Todas as pessoas que amam viajar sentem prazer até na hora de planejar os passos da próxima aventura.

Escolher as melhores condições para a sua família curtir momentos relaxantes, onde quer que seja, é uma grande prova de amor.

Apesar de a organização de uma viagem demandar bastante pesquisa, os resultados colhidos após meses de preparação serão recompensados com as melhores férias de suas vidas.

Basta seguir alguns passos bem simples e ter bastante paciência para fazer bons negócios.

Um dos destinos mais concorridos do Brasil é Natal, a linda capital do Estado do Rio Grande do Norte.

Com praias paradisíacas, dunas impressionantes e as mais variadas atividades de lazer à disposição, a cidade também chama a atenção por sua intensa atividade cultural e ampla rede de restaurantes, bares e baladas.

Quer curtir algumas das praias mais lindas do Brasil? Neste guia, vamos falar sobre as etapas a seguir para viajar com tranquilidade, desde a compra da passagem para Natal até a escolha dos pontos turísticos para visitar.

Também vamos contar detalhes da história da cidade, suas tradições artísticas e gastronômicas, além de dar sugestões de pontos turísticos da capital potiguar.

História de Natal

Fundada em 1599, a “Cidade do Sol”, como também é conhecida Natal, tem importância histórica na formação do Brasil, já que essa região era disputada por exploradores franceses, holandeses e portugueses no final do século XVI.

Com o estabelecimento de um forte chamado Fortaleza dos Reis Magos, a pequena vila começou a crescer às margens do rio Potengi.

Com a invasão dos holandeses, em 1633, que dominaram essa área por mais de 20 anos, a cidade passou a se chamar Nova Amsterdam.

Depois da retomada de Natal pelos colonizadores portugueses, a cidade passou a ter um desenvolvimento mais lento, que só foi superado já nos anos 1920.

Durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), devido a sua posição estratégica, a região passou a servir de base para os combatentes americanos.

Essa participação ativa no esforço de guerra transformou Natal em uma metrópole moderna e com atividade econômica capaz de projetar o crescimento da cidade.

Na década de 1980, os governos locais passaram a investir no potencial turístico da capital do Estado.

A construção da Via Costeira e o estabelecimento de hotéis, restaurantes e outras facilidades atraíram muitos visitantes.

Hoje em dia Natal é um dos destinos mais procurados por brasileiros e estrangeiros, que querem curtir as praias belíssimas, mas também não deixam de aproveitar a estrutura de cidade grande. Com pouco mais de 800 mil habitantes, Natal é uma das principais capitais do Nordeste.

A localização e como chegar

A posição geográfica do Estado do Rio Grande do Norte é a porção de terra mais oriental do Nordeste do Brasil.

Esse fato faz com que a região seja a primeira a receber os raios do sol da alvorada, além de ser conhecida pelos fortes ventos que sopram sem parar.

Rota de voos nacionais e internacionais, Natal está interligada com os principais aeroportos do país e do mundo.

Centenas de aeronaves pousam todos os dias na região metropolitana da cidade, tornando uma viagem para lá muito simples.

As condições climáticas

Apesar de o vento soprar sem interrupção, o clima em Natal é ensolarado e quente a maior parte do ano.

Apenas entre os meses de março a julho é que a chuva pode dar as caras, mas nada que vá estragar um passeio de alguns dias.

A média da temperatura fica na casa dos 30 graus, o que garante o calor em qualquer estação.

Durante o verão, o clima esquenta bastante, contudo, a brisa do Oceano Atlântico faz a sensação térmica ficar bastante agradável.

Salvo dias muito atípicos, o visitante nunca vai precisar usar uma blusa em Natal. Sendo assim, dê preferência para trajes leves e confortáveis.

Tradições culturais da região

O folclore nordestino é uma das expressões artísticas mais interessantes do Brasil. Devido à mistura de povos (indígenas, negros e europeus), a cultura do Rio Grande do Norte tem muitos elementos de música e dança, como o bumba-meu-boi, o forró, as quadrilhas, os repentistas e os cordelistas.

As celebrações ligadas à fé também têm bastante espaço em todo o Estado, em especial as festas de São João (junho) e a Folia de Reis (janeiro).

Graças ao grande número de turistas que visitam Natal e as cidades vizinhas, sempre é possível acompanhar apresentações dessas tradições locais.

Outra forma de conhecer a cultura do destino é por meio do artesanato, que é uma das principais atividades econômicas da região.

Em Natal, existem diversos espaços dedicados à fabricação e à venda de lembranças, como toalhas de renda, garrafinhas de Tibau (paisagens esculpidas com areia dentro de pequenas garrafas), esculturas de materiais variados, barcos de seda e muito mais.

Um dos principais locais onde é possível encontrar esses objetos é no Shopping do Artesanato Popular (av. Engenheiro Roberto Freire, 8000 — Ponta Negra), onde existem mais de 170 lojas dedicadas à arte tradicional do Rio Grande do Norte. Você pode adquirir ótimas peças a preços mais em conta do que em locais mais turísticos.

Gastronomia

A gastronomia Potiguar tem um lugar especial na cultural regional, já que os pratos típicos são à base de produtos ligados à vida e aos costumes dos habitantes há muitas gerações, como a carne seca, a manteiga de garrafa, a mandioca, os frutos do mar de excelente qualidade e os doces mais saborosos do Nordeste brasileiro.

Uma casa que todo turista deve visitar é o Camarões Restaurante (84 3209-2424), que tem uma enorme variedade de pratos típicos, que são servidos em grandes porções a preços justos.

Experimente a “Camarão no Jerimum”, uma das especialidades do local, no qual os frutos do mar são preparados com a polpa da abóbora (jerimum) com queijo coalho, coentro, lascas de coco, verduras e castanhas de caju. Para acompanhar, arroz de brócolis e macaxeira frita (mandioca).

As principais atrações

A Cidade do Sol está preparada para receber turistas dos perfis mais variados, já que conta com atividades para todos os gostos, idades e bolsos.

Desde passar o dia esticado na areia da praia até se aventurar na prática de esportes radicais, em uma viagem à Natal você encontra lazer e relaxamento na medida que quiser.

Praias de Natal

As grandes estrelas turísticas de Natal, sem dúvida, são as suas belas praias. Embora seja uma cidade considerada grande, a orla atrai todos os anos milhares de visitantes, que querem curtir o seu mar de águas mornas.

A mais badalada é a praia de Ponta Negra, onde estão localizados muitos hotéis, pousadas, restaurantes, bares, sorveterias e as melhores casas noturnas.

Durante o dia a diversão fica na faixa de areia, onde é possível passar horas agradáveis entre os banhos de mar e a contemplação de paisagens incríveis, como a do Morro do Careca, que tem mais de 120 metros de altura.

Em Ponta Negra estão concentrados um grande número de serviços para turistas, como passeios de barco e de buggy, aluguel de equipamentos para as práticas de surf, kitesurf, windsurf, stand-up paddle, caiaque e muitos outros.

Nos finais de semana e feriados, a praia costuma ficar cheia, algumas vezes, sendo difícil de encontrar um espaço na areia.

A famosa praia de Genipabu fica um pouco mais distante do centro, seguindo para a região norte da cidade.

Ali o mar é calmo, com poucas ondas, o que forma um ambiente perfeito para a criançada brincar com segurança.

Outro destaque de Genipabu são as suas dunas, que chegam a alcançar algumas dezenas de metros de altura.

Os mais aventureiros podem embarcar em um buggy e escolher entre o passeio “com ou sem emoção”, que determina o nível de radicalidade que cada visitante espera e qual tipo de turismo o agrada mais.

Para quem gosta de um pouco mais de sossego, a praia do Cotovelo recebe um número bem menor de turistas, o que proporciona ótimos dias de relaxamento à beira mar.

Com uma faixa de areia bastante extensa, essa praia tem diversos quiosques, que vendem porções de peixes e outros frutos do mar bem fresquinhos.

Quem gosta de esportes radicais pode apreciar no local os praticantes de kitesurf, em que a pessoa desliza pela água com uma prancha puxada por uma espécie de pipa controlada por cordas.

Praias das cidades vizinhas

Partindo de Natal, existem diversas cidades vizinhas que guardam praias incríveis, nas quais os turistas vão para passar o dia.

O acesso é feito por carros ou nos ônibus de excursões, que as agências de turismo organizam na capital do Estado.

No sentido sul de Natal, a cerca de 20 quilômetros, no município de Pirangi do Norte, existem duas atrações que valem uma visita: o maior cajueiro do mundo e a linda praia de Pirangi do Norte, cujas águas tranquilas são boas para a prática de mergulho.

Seguindo para Nísia Floresta está a praia de Búzios, que atrai os visitantes por causa de suas águas tranquilas e paisagens de tirar o fôlego.

Suba nas dunas que cercam a praia e tenha uma das vistas mais belas do Rio Grande do Norte.

Viajando 80 quilômetros no sentido sul do Estado, o turista chega à paradisíaca Pipa, que fica no município de Tibau do Sul.

Nessa região estão as praias mais impressionantes do litoral potiguar, como a romântica praia do Amor, que tem o formato de um coração.

Outras atrações de Pipa são as praias do Madeiro e a Baía dos Golfinhos, onde é possível avistar os animais em determinados horários do dia.

No final da tarde, as falésias que cercam o mar são o destino preferido de quem gosta de curtir um lindo pôr do sol.

Entre essas formações a mais famosa é o Chapadão, que garante uma excelente vista do mar e das praias, além de ótimas fotografias.

O centro de Pipa é bem desenvolvido, como muitas ótimas opções de hospedagem, lojas e lanchonetes, além de restaurantes dos mais simples aos cheios de sofisticação.

À noite, os bares de Pipa têm música ao vivo e muita diversão.

Pontos históricos

Por sua importância estratégica no litoral do Brasil, a região de Natal recebeu ao longo de sua trajetória diversas construções interessantes, que a colocam entre as mais importantes cidades históricas do país.

O marco mais importante de Natal é o Forte dos Reis Magos (também conhecido como Fortaleza), que foi erguido no final do século XVI para proteger o local de invasões de piratas estrangeiros.

Foi projetado em formato de estrela e até hoje apresenta seus imponentes canhões de aço. É possível visitar o interior desse prédio histórico, que tem esse nome em função do dia em que teve início a sua construção: 6 de janeiro de 1598, dia de Reis Magos.

Na região central de Natal, existe uma bela Catedral Metropolitana e o Instituto Câmara Cascudo, que homenageia esse grande historiador e folclorista Potiguar.

Outras construções históricas que merecem uma visita são o centenário Teatro Alberto Maranhão e a Pinacoteca do Rio Grande do Norte, um imponente edifício no estilo neoclássico que já foi a sede do governo do Estado.

Preparando a mala

Como já dissemos, o clima em Natal é quente grande parte do ano. Sendo assim, a montagem de uma mala de viagem para esse destino deve contar com peças leves e confortáveis.

Como passear envolve caminhar bastante, escolha calçados abertos, como sandálias e chinelos.

O sol bate forte o dia todo em Natal, então, leve um protetor solar com fator acima de 30. Para as crianças, o recomendado é aplicar produtos com fator de proteção maior do que 50.

Fique atento para passar novamente o protetor quando os pequenos saírem da água. Mesmo em dias nublados, o mormaço também requer esse tipo de atenção constante.

Outro cuidado com as crianças é levar na mala uma pequena “farmácia”, com materiais de primeiros socorros (gaze, antisséptico, curativos etc.) e os medicamentos que estiverem sendo administrados naquele período.

Vale lembrar que as bagagens despachadas devem pesar, no máximo, 23 kg. Já a mala de mão, que todo passageiro tem o direito de levar sem custos na cabine do avião, precisa ter o peso de até 10 kg.

Por segurança, dentro da aeronave produtos de higiene pessoal (shampoo, cremes, pasta de dente, perfumes e outros líquidos) devem estar armazenados em frascos transparentes de 100 ml.

Caso algum item da sua bagagem seja proibido de embarcar, os agentes de segurança dos aeroportos podem confiscar e descartar o produto.

Para não correr riscos, sempre confira a lista de objetos que não podem ser levados em voos nacionais e internacionais.

Garanta a sua passagem para Natal

Percebeu a quantidade de motivos para viajar para a capital do Rio Grande do Norte. Essa bela “Cidade do Sol” tem tudo para fazer das suas férias as melhores de todos os tempos.

Quer saber das melhores ofertas de passagem para Natal? Faça uma busca agora no nosso site e garanta boas oportunidades para embarcar na sua próxima aventura.