Vai viajar para Fortaleza? Já sabe quais são os principais pontos turísticos que a cidade oferece?

Fortaleza tem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes e uma cultura tipicamente litorânea. Famosa pelas praias, pelas festas e por sua gente bem-humorada e receptiva, a capital do Ceará recebe um número gigantesco de visitantes durante todo o ano.

E não são só os brasileiros que querem fazer uma viagem para Fortaleza. De janeiro a novembro de 2016, segundo a Secretaria Estadual de Turismo do Ceará, foram registrados mais de 100 mil desembarques internacionais no aeroporto Pinto Martins.

A cidade oferece atrações e pontos turísticos variados, desde praias badaladíssimas até museus e centros de cultura e arte.

Veja neste post as nossas 15 sugestões e não deixe de incluir algumas (ou todas!) em seu roteiro de férias em Fortaleza.

1. Avenida Beira-Mar

Se você gosta daquele clima de beira-mar, sentir a brisa no rosto e fazer uma caminhada apreciando o horizonte, a Avenida Beira-Mar é o lugar certo.

Localizada no quadrilátero mais valioso de Fortaleza, essa avenida reúne os principais e mais luxuosos hotéis da cidade, além de excelentes bares e restaurantes. É também o ponto de encontro de patinadores, skatistas e amantes dos esportes em geral.

Com pouco mais de 50 anos, a avenida recebeu os nomes de Getúlio Vargas e Presidente Kennedy antes de ganhar por definitivo o nome atual. Nela está a estátua de Iracema, obra do escultor Corbiniano Lins em homenagem aos 100 anos do maior escritor cearense, José de Alencar.

Outra parada obrigatória é a Feira Beira-Mar, que existe desde 1980 e é um dos melhores locais para comprar presentes, artesanato e peças que traduzem bem a cultura nordestina.

Ainda na avenida, no bairro do Mucuripe, é possível conhecer o novíssimo Mercado dos Peixes, local ideal para degustar pratos feitos com peixes e frutos do mar.

2. Praça José de Alencar

Se há um nome que você verá com muita frequência em Fortaleza é o de José de Alencar. O famoso escritor do Ceará dá nome a diversos estabelecimentos comerciais e até a uma praça.

A Praça José de Alencar foi construída no final da década de 1920 e é uma das mais antigas de Fortaleza. E claro que nela não podia faltar uma estátua do criador do romance Iracema.

A praça é nacionalmente conhecida por ser cenário de gravações como Iracema, O Sertanejo, O Gaúcho e O Guarani. Também é ponto de encontro de artistas de rua, ambulantes, jovens e famílias.

3. Theatro José de Alencar

Também com o nome do escritor mais querido do Nordeste, o Theatro José de Alencar é uma das construções mais visitadas por turistas que estão em Fortaleza. Tem uma agenda cultural bastante agitada e está em funcionamento desde 1910, ano de sua inauguração.

A fachada já impressiona, mas nada comparado ao seu interior, que conta com estrutura metálica escocesa, vitrais coloridos, pintura no teto e um jardim projetado por ninguém menos que Burle Marx.

Durante a sua estadia, confira nos jornais locais se haverá alguma apresentação interessante e divirta-se. E, se quiser conhecer melhor o interior do teatro, agende uma visita guiada oferecida gratuitamente. O passeio dura em média uma hora.

4. Mercado Central

Você pode pensar que todo Mercado Central é igual. Bancas de verduras, temperos, carnes, bares… Porém, sendo parecido com um shopping, o Mercado Central de Fortaleza reúne tudo que se pode encontrar em estabelecimentos desse tipo e muito mais.

Inaugurado em 1998 (o prédio, porém, é de 1809), conta com aproximadamente 500 lojas distribuídas em cinco pavimentos. Lá você encontra uma variedade surpreendente de artesanato (ótima opção para lembrancinhas), diversos tipos e sabores de cachaça, artigos em couro, como calçados e bolsas, toalhas, redes, roupas de bebê e artigos alimentícios de diversos gêneros.

Se sua intenção não é ir às compras, o Mercado Central também é uma excelente alternativa para comer um bom tira-gosto nordestino, tomar uma bebida e ouvir o que o Nordeste oferece de melhor em música.

5. Praia de Iracema

Para que Ipanema se você tem Iracema? A praia batizada em homenagem à “virgem dos lábios de mel”, como escreveu José de Alencar, é um dos cartões-postais de Fortaleza.

Parte dela foi aterrada e hoje é um dos principais locais para grandes eventos na cidade. Procurada pelos surfistas por suas ondas agitadas, a praia de Iracema oferece um pôr do sol incrível.

6. Espigão e Ponte dos Ingleses

É na praia de Iracema que ficam dois dos principais pontos turísticos do Ceará. O Espigão é uma estrutura de concreto e madeira que avança sobre as águas da praia, propiciando uma vista deslumbrante (principalmente do pôr do sol) e uma boa opção para caminhadas ao ar livre, fotos e momentos de contemplação.

Já a Ponte dos Ingleses, além da vista belíssima, conta um pouco da história do Ceará. Construída no século XX, o local foi largamente utilizado para atividades portuárias antes da inauguração do Porto do Mucuripe, principal ponto de chegada e escoamento de mercadorias no Ceará. Hoje, o local é bastante visitado por grupos de amigos e casais.

A estrutura é uma amarração de madeira que possibilita ver o mar abaixo dos pés. O local também abriga o Núcleo de Proteção dos Golfinhos e uma Torre de Observação de Cetáceos.

7. Centro de Arte e Cultura Dragão do Mar

Cultura, arte e modernidade. Tudo isso é possível encontrar no Centro de Arte e Cultura Dragão do Mar, ou apenas Dragão. Localizado onde foi funcionava a primeira Organização Social do Brasil na área da Cultura, o Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), o Dragão do Mar recebe mais de 1,5 milhão de visitantes por ano.

O nome foi em homenagem a Francisco do Nascimento, jangadeiro e pescador que lutou pela abolição da escravatura no Ceará.

O local conta com salas de teatro, cinema, espaços para exposições, apresentações artísticas, festas, além do Museu de Arte Contemporânea, o Museu da Cultura Cearense, um Planetário, biblioteca, área verde e outros espaços dedicados à arte e à cultura.

A vida noturna também é agitada no Dragão. Com cafeterias, restaurantes e bares ao ar livre, o local recebe turistas e moradores locais, especialmente para o happy hour. O Dragão do Mar fica na praia de Iracema.

8. Museu do Ceará

Quer se aprofundar na história do Ceará? Conheça então o Museu do Ceará, no centro de Fortaleza. Inaugurado em 1871, o local abriga um grande acervo de peças como artigos pessoais de Padre Cícero e Lampião, o Bode Ioiô, a primeira planta da cidade etc.

Uma exposição dividida em oito temas conta a saga do estado cearense ao longo da história, passando pela cultura indígena, pela escravidão e abolição até os dias atuais.

O Museu do Ceará fica aberto de terça-feira a sábado.

9. Museu da cachaça

Continuando o passeio pelos museus, vamos ao Museu da Cachaça. Ele fica na região de Maranguape e é bastante procurado.

O museu oferece visitas guiadas para apresentar o processo de funcionamento da fábrica e a história da cachaça mais famosa por lá, a Ypióca.

Bem próximo ao museu está o iPark, um lugar que oferece atividades ligadas à natureza e também pertence ao grupo Ypióca.

10. Sorveteria 50 sabores

Se você for muito fã de sorvete, com certeza já deve ter experimentado mais de 50 sabores. Mas duvido que tenha visto todos eles disponíveis em uma única sorveteria. Pois em Fortaleza você vai ver!

Nada melhor do que sorvete para se refrescar do calor nordestino, não é mesmo? Na 50 Sabores, um dos estabelecimentos tradicionais da capital do Ceará (com mais de 30 anos), você encontra, apesar do nome, muito mais que 50 sabores de sorvete. Quem já visitou afirma que são todos deliciosos.

Além dos tradicionais, há sabores exóticos como tapioca, bacuri, buriti, sapoti, seriguela e muitos outros.

A 50 sabores está em vários pontos da cidade. Um deles é em frente à feira de artesanatos da Avenida Beira-Mar.

11. Quinta do Caranguejo

Seguindo a rota da culinária nordestina, a Quinta do Caranguejo é um evento tradicional que reúne moradores locais e muitos turistas.

Localizado na Praia do Futuro, o estabelecimento que leva o nome de Chico do Caranguejo promove às quintas-feiras a “Quinta do Caranguejo”.

Além de um delicioso caranguejo temperado e acompanhado de molhos e farofa, a casa apresenta shows de humor e música ao vivo.

Funciona durante o dia e de noite. Mas, às quintas, o espaço é superdisputado e, às vezes, se houver programação especial, a entrada pode ser cobrada.

12. Praia do Futuro

Para muitos, é a melhor localização de Fortaleza. Se não é a melhor, certamente é a mais famosa. Suas barracas à beira-mar são uma atração à parte. O mar verde e as ondas fortes são atrativos para turistas e nativos que curtem esportes como kitesurf e surf. A praia do Futuro fica a 10km do centro de Fortaleza e tem cerca de 30km de extensão.

Ela conta com grandes barracas que oferecem estrutura completa aos visitantes: sombra, cadeiras, porções, pratos típicos de praia e bebidas. Algumas dispõem de piscina, salão de beleza e escorregador para as crianças. Entre as principais, pode-se destacar a Crocobeach, Vira Verão, Vila Galé, Itapariká, Terra Sol e o já citado Chico do Caranguejo.

O legal é que as barracas também funcionam durante a noite. Aqui a indicação é: chegue cedo, pois o local costuma ficar lotado durante todo o dia e de noite.

13. Beach Park

O maior parque aquático da América Latina está em Fortaleza. O Beach Park é um complexo turístico que fica a 15 minutos do centro da cidade e conta com atrações para toda a família, das crianças aos mais velhos.

O parque se situa às margens do Porto de Dunas e conta com chafarizes, tobogãs (alguns do tamanho de um prédio de 14 andares), piscinas, ondas artificiais, saunas e muitas outras atrações espalhadas nos mais de 35 mil metros quadrados do parque. Lá, também é possível curtir aquele clima de praia com barracas e restaurantes à beira-mar.

Do lado de fora do parque, os turistas podem visitar a Vila Azul do Mar, um boulevard onde funcionam bares, sorveterias, restaurantes, espaços para crianças, lojas de artesanato e produtos exclusivos do parque. O local ainda oferece apresentações artísticas, espetáculos de dança e outras atividades.

14. Fortaleza Nossa Senhora da Assunção

Ir em Fortaleza e não visitar um forte é incoerência. A Fortaleza Nossa Senhora da Assunção deu origem à capital do Ceará e assistiu toda a história da cidade, permanecendo até os dias de hoje para guardar a memória.

Construída em 1649, época da segunda invasão holandesa no Brasil, teve como primeiro nome Forte Schoonenborch e, após a retomada da região pela Coroa Portuguesa, foi batizada de Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção. Atualmente, o local é sede da 10ª Região Militar do Exército.

Aberta ao público para visitas guiadas, a fortaleza fica na margem esquerda do Rio Pajeú, no centro da cidade. Aproveite e conheça também a Catedral Metropolitana de Fortaleza. É uma das construções mais antigas do Nordeste e fica bem perto do forte.

15. Arena Castelão

Antes de 2014 ele já era o maior e mais conhecido estádio de futebol do Ceará. Após as reformas para a Copa do Mundo do Brasil, a Arena Castelão se transformou em uma das principais atrações turística de Fortaleza.

Lá dentro há um espaço cultural que conta um pouco da história do estádio. Mas, se você tiver a chance, vá ao Castelão em um dia de jogo. O clima da torcida é espetacular.

Com certeza sua impressão sobre a capital do Ceará mudou depois de ver tanto lugar bacana para conhecer, não é mesmo? Agora você pode comprar as passagens e agendar um hotel sem medo de não encontrar boas opções de entretenimento na sua viagem para Fortaleza.

Com tanta atração turística, talvez seja preciso reservar uns dias a mais, o que acha?

Agora, faça com que mais pessoas conheçam a Fortaleza que você descobriu aqui. Compartilhe nas redes sociais as nossas sugestões de passeios na maior capital do Nordeste e boa viagem!