Quando o avião sobrevoa o Rio, nos momentos que antecedem o pouso, o viajante já pode admirar da janela o Cristo Redentor, sempre de braços abertos sobre a Guanabara. A paisagem faz os passageiros se sentirem como na canção do maestro Tom Jobim: “Minha alma canta, vejo o Rio de Janeiro, estou morrendo de saudade. Rio, teu mar, praias sem fim. Rio, você foi feito pra mim”.

A “Cidade Maravilhosa” não ganhou esse título à toa, já que continua a encantar visitantes de todo o mundo. As belezas naturais do Rio, aliada a todo o caldo cultural que surge da mistura de etnias nessa metrópole, traz balanço e alegria para as ruas cariocas.

Uma das principais portas de entrada do Brasil, a cidade é a que mais recebe turistas, que buscam suas praias privilegiadas, arquitetura com elementos clássicos e modernos, rede hoteleira e de restaurantes de primeira qualidade, além da tradicional boemia que invade as noites da antiga capital do país.

Está a fim de curtir as melhores férias de todos os tempos? Conheça, neste artigo, todos os motivos para reservar hoje mesmo a sua passagem para o Rio de Janeiro.

Conheça o Rio

Principal cidade do Estado do Rio de Janeiro, tem ligação com os principais aeroportos do Brasil e do mundo. O Rio também tem importância estratégica para a nação, já que grande parte da produção nacional passa pelo seu porto, que fica na região central.

O turismo é um das maiores atividades econômicas da cidade, contudo, a sua capacidade produtiva garante a diversificação dos negócios, o que torna o Rio de Janeiro um dos principais polos de desenvolvimento do país. Hoje, são mais de 6,6 milhões de habitantes, a segunda maior população de uma metrópole brasileira, atrás apenas de São Paulo.

Apesar de a natureza exuberante chamar a atenção por todos os lados, o município tem todos os serviços de alta qualidade de qualquer outra grande área urbana, como hospitais renomados, lojas de grifes e populares, dezenas de shopping centers, bares charmosos, restaurantes estrelados pelo Guia Michelin e hotéis de todas as categorias.

Clima

Como quase toda cidade litorânea do país, o Rio tem temperaturas agradáveis durante as diferentes estações do ano. Conhecido por seu calor que pode passar dos 40ºC no verão, o clima da capital fluminense é ensolarado na grande maioria dos dias, com períodos de chuvas passageiras entre os meses de dezembro e março.

As noites do verão são quentes e muito gostosas para passear à beira-mar, aproveitar os bares das áreas mais boêmias e curtir os cenários de arrepiar dos lugares mais altos do Rio. Os mais motivados encontram nesse horário um ótimo ambiente para a prática de esportes.

Mesmo durante o inverno é muito difícil fazer frio no Rio de Janeiro. Nos meses de junho, julho e agosto, os termômetros, nos piores cenários, dificilmente vão abaixo dos 18ºC.

Saiba mais sobre a história da cidade

Batizada como São Sebastião do Rio de Janeiro, em homenagem ao rei de Portugal a época, as primeiras explorações ao local da cidade tem origem nos anos logo após o descobrimento do Brasil. Sua fundação, contudo, ocorreu apenas no dia 1º de março de 1565, pelo desbravador português Estácio de Sá, que chegou à região com o objetivo de expulsar os invasores franceses, que dominavam aquelas terras há mais de 10 anos.

Com a descoberta de ouro em Minas Gerais, o Rio de Janeiro se tornou o mais importante ponto de ligação da colônia com a Europa. Em 1763, por já ser o principal polo econômico do país, a cidade do Rio de Janeiro, em substituição a Salvador, na Bahia, foi declarada a capital do Brasil. O país, àquela época, começava a diversificar as suas produções, com ênfase na exportação do café e do açúcar.

Em 1808, o Rio entrou de vez para o cenário mundial quando recebeu toda a corte real portuguesa, que fugiu de Lisboa devido ao iminente ataque dos exércitos do general francês Napoleão Bonaparte, que dominava o continente europeu nessa época. A chegada de dom João VI e sua família cambiou de vez a história do Brasil.

Na virada para o século XX, a cidade passou pelas primeiras grandes obras de urbanização, nas quais surgiram avenidas largas, bosques, jardins e parques públicos. Entre os anos 1920 e 1950, o Rio de Janeiro teve sua época de maior prestígio internacional graças à sua beleza natural e arquitetônica, aos cassinos com shows de grandes artistas estrangeiros, além da famosa alegria do povo, expressada no Carnaval. Em 1960, a capital do Brasil foi transferida para Brasília.

Visite as atrações turísticas do Rio

Podemos dizer que a cidade do Rio de Janeiro já é uma atração. A cada caminhada por suas ruas são revelados os encantos, sejam representados pelas montanhas e morros que circundam o Rio ou pela linda vista do mar.

Existem atividades para todas as idades, gostos e bolsos, incluindo muito lazer gratuito. Afinal, andar de bicicleta na orla ou jogar um futevôlei nas areias da praia não custa nada. A seguir, vamos falar sobre as melhores coisas para fazer quando você visitar o Rio de Janeiro.

Cristo Redentor

Talvez o principal cartão-postal do Rio, o monumento do Cristo Redentor fica no topo do Morro do Corcovado, a cerca de 710 metros de altitude. Construído entre os anos de 1922 e 1931, a imagem tem 38 metros de altura, e representa a fé do povo brasileiro.

Todos os anos mais de 600 mil pessoas visitam o Cristo Redentor, que pode ser acessado pelo Trem do Corcovado. A composição sobe o morro atravessando a Floresta da Tijuca, a maior área verde urbana do mundo. A viagem leva cerca de 20 minutos em meio à natureza.

Lá no alto do monumento, o visitante tem a melhor vista de toda a cidade, quando é possível avistar a Baía de Guanabara, as praias de Copacabana e Ipanema, o Estádio do Maracanã e outros pontos turísticos do Rio.

Esse é um passeio imperdível, mas fique atento com o dia da sua visita. Durante a semana os preços dos ingressos, que são vendidos apenas pela internet, são mais em conta em relação aos finais de semana, feriados e na alta temporada.

Lapa

Localizado na região central do Rio, o bairro da Lapa é o lar da boemia carioca e fica aos pés dos imponentes Arcos da Lapa, que foram erguidos para abastecer a cidade de água no período colonial.

Nessa área existem centenas de bares, restaurantes, baladas e casas de shows, que ficam cheias de moradores e turistas de toda a parte. O bacana da Lapa é que todas as culturas se encontram por ali, então, o visitante pode curtir casas que tocam desde o samba raiz, passando por funk, reggae, forró, MPB, e até o rock.

Escadaria Selarón

O que era um escadão mal conservado, que liga os bairros da Lapa e de Santa Teresa, foi transformado pelo artista plástico chileno Jorge Selarón em um dos pontos turísticos mais lembrados do Rio na atualidade. Os turistas adoram fazer muitas fotos na escadaria, que rende bons cliques para as redes sociais.

Selarón usou centenas de peças de cerâmica para enfeitar a passagem, que acabou ficando famosa em todo o mundo quando serviu de cenário para vídeo de artistas famosos, como o rapper Snoop Dogg e a banda irlandesa U2.

O bairro histórico de Santa Teresa lembra do período imperial do Brasil, com casarões e ruas estreitas e sinuosas pavimentadas de pedras. Nessa região existem muitos restaurantes e bares, museus, centros culturais, mirantes com lindas vistas da cidade e o tradicional bondinho, que passeia pelo bairro levando os turistas.

Bondinho do Pão de Açúcar

O complexo do Bondinho do Pão de Açúcar é mais um dos símbolos do Rio de Janeiro. Inaugurado a mais de 100 anos, o passeio é feito a bordo de um teleférico, que chega a elevações de 396 metros.

Formado pelos morros da Babilônia, da Urca e do Pão de Açúcar, os visitantes podem contemplar diversos ângulos da “Cidade Maravilhosa”. O local conta com restaurantes e quiosques, além de um anfiteatro, que com frequência recebe apresentações artísticas.

No “Cocuruto”, os turistas podem conhecer a história do local e ainda conferir as máquinas usadas na operação da atração. Quem compra os ingressos pela internet tem descontos especiais. Também é possível escolher diferentes tipos de experiências, como tour pelos bastidores do Bondinho e bilhetes que evitam filas.

Arpoador

A tradição no Rio manda os visitantes curtirem o pôr do sol nas pedras do Arpoador, que é uma formação rochosa que fica entre as praias de Ipanema e do Diabo.

Esse também é um point de quem gosta de surfe, já que os praticantes costumam aproveitar as ondas fortes da Praia do Arpoador. Bem do lado das pedras existe uma pista de skate no formato de bowl, na qual os amantes dos esportes radicais podem rodar à vontade com uma bela vista do mar.

Praias

A orla carioca é uma das mais disputadas pelos turistas, que querem desfilar pelos calçadões animados das praias mais famosas da zona sul, como Copacabana e Ipanema. A prática de esportes, deliciosos banhos de mar ou apenas ficar estirado na areia são alguns dos atrativos.

Nessas praias também existem muitos serviços interessantes para visitantes, como os tradicionais quiosques e restaurante à beira-mar, que servem bebidas refrescantes e comida da melhor qualidade. Como estamos falando de uma cidade praieira, os pratos são à base de peixes e outros frutos do mar, mas é possível saborear a culinária de toda a parte do planeta.

Para quem gosta de mais sossego enquanto curte um dia na praia, as sugestões são a Prainha e a Praia Vermelha, que têm águas calmas e excelentes para a criançada brincar. Como não são muito extensas, é bom chegar cedo para conseguir um lugar nessas praias.

No sentido Barra da Tijuca, as preferidas dos cariocas são a Praia da Reserva, a Praia da Joatinga e a Praia da Barra da Tijuca, que tem uma grande faixa de areia, com bastante espaço para se divertir.

Museus

Uma cidade com tanta história para contar como o Rio de Janeiro só poderia ter alguns dos melhores museus do Brasil. As coleções das instituições culturais abrangem os períodos pré-históricos até o uso de novas tecnologias para ensinar as futuras gerações.

O mais novo ponto turístico do Rio é o Museu do Amanhã, que fica na zona portuária e que passou por um processo de revitalização antes da Olimpíada, em 2016. O projeto arquitetônico já chama a atenção por suas linhas arrojadas, que foram desenhadas pelo espanhol Santiago Calatrava.

Em seu interior, o museu trata de ciência de um modo bastante interativo, levando aos visitantes a constantes questionamentos sobre o nosso papel do futuro da humanidade. Questões como o desenvolvimento sustentável, o aquecimento global e a poluição do meio ambiente são tratadas de maneira simples e explicativas.

Quem gosta de aprender sobre o passado do Brasil deve colocar no roteiro o Museu Histórico Nacional, que guarda objetos, livros e documentos desde o descobrimento do país. Localizado em uma antiga fortaleza, que começou a ser construída em 1603, o seu acervo tem mais de 258 mil itens da memória nacional.

Já no Museu Nacional de Belas Artes o visitante pode apreciar pinturas, desenhos, esculturas, gravuras, fotografias e os mais diferentes modos de expressão artísticas. Seu conjunto de obras está exposto em um imponente prédio do centro do Rio, que foi inaugurado em 1908.

Preparando a mala perfeita

Como o Rio de Janeiro é uma cidade eclética, ou seja, têm atrações de praia, mas também uma vida cultural cheia de opções, o turista deve preparar suas malas pensando nessa diversidade.

O calor está presente quase o ano todo, apenas com alguns períodos com dias mais frios e chuvosos. A recomendação é investir em peças leves, que possam servir tanto para curtir as praias, como para passear no restante da cidade. Caso a sua viagem seja durante o inverno (junho a setembro), vale a pena levar uma calça e um casaco leve.

O sol brilha forte em grande parte do ano, então os visitantes devem ficar atentos ao cuidado da pele. O recomendado é aplicar produtos com fator 50 de proteção, com atenção especial para as crianças. Sempre renove a camada do protetor após os banhos de mar. Em dias nublados a aplicação também é obrigatória.

Confira os itens que não podem falta na sua bagagem:

  • Shorts;
  • calção de banho;
  • biquíni ou maiô;
  • camisetas;
  • saias e vestidos;
  • chapéus e bonés;
  • óculos escuros;
  • tênis confortável;
  • chinelos e sandálias;
  • protetor solar;
  • kit primeiros socorros (gaze, antisséptico e curativos);
  • boias e protetores solar para crianças;
  • calça e blusa (no inverno).

Garanta a sua passagem para o Rio de Janeiro

A “Cidade Maravilhosa” está de braços abertos para receber a sua família. Existem atividades para todos os tipos de gostos, além de algumas das praias mais bonitas do Brasil estão localizadas “do Leme ao Pontal”. Como o Rio não há nada igual!

Ficou interessado em passar as suas férias na antiga capital do país? Confira no nosso site as melhores condições para garantir a sua passagem para o Rio de Janeiro.