamente, proporciona a você uma experiência única de vida. Entretanto, a grande maioria deles tem uma coisa em comum: eles praticam preços mais baixos do que o nosso país em quase todos os setores do comércio.

Além disso, ao fazer uma viagem internacional você poderá fazer compras no Duty Free Shop nos aeroportos por onde passar. Nesses estabelecimentos, todos os produtos são vendidos parcial ou totalmente livre de impostos, fazendo com que os preços cobrados sejam substancialmente mais baixos, principalmente se comparado ao país que detém a maior carga tributária da América Latina — o Brasil.

Por isso, além da sua experiência internacional ser uma excelente oportunidade de conhecer novas culturas, ela é uma ótima chance para você comprar produtos de qualquer finalidade, seja para consumo próprio ou para presentear amigos e parentes queridos.

Neste artigo, vamos explicar quais são as razões para você fazer uma boa compra no Duty Free, esclarecendo o que são essas lojas, como elas funcionam e por que são tão amadas por todos os viajantes. Além disso, vamos dar dicas de compras e mostrar quais são os melhores free shops ao redor do mundo para você adquirir bons produtos por valores mais baixos do que o mercado convencional. Preparado? Então, vamos lá!

O que é são os Duty Free Shops?

As lojas Duty Free, popularmente conhecidas como “free shop”, são estabelecimentos responsáveis por comercializar produtos de todos os tipos com redução ou até mesmo isenção total de tributos. Aqui no Brasil, as lojas Duty Free são instaladas em aeroportos internacionais, na parte interior das salas de embarque e desembarque de passageiros.

Os free shops são instalados nos aeroportos justamente porque não são todas as pessoas que podem usufruir dos seus benefícios. Apenas pessoas que estão indo ou voltando do exterior têm o direito de fazer compras nessas lojas. Portanto, não é permitido a presença de quem apenas pretende comprar produtos nessas lojas, tanto é que, para concluir a compra, é necessário apresentar alguns documentos.

No caso de viagens internacionais para países da América Latina, é preciso mostrar no caixa o seu cartão de embarque e o documento de identidade. Se a viagem for para fora do continente latino americano, além do cartão de embarque, o operador do caixa exigirá também o passaporte.

Como essas lojas funcionam?

A única exigência para que você consiga comprar no Duty Free é estar em um voo internacional daquele aeroporto.

Entretanto, nem tudo são flores. Os passageiros têm um limite para gastos no free shop: o valor máximo de compras para quem chega no Brasil é de 500 dólares. Esse montante é referente apenas às compras realizadas no Duty Free do aeroporto de desembarque, e não leva em consideração outros produtos adquiridos ao longo da sua viagem.

Por considerarem um valor restritivo aos passageiros, as empresas estão negociando, junto ao Governo Federal, o aumento desse limite para 900 dólares.

Além da restrição no valor máximo de compra, também existem a limitação relativa ao número de unidades dos produtos adquiridos. As bebidas alcoólicas, um dos nichos de produtos mais encontrado nos free shops, têm limite máximo de 24 garrafas por passageiro. Entretanto, desse limite, apenas podem ser adquiridas 12 garrafas por categoria (12 garrafas de vinho e 12 de whisky, por exemplo).

Qual é a moeda utilizada no free shop?

A moeda que será utilizada por você para pagar as suas compras pode variar de acordo com a localidade do free shop. Apesar disso, uma coisa é certa: você vai sempre poder pagar os seus produtos com dólar ou a moeda local.

Nos aeroportos maiores, como é o caso do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, é permitido pagar suas compras com uma enorme variedade de moedas. Lá, o passageiro poderá comprar com Real, Dólar Americano, Euro, Libra Esterlina, Franco Suíço, Dólar Canadense e Iene Japonês.

Vale frisar que ao fazer suas compras em moedas estrangeiras por meio de um cartão de crédito você estará sujeito a aplicação da taxa IOF — Imposto sobre Operações Financeiras — sobre o valor dos produtos, com a alíquota no valor de 6,38%. Além disso, é possível utilizar como forma de pagamento os traveler’s checks, caso você prefira não pagar em dinheiro vivo e nem no cartão de crédito.

Existem diferenças entre os Duty Free Shops ao redor do mundo?

É perfeitamente possível que o free shops pratiquem preços diferentes nos aeroportos espalhados pelo mundo. Além disso, cada país tem as suas particularidades e, por isso, os passageiros podem encontrar diferentes variedades de produtos dependendo do país no qual se encontram.

Além disso, podem existir diferenças entre os free shops dos próprios aeroportos. Em alguns deles, as lojas destinadas à área de embarque costumam ter mais variedade de produtos e serem mais completas do que os estabelecimentos destinados aos passageiros em desembarque. Obviamente, toda regra tem sua exceção e, nesse caso, a exceção são os aeroportos internacionais de São Paulo e do Rio de Janeiro.

O mais recomendado para o passageiro que está em sua primeira viagem internacional é comprar os produtos desejados na hora de embarcar de volta para o Brasil no país que visitou. Isso permitirá que você encontre uma maior variedade de produtos e vai evitar a possibilidade de você passar por uma situação desagradável de comprometer o orçamento da sua viagem com compras antes da hora, já que ao final da viagem, na teoria, você terá em mãos o dinheiro que sobrou.

Existem alguns Duty Free Shops que são mais conhecidos por apresentarem as melhores estruturas e opções em relação aos preços e diversidade de produtos. Confira:

Aeroporto Heathrow de Londres

Se o tamanho é importante para você, o aeroporto de Heathrow é o melhor lugar para procurar ofertas. Esse é o maior aeroporto da Inglaterra e tem mais de 500.000 pés quadrados de espaço coberto por lojas espalhadas pelos seus cinco terminais.

Há uma enorme diversidade de opções de compras em cada um dos saguões. As pessoas que procuram grandes marcas internacionais devem se certificar de que seus voos partam do terminal 3, que tem 40 pontos de venda de alto padrão, incluindo Hermes, Cartier, Dior e Gucci.

Algumas das melhores marcas e produtos locais da Inglaterra, entretanto, estão localizadas nas lojas do free shop do terminal 5.

Aeroporto internacional de Dubai

Um dos maiores questionamentos acerca das lojas Duty Free, mesmo nos principais aeroportos, é que elas encerram o funcionamento antes que os últimos voos do dia pousem e, se você estiver em uma conexão tarde da noite, pode acabar não comprando nada.

No entanto, isso jamais aconteceu no principal aeroporto dos Emirados Árabes Unidos. As lojas de Dubai estão abertas 24 horas por dia, 7 dias por semana. Os comerciantes certamente aproveitam as horas extras, juntamente aos passageiros que embarcam e desembarcam em horários não muito usuais.

Talvez, por isso, as lojas do Duty Free Shop do aeroporto de Dubai auferem mais receita do que qualquer outro Duty Free do mundo.

Aeroporto Internacional de Incheon

O aeroporto de Incheon, localizado em Seul, na Coreia do Sul, sempre esteve entre os melhores quando se trata de free shop. Algumas das marcas mais prestigiadas do mundo estão representadas por lojas nesse aeroporto, incluindo a renomada Louis Vuitton.

Em termos de tamanho, o espaço do Duty Free Shop do Incheon é menor do que apenas dois outros aeroportos: Heathrow e Dubai. As lojas sul-coreanas ainda apresentam uma enorme variedade de clássicos, como o tabaco, bebidas, maquiagem e perfume.

Aeroporto de Amsterdam Schiphol

O principal aeroporto de Amsterdã é, provavelmente, mais conhecido por seu pátio de observação e instalações de arte, em vez de suas compras. Mesmo assim, o Aeroporto de Schiphol é um dos melhores lugares em toda a Europa para encontrar boas ofertas e grande variedade de produtos.

Além do tradicional desconto regular de isenção de impostos, muitas lojas desse Duty Free também oferecem promoções do tipo “compre um e leve outro”.

Aeroporto de Zurique-Kloten

O aeroporto internacional de Zurique tem todos os clássicos, além de ser a casa dos chocolates mais saborosos e tradicionais do mundo.

Além dos deliciosos produtos da gastronomia suíça, nesse aeroporto você pode economizar bastante ao comprar perfumes no free shop.

Quais são os melhores produtos para se comprar nos Duty Free Shops?

Como você pode perceber, as lojas do Duty Free Shop vendem enorme e variada gama de produtos, mas, ainda assim, alguns deles podem não compensar tanto quanto outros.

Os itens mais recomendados para você adquirir são os cosméticos, tais como perfumes ou maquiagens. Especificamente nesses dois casos, a variedade é estrondosa e os preços de fato são muito reduzidos quando comparados aos praticados em lojas normais no nosso país. Comprar bebidas em free shop também pode sair bem mais barato para o consumidor do que ele está acostumado a ver.

Por outro lado, itens como roupas e acessórios podem até ser mais baratos do que o normal, mas no geral, não costumam oferecer tantos benefícios como a área de cosméticos.

Quais as razões para você comprar no Duty Free Shop?

Confira agora!

1. Carga de impostos reduzida

A primeira razão pela qual você deveria estar ansioso para comprar os seus produtos em um Duty Free Shop é, indiscutivelmente, a isenção de impostos. Como é de conhecimento geral, o nosso país é o que detém a maior carga tributária da América Latina e, por isso, boa parte do preço que pagamos pelos produtos em território nacional são destinados ao pagamento de impostos.

Portanto, se podemos comprar com redução ou isenção total de impostos, obviamente os preços que você encontrará serão bastante reduzidos, já que os produtos serão vendidos pelos seus valores originais.

Por isso, a economia que você poderá fazer em suas compras é uma das razões para você investir na compra de produtos no Duty Free Shop.

2. Possibilidade de reserva de produtos

Quem já está com viagem marcada para o exterior pode optar por fazer a reserva dos produtos que desejar. Para isso, basta acessar o site do Duty Free Shop e buscar pelos itens pretendidos.

O melhor de tudo é que você pode fazer essa reserva sem pagar nenhum valor extra por isso e, ao fazer o pedido, você garante que o produto desejado esteja disponível no local, sem correr riscos de esgotar ou sair do estoque. Além disso, o passageiro também consegue economizar tempo ao fazer a reserva.

Se a sua viagem for em alta temporada, realmente considere a possibilidade de utilizar esse recurso. Isso porque em época de férias, os estoques de produtos costumam esgotar muito rápido, o que faz com que muitos passageiros não encontrem os produtos que desejam.

No entanto, vale frisar que para reservar um produto, alguns pontos são exigidos pelas lojas. Pelo site, o passageiro precisa demonstrar interesse no produto com, pelo menos, três dias úteis de antecedência à retirada e o prazo máximo para garantir a reserva é de 35 dias antes da sua ida ao Duty Free Shop.

Se preferir, você pode reservar os produtos por telefone ou por atendimento online. Entretanto, nessas centrais de atendimento, o período mínimo de antecedência é reduzido para 24 horas antes da retirada do bem. Para ambos os processos de reserva, você deverá informar detalhes como o aeroporto de retirada, a data da sua viagem, companhia aérea e o número do voo, além de informações pessoais para contato.

Cada passageiro pode fazer apenas uma reserva por voo e o pagamento é feito somente no momento da retirada dos produtos.

3. Embarque com suas compras tranquilamente

Um questionamento que, por vezes, deixa muitos passageiros inquietos é se eles poderão entrar no avião com os produtos comprados no Duty Free Shop. Se você é uma dessas pessoas, fique tranquilo. Você poderá embarcar tranquilamente ao seu destino com os pertences adquiridos.

Se você está no free shop significa que já passou pela revista e despachou sua bagagem, agora falta apenas entrar no avião. Por isso, todos os produtos comercializados nas lojas estão liberados para entrar junto ao passageiro no voo, mesmo que sejam bebidas alcoólicas, alimentos ou perfumes.

O limite de 100ml para líquidos vale apenas para os produtos trazido de fora das áreas de embarque ou desembarque. Entretanto, os itens dessa categoria no Duty Free Shop serão lacrados e você não poderá abrir ou fazer uso dos produtos enquanto não deixar o aeroporto.

Ao redor do mundo existem diversos Duty Free Shops e cada um tem as suas particularidades. Fato é que pode ser bastante vantajoso para os passageiros, dependendo das circunstâncias e do produto, fazer suas compras nos aeroportos. Mas, independentemente de comprar ou não, o passeio no free shop, com certeza, será uma das grandes atrações da sua viagem.

Agora que você já conhece as principais razões para comprar nos Duty Free Shop ao redor do mundo, compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude seus amigos viajantes a descobrirem as maravilhas dessas lojas!