A capital do Espírito Santo tem 467 anos de história, paisagens surpreendentes e uma gastronomia de dar água na boca. Os pontos turísticos e atrações culturais complementam a experiência do turista.

A cidade oferece um misto de bagagem histórica, modernidade e qualidade de vida. Apesar de se tratar de uma capital, apresenta o ritmo tranquilo de uma cidade de interior e preços justos. Se você quer um destino tranquilo e diferente dos mais comuns, continue a leitura e garanta já a sua passagem para Vitória!

Características da cidade

Vitória é uma das três únicas ilhas-capitais brasileiras — Florianópolis, em Santa Catarina e São Luís, no Maranhão são as demais. O município é composto por um arquipélago de 34 ilhas e por uma porção continental. Ao todo, são 93,34 km² de extensão territorial. O acesso ao continente é feito por sete pontes e a paisagem encanta os visitantes, independentemente se chegaram de avião, de navio ou por via terrestre.

A cidade está cercada pela Baía de Vitória e pelos rios Santa Maria, Bubu, Marinho e Aribiri. Além disso, a geografia conta com ilhas, enseadas, encostas, mangues e praias. A gastronomia ganha destaque com os pratos típicos e doces. Os serviços também estão sendo aprimorados para receber ainda melhor o turista.

História de Vitória

O Estado do Espírito Santo foi fundado 34 anos após o descobrimento do Brasil. Os portugueses buscavam um lugar seguro para se protegerem dos ataques entre índios e estrangeiros, principalmente holandeses e franceses. Exploraram a região e aportaram em Santo Antônio. Em 1951, os portugueses venceram uma batalha contra os índios Goitacazes e, devido ao fato, nomearam o local de Ilha de Vitória.

A cidade tem 467 anos de história e devido ao seu crescimento ganhou importância no cenário brasileiro. O Produto Interno Bruto (PIB) é o maior do estado e o 33º do Brasil. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM) é considerado muito alto. A capital é considerada uma cidade para o trabalho, mas a procura turística também tem o seu destaque. As praias e temperaturas altas atraem visitantes ao litoral durante todo o ano.

Além das belezas naturais e cultura local, a cidade apresenta um crescimento que a eleva a um patamar de destino em ascensão. Costuma ser escolhida para a realização de eventos e negócios, com infraestrutura ideal para a prática de esportes náuticos.

Curiosidades

  • Vitória é a segunda capital do Espírito Santo — a primeira foi Vila Velha;
  • Foi fundada em 1551, mas apenas em 1927 foi construída a ponte que liga a ilha ao continente;
  • A cidade também é conhecida como Ilha do Mel;
  • Vitória fica a 20 quilômetros de Cariacica e 7 quilômetros de Vila Velha, duas cidades importantes da região;
  • Guarapari fica a 49 quilômetros de distância de Vitória.

Localização

Vitória está localizada na região sul do Espírito Santo, no sudeste brasileiro. O território é dividido em 8 regiões administrativas:

  • Zona Sul (Centro);
  • Zona Leste (Praia do Canto);
  • Zona Norte (Continental);
  • Zona Oeste (São Pedro);
  • Jardim Camburi
  • Santo Antônio;
  • Jucutuquara;
  • Maruípe.

A cidade tem 79 bairros distribuídos pela ilha e região continental. Os bairros mais carentes ficam na região oeste: Nova Palestina, São Pedro, Resistência e Estrelinha. Já os bairros mais nobres estão ao norte e ao leste. São eles:

  • Jardim da Penha;
  • Praia do Canto;
  • Bento Ferreira;
  • Mata da Praia
  • Barro Vermelho;
  • Jardim Camburi;
  • Enseada do Suá;
  • Ilha do Frade;
  • Ilha do Boi.

A região metropolitana é composta por outros 6 municípios: Cariacica, Guarapari, Fundão, Serra, Vila Velha e Viana. Essa área tem população estimada de 1,9 milhão de habitantes. O destino também é bem localizado e tem fácil acesso para capitais próximas, como Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. E quem vem de outras regiões do país não encontra dificuldade, porque o lugar recebe diversos voos e tem boa estrutura de rodovias para receber os visitantes.

Como chegar

O estado do Espírito Santo é acessível por diversos meios de transporte. Cada modalidade tem a sua particularidade, mas devido à riqueza geográfica, voar sobre a cidade proporciona uma vista privilegiada. Para quem gosta de viajar e admirar a paisagem, essa é a melhor opção. Veja as principais formas.

Avião

Aeroporto Eurico de Aguiar Salles recebe voos domésticos de todas as cidades brasileiras. A maioria dos voos tem escala, mas há alguns diretos de Belo Horizonte, São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Brasília, Ilhéus e Fortaleza. O acesso é feito de carro, táxi e ônibus. Ele está a 10 quilômetros do centro da cidade e 12 quilômetros do centro de convenções.

Ônibus

Quem opta pelo transporte rodoviário deve chegar ao Terminal Rodoviário de Vitória — Carlos Alberto Vivácqua Campos, localizado na Ilha do Príncipe. As principais empresas que operam são: Itapemirim, Águia Branca e São Geraldo. O terminal tem lanchonetes, banheiros e tomadas para uso dos passageiros.

Carro

A principal rodovia de acesso é a BR-101 e a sinalização ajuda na orientação dos motoristas. De Belo Horizonte, a maior parte do percurso é feita pela BR-262. São cerca de 544 quilômetros de distância. Já quem vem da Bahia, o trajeto atravessa todo o litoral, pela BR-101, no sentido norte-sul.

A mesma rodovia é utilizada por quem vem do Rio de Janeiro, porém no sentido sul-norte. A distância é de aproximadamente 533 quilômetros. Para melhorar o percurso, opte por entrar em Guarapari para ter acesso à Rodovia do Sol, que tem pista dupla e pedágio, mas oferece uma vista panorâmica do litoral. E quem deseja fazer a travessia de Vila Velha a Vitória precisa acessar a Terceira Ponte.

Trem

O Espírito Santo é um dos poucos estados brasileiros que utiliza ferrovia para transporte de passageiros. É possível fazer o trajeto Minas-Vitória pela estrada de ferro administrada pela empresa Vale. Apesar de longa —13 horas de duração —, a viagem é bastante agradável devido às belas paisagens do caminho.

Esse trem é o único em atividade que realiza viagens de longa distância diariamente no país. A principal estação ferroviária do Espírito Santo é a Pedro Nolasco, no município de Cariacica.

Clima

Vitória está inserida em uma região tropical, com temperaturas médias anuais de 23º C. As chuvas são mais frequentes entre os meses de outubro e janeiro. Evite o mês de novembro, pois é o que tem a maior incidência de chuvas.

No inverno, há uma grande variação de temperatura. Por isso, recomenda-se aos turistas que se preparem para dias quentes e dias frios. Sempre leve um agasalho na bolsa para eventuais necessidades.

Frio e calor

No verão, as temperaturas vão de 23º C a 30º C, já no inverno varia entre 18º C e 26º C. Durante todo o ano, Vitória recebe turistas, mas a procura é maior no verão. O litoral capixaba fica bastante movimentado no período de férias, finais de semana e feriados prolongados. A Praia de Camburi atrai visitantes com shows e eventos esportivos.

Quem gosta do clima mais friozinho, pode explorar a região serrana do Espírito Santo. Cidades como Domingos Martins e Pedra Azul são visitadas tanto por capixabas quanto por turistas. O clima ameno e a culinária italiana são os principais atrativos.

Mas para quem gosta de acampar e explorar a natureza, é possível ir ao município de Pedra Menina e conhecer o Parque Nacional do Caparaó. Trilhas, picos, poços, cachoeiras e vales compõem a geografia do parque. É um ótimo passeio para adultos e crianças.

Principais atrações

Praias

As principais praias de Vitória são Camburi, Ilha do Boi, Praia do Canto, Curva da Jurema e Castanheiras. Elas têm quiosques com venda de comidas e bebidas, além de deck de madeira com mesas para o conforto dos clientes. A prefeitura oferece o serviço de guarda-vidas e analisa a qualidade das águas, informando se estão aptas para banho.

As praias de Vila Velha são próximas e também têm um visual bonito: Manguinhos e Praia da Costa. Quem tem disponibilidade de pegar a estrada e explorar o litoral, pode ir até a Guarapari. A cidade tem 52 praias à disposição dos visitantes. Então, se você gosta de praia e tem tempo para conhecer outros lugares fora da capital, confira essas sugestões capixabas:

  • praia da Barra do Sahy, em Aracruz;
  • praia da Areia Preta, no balneário do Iriri, em Anchieta;
  • praia naturista de Barra Seca, em Linhares;
  • praia do Urussuquara, em São Mateus;
  • praia de Barra Nova, em São Mateus;
  • praia do Riacho Doce, em Conceição da Barra;
  • praia de Itaúnas, em Conceição da Barra;
  • praia do Bosque, na Ilha de Guriri;
  • praia dos Padres, em Guarapari;
  • praia das Falésias, em Marataízes;
  • praia e lagoa do Siri, em Marataízes.

Passeios culturais

A Cidade Alta é repleta de construções e monumentos antigos. Entre os passeios imperdíveis do Centro Histórico estão a Catedral Metropolitana, a Capela Santa Luzia, a Escadaria Maria Ortiz, o Museu Solar, o Theatro Carlos Gomes e o Palácio Anchieta.

Para completar o passeio, inclua a Pedra do Penedo, o Monumento ao Imigrante e o Mercado Capixaba no roteiro.

Convento da Penha

No município de Vila Velha, há uma atração imperdível: o Convento da Penha. O lugar fica no alto de um morro de 154 metros, cercado por Mata Atlântica. Vans e carros podem ir até o estacionamento, mas também é possível subir a estrada a pé.

Após esse ponto, é preciso subir 365 degraus. Em compensação, a vista panorâmica encanta os olhos. É possível ver Vitória, Vila Velha, a Praia da Costa e o Morro do Moreno lá de cima. E para os religiosos, há missas diariamente, em diferentes horários.

Moqueca na Ilha de Caieiras

Já diz o ditado: “moqueca só a capixaba, o resto é peixada”. Vitória tem vários restaurantes onde você pode saborear a culinária capixaba, mas uma boa sugestão é o restaurante Moqueca do Teresão, na Ilha das Caieiras. O prato é feito na tradicional panela de barro. O sabor é tão único, que a vontade é de levar a panela para casa e cozinhar a moqueca. E isso é possível!

Com as próprias mãos, você pode construir a sua própria panela de barro. Na rua das paneleiras, você encontra as Paneleiras de Goiabeiras, uma instituição onde o turista tem uma imersão completa na cultura do estado. A atividade precisa ser agendada e custa cerca de R$10,00 por pessoa.

Parque Botânico da Vale

Essa é a maior área verde da Grande Vitória: são 33 hectares de Mata Atlântica. O espaço é ideal para uma integração com a natureza, conhecer a fauna local e fazer trilhas. A entrada é gratuita, mas é necessário marcar o horário da visita. Também é possível conhecer o complexo de ônibus.

Chocolates Garoto

Os chocólatras de plantão vão adorar conhecer uma das mais queridas fábricas de chocolate do Brasil. A Garoto fica em Vitória e recebe visita em dias úteis. É importante usar a vestimenta adequada: calça comprida, calçados fechados, blusa de manga, sem acessórios. Os visitantes passam por todas as etapas de produção, além de degustar o chocolate.

Vida noturna

Como as cidades da Grande Vitória ficam próximas, é possível conhecer várias em um mesmo dia. À noite, a região do triângulo fica bastante movimentada, pois reúne os melhores bares e restaurantes.

Passeios alternativos

Além dos pontos turísticos, é possível praticar o turismo de experiência. Veja algumas sugestões:

  • caminhar no calçadão e na Praia de Camburi;
  • visitar o Santuário Basílica de Santo Antônio;
  • conhecer o parque Pedra da Cebola;
  • ver o pôr do sol na Praça do Papa.

Como preparar a bagagem na sua passagem para Vitória

As temperaturas altas são constantes durante todo o ano, por isso um bom protetor solar é indispensável. Mas o clima também pode surpreender, especialmente no inverno. O agasalho também precisa ter espaço na mala.

E para o dia a dia use uma mochila, ela será muito útil nos passeios a pé pela cidade. Lembre-se de colocar uma garrafa de água para a hidratação.

Com todas essas informações, fica fácil encantar-se com Vitória. O contraste de suas construções coloniais com edifícios modernos, o litoral com o clima interiorano, a cultura, a gastronomia e a tranquilidade da cidade são os principais motivos para visitá-la.

Para ter uma viagem mais rápida e segura, opte por viajar de avião. Seguindo essas orientações, a sua passagem para Vitória será inesquecível!

Ficou animado? Então, entre em contato conosco e encontre o melhor voo para Vitória!