Ser recompensado por viajar é algo muito bom, não é verdade? Essa situação pode parecer muito distante da realidade, mas na verdade trata-se de uma das vantagens de viajar de avião.

A partir do momento em que você descobre o que são milhas aéreas e sabe como utilizá-las, viajar será algo tão comum na sua vida que a sensação será de ganhar uma recompensa a cada partida ou chegada.

Quer entender como funciona? Então continue a leitura, tire suas dúvidas e aprenda a viajar mais!

1. Por que devo me informar sobre esse assunto?

Comprar uma passagem aérea barata exige pesquisa: consultar o dia e horário de voo, salvar alertas de desconto e comparar as tarifas das companhias.

Para otimizar o tempo e evitar esse processo, vale a pena conhecer uma forma mais fácil de economizar e encontrar passagens mais em conta: as milhas aéreas. Com essa ferramenta, você verá que viajar é fácil e pode ser mais barato do que você pensa.

Tendência

Apenas 8% dos brasileiros têm cadastro em programas de fidelidade: companhias aéreas, empresas e hotéis. Porém, com as facilidades que o mercado oferece, esse número tende a crescer. Países como Estados Unidos, Reino Unido e Chile têm uma participação mais intensa.

À medida que as pessoas têm acesso a essas informações e utilizam o serviço, ele se torna mais popular. E com essa procura, as empresas realizam mais incentivos, beneficiando todos os envolvidos no processo.

2. O que são milhas aéreas?

Milhas aéreas são um meio de fidelizar o cliente. A empresa oferece a viagem aérea e, ao adquirir o serviço, o passageiro é recompensado com uma pontuação — esses pontos chamam-se milhas.

O objetivo é acumular milhas para depois trocá-las por passagens aéreas. Os programas de fidelidade também ajudam a somar milhas e aumentam as chances de conseguir viagens mais baratas e até gratuitas!

3. Como funcionam?

As milhas são uma moeda de viagem, com elas você pode conhecer novos destinos, visitar seus locais preferidos e até resgatar recompensas. Mas como funciona na prática? Para comprar uma passagem, por exemplo, você terá que fazer uma simulação no site da empresa em que cadastrou o seu programa de fidelidade.

A quantidade de milhas necessárias para realizar uma viagem varia bastante. Os fatores que são levados em consideração são:

  • estado de origem,
  • distância percorrida pelo voo e
  • classe de voo.

Em voos domésticos, isto é, viagens nacionais, a quantidade mínima geralmente é 5 mil milhas, já para as viagens internacionais, o valor fica acima de 10 mil milhas. Porém, as companhias costumam realizar promoções, tornando possível uma viagem com uma quantidade de milhas inferior à padrão.

Em alguns casos também há facilidades no pagamento, como a compra de passagem dividida: dinheiro e milhas. Por isso é importante ler o contrato do serviço com bastante atenção. O documento tira todas as dúvidas e resguarda o usuário em diversas situações.

4. Quais as vantagens?

As vantagens mais conhecidas são o upgrade da classe de voo e os descontos na emissão de uma passagem aérea — é possível até viajar de graça! Mas as milhas também podem ajudar a conseguir melhores horários em voos, preterição de embarque, serviços exclusivos ou assentos mais confortáveis.

Em algumas situações, você pode adquirir serviços associados a um custo muito baixo ou igual a zero: aluguel de veículos, hospedagem e muito mais.

Quando há uma promoção extremamente vantajosa, vale a pena comprar pontos para reservar a viagem de férias ou até uma viagem de rotina ou emergencial. Acompanhe as novidades para não deixar essa oportunidade passar despercebida.

Em alguns casos, é possível conseguir até 200% a mais, valorizando o seu saldo de milhas. Entretanto, fique atento à validade, pois normalmente o período de uso é bem curto.

5. Como conquistar milhas aéreas?

Normalmente o acúmulo de pontos acontece de três formas:

  • distância viajada;
  • preço da passagem;
  • classe de voo.

Cartão de crédito

Uma das formas mais comuns de acumular milhas é através da compra pelo cartão de crédito. Cada operadora tem a sua forma de recompensa, mas geralmente o usuário é beneficiado com milhas em dobro a cada compra. Portanto, se você deseja pontuar mais, dê preferência ao pagamento em cartão mesmo tendo dinheiro em espécie.

Trata-se apenas de uma moeda diferente (digital). Você pagará o mesmo valor, terá a possibilidade de parcelar e programar a data do pagamento, além de acumular pontos no seu programa de fidelidade.

Compra de pontos

Muitas vezes, o viajante tem uma pontuação muito próxima à necessária para realizar uma viagem, mas como o saldo é insuficiente não consegue emitir a passagem. Para prevenir e evitar esse problema, existe a opção de comprar pontos. Ela é bem simples, funciona como a assinatura de uma revista.

Você escolhe um valor fixo que corresponde a uma quantidade de milhas e paga de uma única vez ou escolhe um valor mensal para ser debitado da sua conta bancária ou cartão de crédito.

Dessa forma, além de manter seu programa ativo, você pode acumular pontos de variadas formas. E ainda há a possibilidade de contratar a assinatura pelo cartão de crédito, o que resulta no acúmulo de pontos em dobro. Ou seja, você ganha das duas formas.

Compras do dia a dia

Você sabia que pode acumular pontos e milhas sem esforço? As companhias aéreas têm parcerias com empresas que fazem parte da sua rotina e talvez você nem saiba.

Os gastos com supermercado, abastecimento de combustível, farmácia, compras em lojas online e até aquele cafezinho diário podem ser transformados em recompensas para viajar. Informe-se com a companhia aérea quais são as empresas com as quais ela mantém parceria e explore todas as possibilidades para acumular milhas!

Plataformas de negociação

Outra forma de ter um melhor proveito das suas milhas é utilizando-as em plataformas especializadas na compra e venda de milhas aéreas. Trata-se de empresas que administram suas milhas de forma a valorizar o seu saldo e até conseguir uma renda extra.

É uma boa alternativa para impedir o vencimento das milhas e utilizar o serviço de forma mais vantajosa, seja utilizando o serviço ou seja disponibilizando o seu saldo para que outras pessoas emitam passagens e você seja remunerado por isso.

Mas lembre-se de que essa é a apenas uma possibilidade, não é necessário utilizar a plataforma como rotina. Afinal de contas, as milhas são fruto do seu investimento e ninguém melhor do que você para decidir a forma ideal de utilizá-las.

6. Por onde começar?

Participar de um programa de milhas é muito simples. Basta acessar o site da empresa e realizar um cadastro com os dados pessoais. Vale lembrar que cada companhia tem um programa diferente, então se quiser comparar o serviço antes de escolher qual o ideal, faça cadastros nos sites das empresas que deseja avaliar.

À medida que for usando, avalie os prós e os contras para depois definir a sua escolha. Alguns viajantes gostam de manter programas de milhas em diferentes companhias aéreas.

7. É melhor concentrar tudo num programa ou acumular em vários?

Como o objetivo das milhas aéreas é fidelizar os clientes, o ideal é concentrar toda a pontuação em um único programa. Mesmo quem viaja muito deve escolher apenas um programa de fidelidade para alimentar.

Dessa forma, fica mais fácil acumular milhas e desfrutar das vantagens que a empresa oferece aos clientes. Porém, se você ainda não sabe qual o programa que se relaciona melhor com as suas necessidades, pesquise e experimente por alguns dias o serviço das empresas que deseja conhecer.

Nada como a experiência de usuário para definir a sua escolha.

Em algumas ocasiões pode não ser vantajoso comprar apenas por uma companhia, como quando os preços estão muito elevados. Mas quem viaja com frequência minimiza esse efeito pontual em prol das vantagens alcançadas com os programas de fidelidade. É possível, por exemplo, adquirir passagens gratuitas e recompensas como upgrade na classe de voo e embarque antecipado. Ou seja, é um investimento que traz um bom retorno.

8. Como trocar milhas aéreas?

A quantidade de milhas necessárias para um voo não é fixa. Assim como o valor das passagens aéreas, as milhas variam bastante. Dependem do destino escolhido, do tipo de voo (doméstico ou internacional) e da época do ano.

Mas também existem promoções para a compra de milhas a preços mais acessíveis, o que pode favorecer o saldo do viajante. Com saldo maior fica mais fácil de trocar as milhas.

Antes de realizar a troca, pesquise sobre promoções e faça simulações no site da empresa. Quando achar uma opção que se encaixa com o seu objetivo de viagem, faça o login com os seus dados de cadastro e escolha a opção de compra com milhas. Ao finalizar a compra, confirme o tipo de pagamento com milhas e pronto, terá a sua passagem garantida.

As plataformas apresentam uma boa experiência de navegação, portanto, você não terá dificuldade ao efetuar as trocas. Veja algumas curiosidades sobre esse tema:

  • os voos nacionais costumam ser mais acessíveis que os internacionais, mas há ocasiões onde a passagem para o exterior tenha um preço menor do que para um destino nacional;
  • existem promoções que permitem voos mesmo com pouca quantidade de milhas;
  • às vezes o que difere o valor de uma passagem com milhas é apenas a data ou o tipo de voo (direto ou com conexões.

9. Que cuidados devo tomar com esses programas?

Um dos principais cuidados que o usuário deve ter com esses programas é com as regras. Cada companhia tem as suas normas e é muito importante ler os termos de uso com bastante atenção. A duração e as formas como as milhas podem ser usadas podem ajudar ou complicar a sua experiência. Por isso, avalie bem a empresa e o contrato para não ter arrependimentos futuros.

Outro cuidado importante é o acompanhamento da sua conta. Monitore o saldo, as promoções e o prazo de validade. Afinal, de que adianta ter muitas milhas e perder a oportunidade de viajar de graça porque não atentou-se ao período de expiração do serviço? E quando você tem milhas, mas não pode viajar até a data estipulada, o que fazer?

O ideal é vender para um amigo ou conhecido que esteja precisando. Basta emitir a passagem da pessoa na sua conta. O valor que você arrecadar pode ser utilizado de diversas maneiras, inclusive na compra de mais pontos.

10. Qual a diferença entre milhas e pontos?

Cada companhia aérea tem o seu próprio sistema de pontos. Ao se cadastrar, o passageiro já pode ser contemplado com uma quantidade de pontos. É uma prática de boas vindas de algumas empresas.

O incentivo melhora a cada embarque, somando mais pontos. Depois, o saldo pode ser utilizado para a conversão de pontos para milhas aéreas. Com as milhas, você pode comprar passagens aéreas em voos de companhias parceiras da empresa pela qual você adquiriu as milhas.

11. Agora que já sei o que são milhas aéreas, como posso explorar melhor esse serviço?

Como você acompanhou nesse texto, usar milhas é muito fácil. Com a prática é possível extrair vantagens e viajar muito mais. Porém, existem algumas curiosidades sobre milhas que vão facilitar a sua vida. Conheça algumas delas:

  • as empresas costumam oferecer promoções exclusivas para quem participa de seus programas de fidelidade;
  • as companhias aéreas fazem parcerias com outras empresas para ajudar o passageiro a acumular mais pontos;
  • as empresas lançam tickets com valores muito baixos para que o usuário tenha uma melhor experiência de consumo;
  • todas as companhias aéreas brasileiras que operam rotas nacionais têm programas de pontos;
  • você pode acumular milhas ao realizar compras no dia a dia em um cartão de crédito cadastrado no programa de pontos;
  • compras realizadas no cartão de crédito acumulam pontos em dobro;
  • as milhas são intransferíveis, mas o dono pode emitir passagens para outras pessoas;
  • há um prazo para utilização do serviço, ou seja, caso não utilize as milhas no período estipulado pela companhia, as milhas vão expirar.

Viu como esse serviço é útil? Com essas informações você terá mais facilidade para emitir passagens a partir da recompensa por ter voado ou por ter consumido em empresas parceiras de companhias aéreas. Explore todas as possibilidades e desfrute do benefício.

Agora que você já entendeu o que são milhas aéreas, conheça o programa Tudo Azul: ele tem tudo o que você precisa para viajar mais!