Viajar mundo afora e conhecer novas culturas é muito mais do que uma simples atividade de lazer. As aventuras que podemos viver em um destino turístico nos fazem crescer como pessoas, já que acumulamos histórias e experiências que lembraremos para sempre.

Mesmo que a diversão e o relaxamento sejam as principais obrigações de um viajante, existe uma série de cuidados que qualquer pessoa deve tomar para que a viagem seja a melhor de sua vida.

Entre comprar passagens aéreas, reservar hospedagens e escolher passeios, o turista deve saber como vai transportar o dinheiro para cobrir os gastos diários das férias.

Quando o local a ser visitado fica fora do Brasil, então, esse cuidado deve ser redobrado, já que as variações do câmbio podem aumentar muito os custos da empreitada.

Você já ouviu falar do travel money? Neste conteúdo vamos contar como esse tipo de serviço traz segurança e comodidade em viagens para outros países, já que livra o aventureiro de carregar grandes somas de dinheiro vivo. Boa leitura!

O que é um travel money?

O serviço de travel money, também conhecido como travel check ou dinheiro de viagem, é um cartão pré-pago que o cliente pode abastecer com moeda estrangeira. Depois, é possível sacar esse dinheiro durante a viagem em milhares de pontos espalhados pelo planeta.

A cotação do câmbio é fixada no dia da compra, então, o valor do seu saldo na moeda escolhida não varia. Por exemplo: uma pessoa vai para Portugal daqui a 3 meses e compra mil euros pagando em reais o preço do dia da divisa europeia. Quando o viajante for usar o cartão no exterior, o seu crédito será o mesmo, não importando a variação cambial.

Em geral, o cartão tem validade de alguns anos e pode ser utilizado enquanto existir saldo e ser recarregado até pela internet. As operadoras desse tipo de produto oferecem atendimento em tempo integral, inclusive, para o bloqueio em caso de perda ou roubo.

Devido a essas facilidades, o travel money é considerado uma das maneiras mais seguras de transportar dinheiro em uma viagem internacional, seja a turismo ou a trabalho.

Protegido por senha, o seu uso é igual ao de um cartão de débito, podendo até ser utilizado para pagar contas em restaurantes e lojas. Confira a rede conveniada do produto que você pretende contratar.

Onde consigo um cartão de viagem?

O travel money é comercializado e encontrado em bancos, casas de câmbio, operadoras de valores e agências de turismo. Para adquirir, basta entrar em contato com a empresa de sua preferência e conhecer os detalhes do produto.

Alguns fornecedores emitem o cartão na hora. Caso a compra seja feita em um banco e o usuário seja cliente da mesma instituição, os valores podem ser debitados da conta corrente. Essa modalidade ajuda bastante quem precisar colocar mais dinheiro no travel money durante a viagem, pois existem até aplicativos de celular em que a operação é feita de modo instantâneo.

Também é possível fazer recargas nos cartões de outras empresas, contudo a transação pode demorar algumas horas para ser efetivada, já que você terá que transferir os valores em reais para a operadora. O ideal é o viajante calcular o quanto vai gastar por dia durante a sua aventura ou viagem corporativa e fazer a carga necessária antes de embarcar.

Cada companhia oferece um tipo de cartão de viagem, mas é regra do mercado a cobrança de taxas para cada operação realizada. A porcentagem varia conforme a bandeira escolhida, mas pode ser um valor fixo ou uma pequena porcentagem da negociação em questão.

Como carrego o meu travel money?

Quando o cliente acerta a compra de um travel money, tem que pagar antes à empresa responsável o valor em reais das moedas adquiridas. O câmbio utilizado pelas operadoras é o de turismo, que tem um preço mais alto do que o comercial, então, fique atento para encontrar as melhores cotações.

Digamos que você precisa de um travel money com 2 mil dólares americanos. Sendo assim, deve pesquisar entre as prestadoras desse serviço qual é a cotação da moeda no dia. Caso encontre um valor que esteja dentro do esperado, o cliente precisa pagar o montante em espécie, transferir os recursos da conta corrente ou usar o seu cartão de crédito — não são todas as operadoras que trabalham com essa última modalidade de pagamento.

Para carregar os cartões de viagem existe a cobrança de 6,38% de IOF, que é um imposto sobre operações financeiras. Essa alíquota incide sobre todo o valor gasto em cada negociação com moeda estrangeira em cartão pré-pago.

Depois de feito o crédito, será fornecida uma senha, que deve ser usada para retirar as cédulas nos caixas eletrônicos e para pagar por serviços como um cartão de débito.

Quais moedas são usadas?

Existem produtos das mais variadas divisas, mas, no Brasil, o mercado trabalha com 3 moedas no travel money: Dólar americano, Euro e Libra.

Mesmo que essas não sejam as moedas correntes no seu país de destino, ainda é possível utilizar o cartão de viagem no exterior. Quando o cliente vai até um caixa eletrônico para sacar algum valor, o sistema faz a conversão para o dinheiro local.

Por exemplo: você está numa viagem pelo leste europeu e vai passar por países que usam o Euro como moeda oficial e outros que têm dinheiro próprio, válido apenas em seu território, como a Hungria. Com o travel money é possível tirar cédulas de Florim húngaro das centenas de máquinas de autoatendimento disponíveis nesse belo país.

Cada empresa cobra taxas diferentes por operação de saque e têm sua cotação para moedas estrangeiras. Consulte as regras de uso do produto escolhido.

Onde posso usar o meu cartão?

O travel money pode ser utilizado em todo o planeta, desde que exista um caixa eletrônico na localidade.

Essas máquinas são conhecidas como ATM, e ficam posicionadas em aeroportos, estações, terminais, lojas de departamentos, parques e locais de eventos. Na Europa, nos Estados Unidos, no Canadá e na Ásia é comum existirem caixas eletrônicos até mesmo nas ruas.

O serviço também pode ser usado como um cartão de débito, já que ele é aceito em milhares de bares, restaurantes, atrações turísticas e hospedagens mundo afora. A operação é a mesma que é feita com os cartões aqui no Brasil. Basta digitar o valor e a senha, que montante é debitado do seu saldo.

Antes de consumir qualquer item no estabelecimento, certifique-se que o cartão é aceito no local. Em geral, as bandeiras desse tipo de produto são as mais populares (Visa e Mastercard), que têm uma ampla rede credenciada em todas as partes da Terra.

Consigo sacar dinheiro em outros países?

Com o travel money é possível retirar dinheiro e pagar por serviços em qualquer lugar do mundo. As máquinas do tipo ATM são comuns em centenas de países que fazem parte do sistema bancário mundial.

A operação dos caixas eletrônicos é muito parecida como no Brasil, inclusive as máquinas têm seleção de idiomas. Os mais comuns são o inglês e o espanhol, mas mesmo que o usuário não saiba uma dessas línguas, existem manuais que indicam de maneira fácil como retirar dinheiro em qualquer lugar.

Quando você opta por esse serviço, acaba se livrando de possíveis problemas com transações em casas de câmbio no estrangeiro. Algumas empresas mascaram a cobrança de altas taxas para trocar o dinheiro, trazendo muitos prejuízos aos desavisados. Com o travel money, o cliente sabe exatamente quanto está pagando por cada saque.

Com o seu cartão de viagem em mãos é possível retirar pequenas quantias de cada vez, diminuindo o risco de grandes perdas em caso de roubo ou qualquer outro inconveniente. Ande apenas com o dinheiro necessário para alguns dias, depois reponha os valores suficientes para mais uma etapa e por aí vai.

Em algumas localidades do planeta as casas de câmbio são ambientes visados por ladrões, que ficam à espreita de turistas distraídos para agir. Usando os serviços de travel money o viajante pode buscar locais mais discretos para pegar dinheiro, como centros de compras, supermercados e áreas de alimentação.

Caso a grana tenha acabado de repente, o cartão ainda pode ser usado para pagar os serviços mais variados. Fique de olho nas condições de uso e rede afiliada do produto financeiro que você optar.

Quais são os benefícios desse serviço?

O grande atrativo do travel money é a sensação de segurança e facilidade para transportar dinheiro para o exterior. Apesar de a taxa de câmbio ser mais cara do que comprar moeda em espécie, o viajante não terá que fazer deslocamentos com grandes valores, evitando prejuízos com imprevistos.

A rede de operação desses cartões permite que o cliente retire dinheiro em qualquer parte da Terra, com a comodidade de poder fracionar os saques para suprir necessidades diárias.

Outro grande benefício é o fato de que os seus créditos em moedas estrangeiras estão protegidos no travel money. Em caso de furto, roubo e perda, basta entrar em contato com a operadora do cartão e solicitar o bloqueio imediato. É comum esse produto ter um cartão reserva, que pode entrar em operação a qualquer momento usando uma senha diferente do cartão extraviado.

Caso o seu saldo acabe, fazer uma recarga é muito simples pela internet. Algumas empresas, como os bancos, têm serviços de crédito imediato via aplicativos de celular. Bastam alguns cliques e os valores são adicionados ao seu cartão de viagem.

Como as taxas de câmbio são fixadas no dia da compra da moeda estrangeira, o viajante embarca para a sua jornada sabendo exatamente quanto existe de saldo no seu travel money. Mesmo que as cotações das divisas subam bastante de um dia para o outro, os créditos do serviço de viagem continuam sem variações.

Como mantenho o meu dinheiro seguro em uma viagem?

Quando viajamos para fora do país sempre temos algum receio quanto a segurança da empreitada. Mesmo em nações mais desenvolvidas e com boa qualidade de vida ainda assim existem ocorrências de crimes contra turistas.

O fato é que o aventureiro deve sempre ficar atento quando vai manipular valores em terras longe de casa. Não é aconselhável ficar contando dinheiro nas ruas ou em locais muito movimentados.

Nunca deixe a sua carteira, bolsa ou mochila fora do alcance dos olhos, principalmente em atrações turísticas, bares e restaurantes. Os gatunos estão por toda a parte, sempre atentos às oportunidades que os mais descuidados oferecem.

Quando for retirar dinheiro do seu travel money, procure locais com alguma privacidade ou que você sinta-se seguro. Confira os valores na mesma hora e guarde em um local seguro, como bolsos internos. Caso esteja viajando com a família, distribua as notas entre todas as pessoas, assim o prejuízo em caso de perda ou furto são reduzidos.

Mesmo que o cartão de viagem ofereça a possibilidade de tirar moeda em espécie a qualquer momento, sempre guarde uma quantia de dinheiro para caso de imprevistos. Quem quer deixar alguma verba no hotel, deve sempre escolher o cofre do quarto, evitando a todo custo esconder valores nas malas ou entre as roupas.

Guarde a senha do seu travel money em um lugar seguro, onde você tenha acesso fácil em caso de necessidade. Em hipótese alguma forneça a sua chave de segurança para pessoas que não sejam da sua mais estrita confiança.

As operadoras só garantem a segurança do seu dinheiro caso o bloqueio seja feito logo depois do extravio do cartão de viagem. Caso tenha qualquer problema com o produto, não exite em entrar em contato com a empresa emissora do serviço.

Afinal, vale mesmo a pena usar um travel money?

Como já foi explicado, planejar uma viagem para o exterior usando o cartão pré-pago é a maneira mais segura de levar dinheiro para a sua jornada. A possibilidade de sacar os valores na moeda local abre portas em todo o mundo.

Não corra riscos desnecessários nos momentos que devem ser de felicidade e descoberta. Na sua próxima aventura, procure pelos serviços de travel money e embarque nesse mundo de facilidades.

Será que você já sabe de tudo o que precisa para realizar as férias dos seus sonhos? Leia neste conteúdo como usar o roaming de dados fora do Brasil para mostrar aos seus amigos na internet as melhores fotos da sua jornada.

Qual a viagem ideal para sua famíliaPowered by Rock Convert