Conhecida como a segunda maior cidade da Espanha, não é por acaso que Barcelona é um dos lugares mais visitados de toda a Europa.

O local é um destino turístico completo e por lá é praticamente impossível não encontrar o que fazer, nem que seja para passar alguns dias apenas admirando a charmosa arquitetura do município, repleta de monumentos, praças, museus e outras construções importantes.

Como já deu para notar, do ponto de vista arquitetônico a capital da Catalunha é riquíssima.

Nesse sentido, simplesmente não tem como deixar de falar de Antoni Gaudí, um famoso arquiteto responsável por planejar obras importantíssimas de Barcelona, como é o caso da catedral da Sagrada Família, do Parque Güell, da Casa Batló e da Casa Milà (“La Pedrera”).

Para se ter uma ideia, muitas dessas construções atualmente são tombadas como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

No entanto, mesmo com todas essas obras sensacionais, é claro que a cidade de Barcelona não parou no tempo, muito pelo contrário.

O local foi se desenvolvendo cada vez mais com o passar dos anos e hoje é considerado uma cidade bastante moderna, capaz de oferecer uma excelente infraestrutura para os turistas que chegam de todos os lugares do mundo.

Para conhecer um pouco mais sobre a capital da Catalunha e entender o motivo pelo qual o lugar é um dos mais visitados de toda a Europa é só ler este conteúdo até o final antes de planejar o roteiro da sua próxima viagem.

Vamos lá?

O que fazer em Barcelona?

Como Barcelona é a segunda maior cidade da Espanha, ela oferece muitas atrações aos visitantes.

Sendo assim, antes de fazer a sua viagem não se esqueça de colocar na mala uma dose extra de disposição.

Afinal de contas, é impossível ficar parado levando em consideração a quantidade de coisas para conhecer e aproveitar.

Praças, praias, igrejas, museus, monumentos, restaurantes, casas noturnas e bares são apenas algumas das opções disponíveis para quem visita Barcelona.

É importante deixar claro que a maioria das principais atrações da cidade está situada na Ciutat Vella – que no português quer dizer Cidade Velha.

Essa região nada mais é do que o centro, um local repleto de ruas antigas e bastante charmosas.

Caminhar por lá sem pressa e apreciar todas as construções é uma excelente dica para curtir um dia da sua viagem.

Entretanto, como já mencionado antes, há muitas outras opções de lazer em Barcelona, e logo abaixo você ficará por dentro de quais são as principais entre elas.

Fonte Mágica de Montjuïc

A Fonte Mágica de Montjuïc é uma atração bastante famosa da cidade e atrai pessoas de todas as idades.

Simplesmente não tem como não se encantar com o show de cores, luzes, acrobacias aquáticas e música do local.

Criada em 1929 por Carles Buigas, a fonte teve a sua estreia durante a Grande Exposição Universal, que contou com a participação de alguns países, como é o caso da França, Alemanha, Romênia, Dinamarca, Bélgica, entre outros.

Somente para você ter uma ideia da dimensão da fonte, ela possui por volta de três mil jatos de água, bem como um repertório musical muito eclético, para agradar todos os públicos.

Vale ressaltar que a atração da Fonte Mágica acontece em horários diferentes, variando conforme a época do ano.

Na primavera e no verão, que vai do dia 31 de março até o dia 30 de outubro, por exemplo, o espetáculo vai de quinta a domingo, das 21h às 23h30.

Por outro lado, no outono e no inverno, ou seja, do dia 31 de outubro ao dia 30 de março, a atração acontece apenas nas sextas e nos sábados, das 19h às 21h.

Avinguda del Portal de l’Àngel

Quem gosta de fazer compras, precisa separar um tempo da viagem para conhecer a Avinguda del Portal de l’Àngel.

Essa avenida é reservada exclusivamente para pedestres e é um dos melhores locais de Barcelona para gastar dinheiro comprando os mais variados itens.

Na avenida é possível encontrar lojas como Zara, Bershka, El Corte Inglés, Desigual, entre diversas outras.

Portanto, a dica é ir preparado para gastar.

Basílica de Santa María del Mar

Caso goste de admirar a arquitetura, então além de visitar os lugares que já foram citados logo no início deste artigo, vá também até a Basílica de Santa María del Mar.

Localizada em um dos bairros mais interessantes de Barcelona, o El Born, a igreja que possui um estilo gótico começou a ser construída em 1329, mas foi finalizada apenas 57 anos depois, ou seja, em 1386.

O local abre para visitação de segunda-feira a sábado, das 9h às 13h30 e das 16h30 às 20h.

Já nos domingos e feriados, o horário é das 10h30 às 13h30 e das 16h30 às 20h.

Realmente vale a pena separar um tempo para conhecer essa igreja tão incrível, independente da sua religião.

Camp Nou

Gosta de futebol ou pelo menos tem curiosidade de conhecer um estádio de outro país?

Então a principal dica ao ir até Barcelona é visitar o Camp Nou, o maior estádio da Europa e sede do Barcelona Futebol Clube.

Dentro do local é possível conhecer o museu do Barça, além de outras dependências importantes, como é o caso da sala de imprensa, do túnel dos jogadores, da capela, entre vários outros lugares.

Em linhas gerais, a visita dura por volta de uma hora e meia, e é uma experiência incrível, ainda mais se você for viajar com crianças.

Quando ir a Barcelona?

Se você ficou ainda mais interessado em se aventurar pela capital da Catalunha, fique sabendo que não é necessário se preocupar muito com a época do ano para fazer a viagem.

Isso porque a cidade oferece opções de lazer ao longo do ano inteiro para os visitantes.

Apenas é necessário ficar atento ao clima.

Se você não gosta de temperaturas muito baixas, o ideal é ir para Barcelona entre julho e agosto, que nada mais é do que o verão da Europa.

Não se esqueça de que o inverno por lá é bastante rigoroso, certo?

Por isso é preciso pensar bem na temperatura que deseja enfrentar.

Pousadas e hotéis

Como a infraestrutura da cidade é muito boa para receber visitantes, existem inúmeras opções de hospedagem em Barcelona, que agradam os mais diferentes tipos de públicos.

Confira logo a seguir algumas das principais regiões do local para ficar hospedado, bem como as melhores opções disponíveis em cada uma delas.

  • Bairro Gótico: Hotel Barcelona Catedral e Petit Palace Boqueria Garden;
  • La Rambla e região: Royal Las Lamblas e Citadines Ramblas Barcelona;
  • El Eixample: Praktik Vinoteca, Royal Passeig de Gracia e Paseo de Gracia Bas Apartments;
  • La Barceloneta: Hotel 54 Barceloneta e Pullman Barcelona Skipper.

Analisar cada um deles e conferir a localização e os preços é fundamental antes de fazer a sua escolha, certo?

Que tal já começar a montar o seu roteiro de viagem para Barcelona?

Se precisar de ajuda é só deixar aqui nos comentários.