Você e sua família gostam de aproveitar as férias juntos para viajar? Se a sua resposta é sim, um item que nunca pode faltar no planejamento dos seus passeios é o seguro de viagem. Para quem ainda não sabe, esse serviço é tão importante quanto a escolha do destino e a elaboração do roteiro.

Imagine, por exemplo, que você ou um de seus acompanhantes precise de atendimento médico com urgência durante uma viagem pela Europa. Isso não dá para deixar para depois, não é mesmo? Só que um procedimento simples no exterior pode custar uma fortuna para um turista estrangeiro.

Com um seguro de viagem, o beneficiário tem direito ao reembolso de despesas com consultas e compra de remédios, entre outros diversos serviços. Isso vai garantir muito mais tranquilidade e segurança, caso ocorra algum imprevisto durante o passeio, seja ele no Brasil ou em qualquer canto do mundo.

Confira agora os principais tipos de seguro e os motivos para contratar um plano para você e sua família!

Afinal, o que é o seguro de viagem?

Ao contratar esse tipo de serviço, você e todas as outras pessoas seguradas (companheiro ou companheira, crianças e familiares) passam a ter o direito de receber uma indenização, paga como reembolso, referente ao valor de despesas geradas por imprevistos e situações de risco durante a viagem, desde que estejam descritos no contrato firmado com a seguradora.

Por isso, é fundamental ler o documento com muita atenção antes de fechar negócio. Os custos adicionais pode surgir da necessidade de consultar um médico e comprar um medicamento em função de um mal-estar provocado pela ingestão de uma comida diferente, devido ao extravio de malas ou em caso de acidentes etc.

É importante ressaltar que o Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), órgão responsável pelas diretrizes e políticas de seguros privados no país, criou uma nova medida, em vigor desde março de 2016. Ela exige que as seguradoras ofereçam obrigatoriamente pelo menos os seguintes serviços:

  • cobertura de tratamentos médicos, odontológicos e hospitalares em viagens internacionais;
  • despesas com acidentes graves que, porventura, resultem em morte ou invalidez permanente ou total de um ou mais dos beneficiários;
  • custos de serviço de traslado de corpo de outro país para o Brasil (em caso de óbito durante uma viagem);
  • tratamento de doenças preexistentes e crônicas para todos os segurados no período de permanência no exterior.

Observação: nos pacotes contratados para destinos nacionais, esses itens continuam sendo opcionais. Lembre-se também de que o seguro de viagem tem validade apenas no período para o qual foi contratado e só pode ser adquirido com antecedência. Portanto, se durante o passeio você decidir esticar a permanência, não vai mais poder utilizar as coberturas.

Quais são os tipos de assistência disponíveis?

Atualmente, existem várias seguradoras atuando no mercado e oferecendo diversos tipos de planos. Há seguros de viagem individuais (nos quais apenas o contratante tem direito aos benefícios) ou para toda a família. Você também pode encontrar pacotes para diferentes perfis de viajantes.

Além das coberturas obrigatórias determinadas pelo CNSP, como tratamentos médicos, assistência em caso de acidentes graves e doenças preexistentes, alguns seguros oferecem serviços específicos. Conheça alguns deles a seguir.

Cobertura especial para idosos

Hoje em dia, viagem não é uma das preferências apenas de pessoas jovens. Nas últimas décadas, muitos idosos têm envelhecido com qualidade e, com isso, passaram a viajar mais.

Mesmo com uma vida saudável, a idade avançada pode gerar problemas para a saúde e, por isso, o seguro de viagem se torna ainda mais importante para esse grupo de pessoas.

Diante desse risco, alguns pacotes para idosos podem custar mais caro ou ter menos coberturas. Portanto, é bom comparar preços e serviços a fim de encontrar a opção que apresente o melhor custo-benefício.

Assistência garantida para gestantes

Qualquer gestação, por mais tranquila e saudável que seja, requer vários cuidados especiais. Imagine então em uma viagem durante a gravidez! Nesse momento, é essencial que a mulher tenha a garantia de estar assistida 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Afinal, para ela nada é mais importante do que a saúde do seu bebê. Por isso, é essencial prestar atenção às cláusulas do contrato com a seguradora e certificar-se dos seguintes itens:

  • se a gravidez está prevista na cobertura;
  • qual é o período de gestação assistido pelo seguro;
  • existência de atendimento emergencial para a gestante.

Mais segurança na hora de praticar esportes de aventura

Quem gosta de diversão com adrenalina muitas vezes procura destinos onde é possível praticar esportes radicais na natureza. Porém, mesmo com a utilização de equipamentos de primeira qualidade e o apoio de profissionais experientes, o risco de acidentes durante essas atividades não pode ser desconsiderado.

Se esse é o seu perfil de turista, é imprescindível contratar um seguro de viagem que inclua cobertura para a prática de todas as modalidades de esportes de aventura. É preciso fazer uma boa pesquisa, pois, por representar um perigo maior, algumas seguradoras optam por não oferecer assistência nessas situações.

Antes de assinar o contrato, lembre-se ainda de ler atentamente a cláusula de exclusões do documento. Se um determinado tipo de esporte não aparecer na lista, isso não quer dizer que ele será coberto. Nesse caso, converse com o seu corretor e tente negociar a inclusão da modalidade.

Por que contratar um seguro de viagem?

1. Assistência completa durante a viagem

Como já dissemos, imprevistos podem acontecer com qualquer um durante uma viagem, mesmo que ela tenha sido planejada cuidadosamente em cada detalhe. Por isso, é essencial contar com todo o apoio se esse tipo de situação vier a ocorrer. Com o seguro de viagem, você tem a garantia de:​

  • atendimento médico e hospitalar na rede credenciada da seguradora;
  • assistência odontológica no caso de emergências ou acidentes graves;
  • cobertura de gastos com a compra de medicamentos prescritos por profissionais da saúde em decorrência de algum acidente ou problema de saúde gerado durante a viagem;
  • assessoria jurídica para obter reembolso de gastos com a contratação de advogados para resolver casos como envolvimento em acidente de trânsito, por exemplo;
  • assistência para idosos e gestantes;
  • cobertura de acidentes durante a prática de esporte de aventura.

2. Retorno financeiro em caso de extravio de bagagem

Ficar esperando na esteira e sua mala não aparecer. Infelizmente, ninguém, em nenhum aeroporto do mundo, está livre de passar pela dor de cabeça de ter seus pertences extraviados. Esse é um problema muito comum e que gera desconforto e prejuízos.

Mas quando você tem um seguro de viagem, essa situação pode ser menos estressante. Isso porque existem planos que oferecem ao beneficiário a garantia da cobertura de todas as despesas com extravio de bagagem, bem como em caso de danos e furtos.

A empresa contratada também deve ajudar o viajante tentar localizar a sua mala. Tudo o que você precisa fazer é comunicar o ocorrido à companhia aérea e à sua seguradora.

3. Serviço de traslado médico e de corpo

Outro procedimento extremamente caro é o traslado de pessoas sob tratamento médico e de corpos de um país a outro. Claro que ninguém quer que ocorra algo dessa gravidade durante uma viagem, planejada e esperada por muito tempo.

Mas é preciso pensar em todas as possibilidades. Se houver um acidente ou um problema de saúde grave, contar com um seguro de viagem ajuda a, pelo menos, minimizar as dificuldades de lidar com momentos como esses. No caso de falecimento, o seguro oferece o reembolso das despesas com liberação e transporte do corpo até a cidade dos beneficiários.

4. Cobertura para invalidez permanente total ou parcial provocada por acidente em viagem

Além de óbitos, outro quadro gravíssimo que pode ocorrer em função de um acidente é a invalidez parcial ou total da vítima. Essa averiguação só pode ser feita por um médico após a conclusão do tratamento e ao se esgotarem todos os recursos possíveis para a recuperação do paciente.

Após avaliar o grau de invalidez, com base no parecer de um médico, a seguradora pagará ao beneficiário uma indenização correspondente aos valores estabelecidos em contrato.

5. Garantia para cancelamento da viagem

Acidentes, doenças, perda de emprego, problemas pessoais e situações de força maior podem fazer com que você tenha que interromper ou até cancelar um passeio antes mesmo de ele começar. Portanto, na hora de contratar um seguro de viagem, é essencial priorizar pacotes que ofereçam cobertura em caso de cancelamento.

6. “Passaporte” para vários países

Como você já pôde ver, a contratação de um seguro de viagem é muito importante, mas trata-se de um item opcional. Exceto para alguns destinos internacionais! Ao todo, 27 nações europeias exigem do turista estrangeiro esse serviço para permitir que ele entre em seu território.

Esses países fazem parte do chamado Tratado de Schengen, que torna obrigatório que viajantes tenham um seguro com assistência médica. O objetivo de tal acordo é garantir que o visitante vai ter condições de arcar com eventuais custos médicos durante a sua viagem.

Conheça os 27 países que aderiram ao Tratado de Schengen:

  1. Alemanha;
  2. Áustria;
  3. Bélgica;
  4. Bulgária;
  5. Chipre;
  6. Dinamarca;
  7. Eslováquia;
  8. Eslovênia;
  9. Espanha;
  10. Estônia;
  11. Finlândia;
  12. França;
  13. Grécia;
  14. Holanda;
  15. Hungria;
  16. Irlanda;
  17. Itália;
  18. Letônia;
  19. Lituânia;
  20. Luxemburgo;
  21. Malta;
  22. Polônia;
  23. Portugal;
  24. Reino Unido;
  25. República Checa;
  26. Romênia;
  27. Suécia.

7. Sinônimo de economia

Além de garantir mais segurança e tranquilidade para você e sua família aproveitarem o passeio sem a preocupação com possíveis imprevistos, a contratação de um seguro de viagem também permite economizar.

Quer entender como? Pense que você está no exterior e seu filho pequeno pega um forte resfriado em função de uma mudança brusca de temperatura. Mesmo longe de casa, será necessário consultar um médico e, provavelmente, ele vai receitar algum medicamento.

Fora do Brasil, os custos desse tipo de atendimento e da compra de remédios podem ser altíssimos para estrangeiros. Sem um seguro, seria necessário arcar com todos esses gastos do seu próprio bolso, o que poderia comprometer não só o restante da viagem, como as suas finanças pessoais.

8. Facilidade e praticidade na hora do imprevisto

Com um seguro de viagem contratado, você pode acionar uma assistência de onde estiver e a qualquer momento. O serviço funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, e todo o atendimento é feito em português, mesmo se estiver no exterior.

Você só precisar anotar e ter sempre em mãos o número de telefone da central de suporte da empresa contratada para que possa fazer contato imediato e não perca tempo no caso de alguma emergência.

Como saber se está contratando o seguro ideal para você e sua família?

Para selecionar o pacote mais adequado ao tipo de viagem que você está planejando, bem como ao orçamento reservado para o passeio, é preciso analisar alguns fatores.

São eles: o destino escolhido e o objetivo da viagem, a idade de cada um dos viajantes (já que seguros para pessoas mais velhas podem ter um custo maior), o tempo de permanência no local e, claro, o valor que pode ser investido na contratação desse serviço.

A partir dessa avaliação, será possível fechar um bom contrato. Porém, antes de assinar o documento, é necessário ainda prestar atenção em alguns detalhes, como:

  • se o plano oferece todas as coberturas consideradas obrigatórias;
  • os valores estabelecidos para as coberturas contratadas para verificar se eles estão corretos;
  • o prazo para recebimento da indenização, que deve ser de até 30 dias, contados a partir da data de apresentação dos documentos exigidos para comprovar a necessidade de assistência durante a viagem;
  • ler as cláusulas de exclusão do contrato para se inteirar sobre as coberturas que não serão oferecidas ao contratante e os demais segurados.

Viu só como o seguro de viagem é importante e quantas coberturas esse tipo de serviço pode oferecer? Você só precisa pesquisar os planos e ficar atento aos itens incluídos e aos valores cobrados para ter a certeza de estar contratando o pacote que vai atender melhor às suas expectativas e necessidades.

Gostou do nosso conteúdo sobre seguro de viagem? Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Então é só deixar o seu comentário no post para conversar com a gente e obter mais informações!