Todo mundo que pensa em comprar passagem para Juazeiro do Norte tem em mente a figura de Padre Cícero. E não é para menos. Afinal, é pela devoção no “Padim Ciço” que a metrópole do Cariri atrai cerca de 1,5 milhão de fiéis por ano, sendo considerada um dos três maiores centros religiosos do país, junto com Aparecida do Norte, em São Paulo, e Nova Trento, em Santa Catarina.

Mas a importância de Juazeiro do Norte vai muito além do aspecto religioso. O artesanato, a literatura de cordel, o ecoturismo e a gastronomia, por exemplo, são grandes marcas locais. Se você gosta de cultura popular e também procura atrações para toda a família, com certeza vai se surpreender ao visitar essa cidade do sul do Ceará.

Ficou interessado em desbravar esse destino? Quer encontrar as melhores dicas para aproveitar da melhor forma a sua viagem? Então, continue a leitura e se prepare para comprar sua passagem para Juazeiro do Norte!

Informações gerais sobre Juazeiro do Norte

Localizada ao sul do Ceará, a cerca de 490 km da capital Fortaleza, Juazeiro do Norte é um município que ocupa uma área de 249 km² e tem quase 300 mil habitantes.

A importante cidade da região do Cariri foi fundada em abril de 1872, quando Padre Cícero Romão Batista visitou o povoado e decidiu se tornar sacerdote do território. Alguns afirmam que isso aconteceu após o jovem, então com 28 anos, ter tido um sonho que revelou a sua missão.

Mas a fama de milagreiro do Padre começou somente em 1889, quando, durante uma celebração, a hóstia entregue à fiel Maria de Araújo teria se transformado em sangue. Esse fato fez com que cada vez mais curiosos e devotos procurassem os conselhos do sacerdote, levando a cidade a crescer consideravelmente.

O legado deixado por Padre Cícero é de “fé e trabalho”. Por esse motivo, a economia da cidade se baseia sobretudo no artesanato e no turismo religioso. Em Juazeiro, há vários monumentos e museus destinados à preservação da história do religioso e à rica cultura local.

A cidade é procurada durante todo o ano por fiéis que desejam visitar a famosa estátua de Padre Cícero, pagar promessas e conhecer os locais por onde o “santo do povo” viveu. No entanto, a movimentação é maior de março a julho, período em que são celebradas as datas de nascimento e morte do sacerdote.

Muitos devotos também procuram Juazeiro do Norte em 1º de novembro, quando se comemora o Dia do Romeiro, com missas e procissões por toda a cidade.

A vantagem é que quem deseja visitar a terra do “Padim Ciço” não encontra dificuldades, já que o aeroporto de Juazeiro do Norte recebe voos diretos, saindo de diversas capitais do país.

7 principais atrações de Juazeiro do Norte

Como você viu, a cidade de Juazeiro do Norte é destino certo de fiéis católicos e daqueles que têm vontade de conhecer sobre a história de Padre Cícero, cuja importância ganha cada vez mais força com o passar dos anos.

No entanto, a metrópole do Cariri também é muito rica em cultura popular, natureza e gastronomia. Continue a leitura e confira os 7 pontos você não pode deixar de conhecer em sua viagem à Juazeiro do Norte!

1. Estátua de Padre Cícero

O principal monumento da cidade foi inaugurado em 1969. A imponente estátua em concreto tem 25 metros de altura e é a terceira maior do mundo. A localização é no alto da serra do Catolé, e quem chega ao monumento é agraciado com a bela vista da Chapada do Araripe.

O lugar escolhido para a construção da estátua de Padre Cícero é onde o sacerdote teria feito seus retiros espirituais. Ao longo do ano, milhares de devotos de todo o Brasil visitam o monumento, seja para pagar promessa, visitar a igreja e o museu que também estão localizados no local ou mesmo conhecer esse importante símbolo de religiosidade do nosso país.

E quem visita a estátua não pode deixar de seguir um ritual: dar três voltas em torno da bengala do Padre, como forma de agradecimento.

2. Memorial Padre Cícero

Localizada no largo da Capela do Socorro, a Fundação Memorial Padre Cícero reúne objetos pessoais, fotografias e documentos do Padre considerado milagreiro pelo povo. Os turistas também podem conferir de perto vestimentas, obras de arte, louças e objetos pessoais do sacerdote.

A inauguração do espaço aconteceu em 1988, com o objetivo de se criar um centro de pesquisas e palestras sobre o religiosos. No auditório, com capacidade para 400 pessoas, é exibido um documentário sobre a história e os supostos milagres de Padre Cícero.

3. Museu Vivo de Padre Cícero

Esse é mais um espaço da cidade de Juazeiro do Norte totalmente dedicado à história do principal religioso da região. Localizado no Casarão do Horto, o Memorial Padre Cícero conta com 5 ambientes onde estão estátuas de personagens em tamanho real, recriando cenas do cotidiano do santo do povo. As obras são de resina e surpreendem a todos pela riqueza de detalhes.

O visitante pode ver Padre Cícero em diversas situações, como tomando café da manhã, em momento de oração e descansando na rede. O local também abriga fotografias antigas e outros detalhes que podem ser observados pelos turistas e fiéis.

4. Trilha do Santo Sepulcro

Essa opção de passeio é perfeita para quem não quer deixar de conhecer mais informações sobre Padre Cícero e também busca uma alternativa de lazer, descanso e reflexão em meio à natureza.

A Trilha do Santo Sepulcro tem dificuldade média e o seu percurso é de quase 6 km (ida e volta). Fica localizada na Colina do Horto e é uma conhecida via de ecoturismo da região. No entanto, muitos fiéis também recorrem ao caminho para pagar promessas e até mesmo para cumprir o trajeto como penitência.

A Trilha do Santo Sepulcro era originalmente um caminho percorrido por romeiros, mas passou a fazer parte do Geopark do Araripe e ganhou infraestrutura para receber os turistas. Há a crença de que era em locais ao longo desse caminho que Padre Cícero saía em retiro e passava horas em oração e meditação.

5. Geopark do Araripe

Ainda que não seja de conhecimento de grande parte dos turistas que viajam pelo Brasil, o Geopark do Araripe é o único geoparque do Brasil e o primeiro da América Latina. E esse é mais um interessante motivo para você conhecer Juazeiro do Norte e a região do Cariri.

O parque é composto por 9 sítios paleontológicos e geológicos, divididos entre os seguintes municípios: Barbalha, Crato, Juazeiro do Norte, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri.

Segundo pesquisas, a história geológica da Bacia do Araripe teve início há aproximadamente 150 milhões de anos. A região se desenvolveu aos poucos e se tornou uma enorme área de depressão na superfície da terra, em meio a rochas.

O Geopark do Araripe conta com a principal jazida de cretáceos do país, incluindo a maior concentração de vestígios de pterossauros de todo o planeta. Além disso, há 20 ordens de insetos fossilizados com aproximadamente 110 milhões de anos.

6. Arajara Park

Se você vai para Juazeiro do Norte com crianças, precisa incluir em seu roteiro algumas opções de diversão para os pequenos, não é mesmo? Nesse sentido, o Arajara Park é perfeito para você!

O parque aquático conta com 6 piscinas, toboáguas, cascatas e restaurante completo para a família. O ecoturismo também tem lugar garantido por meio de trilhas na natureza, arvorismo, tirolesa e muito mais.

A natureza do entorno ainda proporciona momento de grande relaxamento e descanso. Área de pesque e pague, playground e um campo de futebol completam as opções de lazer para toda a família.

7. Centro de Cultura Popular Mestre Noza

Em todo o Nordeste, a cultura popular é um ponto que merece destaque. Por meio da mão de talentosos artesãos, aspectos da religiosidade e dos hábitos do povo são recriados com muita sensibilidade e criatividade. E na região do sul do Ceará, não é diferente.

O Centro de Cultura Popular Mestre Noza é uma cooperativa de artesãos que produzem peças em madeira, barro, palha de carnaúba e couro. A maioria das obras retrata símbolos religiosos e da cultura nordestina. Não é raro encontrar, por exemplo, as figuras do cangaceiro e do tocador de sanfona. No entanto, também é possível encontrar roupas, calçados e itens de uso doméstico.

O nome do local é uma homenagem a Mestre Noza, considerado o primeiro artesão da região. O espaço em Juazeiro do Norte é um local de exposição, e os visitantes podem conferir amostras de trabalhos de aproximadamente 200 artesãos. Também é possível ver de perto o momento de produção das peças.

Outras opções de passeio em Juazeiro do Norte

Você já percebeu que não faltam passeios em Juazeiro do Norte — há opções para todos os gostos e idades. A seguir, apresentamos mais alguns importantes pontos da cidade que não podem deixar de ser visitados por quem aprecia monumentos históricos e cultura popular.

Luzeiro do Nordeste

Com 113 metros de comprimento, o Luzeiro do Nordeste fica localizado na Praça dos Romeiros e é um importante cartão-postal de Juazeiro do Norte.

A torre, fabricada em aço e pesando 256 toneladas, é a maior do Nordeste e foi projetada pelo arquiteto Luiz Deusdará. Vale a pena conhecer o local e fazer bonitas fotos, principalmente à noite.

Casa Azul

As mulheres artesãs de Juazeiro do Norte são muito importantes para a economia e a cultura da região. Na Casa Azul, está situada a sede das artesãs “Mulheres de Palha”, como ficaram conhecidas aquelas que se reúnem nas calçadas das próprias casas para produzir as lindas peças que tanto as ajudam no sustento familiar.

Alguns dos itens fabricados pelas Mulheres de Palha são chapéus, bolsas e acessórios. Na Casa Azul, elas se encontram, discutem os rumos da cooperativa e também fazem o acabamento nos mais diversos produtos.

Editora Lira Nordestina

Quem gosta de literatura — e mais especificamente literatura de cordel — precisa fazer um passeio na Editora Lira Nordestina, especializada na impressão dos livretos que são ícones da cultura nordestina.

No local, os turistas se deparam com os artesãos da xilogravura (técnica utilizada para ilustrar os cordéis) negociando obras e os cordelistas confeccionando folhetos. É um programa imperdível para os apreciadores de cultura popular.

Polo Gastronômico Lagoa Seca

É impossível visitar qualquer lugar do Nordeste e não se encantar com as comidas típicas da região. Em Juazeiro do Norte, alguns dos pratos que mais conquistam os paladares são baião de dois, sarapatel, carne de sol e galinha à cabidela. Para beber, a pedida é a cajuína — refrigerante de caju típico da região.

E, para provar uma dessas iguarias e muitas outras, o local certo é o Polo Gastronômico situado no bairro Lagoa Seca, que fica entre as cidades de Juazeiro do Norte e Barbalha.

A grande área do Polo conta com mais de 30 estabelecimentos, entre restaurantes, bares e hamburguerias. Para aqueles que gostam de sofisticação, também há opções de locais que recriam pratos importantes da culinária regional com um toque de chef profissional. Portanto, não deixe de conferir o espaço para se deliciar com uma incrível refeição e voltar para casa com o sabor do Nordeste vivo na memória.

Como você viu, Padre Cícero tem uma enorme importância religiosa, histórica e cultural para o povo de Juazeiro do Norte. É impossível ir até a cidade e não conhecer a estátua do sacerdote, seus museus e a Trilha do Santo Sepulcro.

Mas apostamos que agora você também já sabe que a metrópole do Cariri abriga vários outros motivos para ser visitada. A cultura popular, a gastronomia e as belezas naturais são alguns deles. Então, está esperando o que para comprar passagem para Juazeiro do Norte? Certamente você vai se surpreender com o que a cidade tem a oferecer!

E na hora de reservar o seu bilhete, não deixe de entrar em contato com a Azul. Levamos você com muito conforto para os quatro cantos do Brasil, incluindo Juazeiro do Norte. Confira agora mesmo!