A pandemia tem aumentado a sua ansiedade e a sua vontade de passear e conhecer destinos culturais? Já pensou em fazer um tour por museus virtuais? Essa é uma excelente opção para manter a mente sã em meio a esta época delicada pela qual estamos passando, que ficar em casa e manter o distanciamento social é a melhor forma de nos proteger do coronavírus.

Encontrar atividades prazerosas durante esse período é o segredo para aliviarmos a angústia causada pelas incertezas. Aliás, mesmo que ainda não tenhamos resposta para muitos questionamentos, uma coisa é certa: isso tudo vai passar. E nada melhor do que aproveitar o momento para pesquisar e fazer novos planejamentos de viagem, não é mesmo?

O melhor de fazer um tour virtual pelos museus de arte é que você já sente o gostinho do que o espera e se prepara para quando a visita for presencial! Por isso, separamos 9 museus espetaculares no Brasil e no mundo para você conferir agora!

Conheça os museus virtuais no Brasil

Quando o assunto é arte, seja sincero, quais museus vêm à sua mente? Se você não pensou em nenhuma instituição brasileira, estamos aqui para apresentar um roteiro de tirar o fôlego. O Brasil tem edificações belíssimas, que valem a visita tanto pelo seu rico acervo de arte quanto pela sua arquitetura. Dê só uma olhada.

1. Pinacoteca – São Paulo

A Pinacoteca é destino obrigatório para quem chega em São Paulo e está em busca de atrações culturais. O edifício por si só já é uma obra de arte e abriga mais de nove mil peças, entre artistas nacionais e internacionais dos séculos XIX e XX, alguns com imagens em alta definição.

Como o museu está fechado durante a quarentena, é possível visitá-lo sem sair de casa e curtir tanto o seu acervo digitalizado quanto os seus corredores. A experiência proporcionada pelo Google Arts & Culture levam você para dar uma voltinha de 360° dentro do museu, através da tela do seu smartphone.

2. Instituto Inhotim – Minas Gerais

O Instituto Inhotim é o maior museu a céu aberto do mundo e, claro, um dos mais importantes patrimônios de arte contemporânea do país. Foi idealizado em meados da década de 1980 por um colecionador de arte e se localiza em Brumadinho, cerca de 60 km distante de Belo Horizonte.

São 786,06 hectares de área total, sendo mais da metade destinados à preservação da Mata Atlântica e do Cerrado. O restante abriga obras fantásticas de artistas expoentes brasileiros e estrangeiros, em meio a um jardim botânico esplendoroso.

As exposições e as galerias são renovadas e inauguradas todos os anos. Até que você possa se sentar em um banco (que é uma obra de arte) para admirar as belezas do local, você pode visitá-lo virtualmente.

3. MASP – São Paulo

É difícil encontrar alguém que não conheça ou, pelo menos, não tenha ouvido falar do MASP, o principal Museu de Arte de São Paulo. Sua edificação é admirável e marca a Avenida Paulista com seu vão livre, de 74 metros, sustentado por apenas quatro pilares de concreto em vermelho.

O seu acervo conta com obras-primas de artistas nacionais, como Anita Malfatti, Cândido Portinari e Di Cavalcante, e estrangeiros, como Picasso, Van Gogh, Rafael, Monet e muitos outros. O museu também está fechado para visitação presencial, mas o tour virtual pelo MASP pode ser feito pelo Google Arts & Culture também.

4. Museu do Amanhã – Rio de Janeiro

O Museu do Amanhã foi inaugurado em 2015 e está localizado na zona portuária do Rio de Janeiro, ao lado da Praça Mauá. Sua arquitetura chama a atenção por ser pós-moderna, orgânica e sustentável, concebida pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava.

Mais do que resguardar obras de arte, o museu abriga ideias, e suas exposições são projetadas com o intuito de provocar reflexões e questionamentos nos visitantes. A “construção dos Amanhãs” é o convite que os curadores, consultores e artistas fazem ao público.

Fechado por tempo indeterminado durante a pandemia, a instituição é um dos museus virtuais presentes no Google Arts & Culture que você pode curtir de dentro de casa.

5. Museu Oscar Niemeyer – Curitiba

Não poderíamos deixar de fora o Museu Oscar Niemeyer, localizado em Curitiba, Paraná. Também chamado de “museu do olho”, é uma das impressionantes obras do mundialmente famoso arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer.

O prédio ostenta o segundo maior vão livre do país, com 65 metros, e todas as obras que abriga estão, de alguma forma, ligadas à arquitetura do edifício. Toda a sua grandiosidade pode ser apreciada pelo aplicativo do Google, já que a instituição criou a hashtag #MONEMCASA para incentivar o tour virtual pelo museu.

Conheça os museus virtuais pelo mundo

Agora, se o seu planejamento de viagem inclui uma visita ao exterior, não deixe de montar o seu roteiro em torno da arte. Até que a viagem se torne real, aproveite os museus virtuais internacionais que selecionamos para você.

6. Louvre – Paris, França

O maior e mais famoso museu do mundo é guardião da pintura mais enigmática de todos os tempos: a Mona Lisa. Se você deseja conhecer o destino mais procurado por turistas, não pode deixar de visitar o Louvre, fundado em 1793 e localizado à margem direita do rio Sena.

Antes de aguardar na longa fila de espera para chegar perto da Gioconda de Leonardo da Vinci, você pode se encantar com seus detalhes em alta definição pelo zoom virtual da obra-prima. Contudo, são mais de 38 mil peças de arte, da pré-história ao século atual, que merecem mais de um dia de visitação.

Até lá, deleite-se com os tours virtuais pelas exposições do museu, sem pressa nem disputa por um bom ponto de observação.

7. Metropolitan Museum of Art – Nova Iorque, EUA

Conhecido como The MET, o Metropolitan Museum of Art é um dos queridinhos da cidade de Nova Iorque, já que é o maior dos Estados Unidos e o terceiro mais visitado do mundo. Com quase 150 anos desde a sua fundação, a instituição tem um acervo riquíssimo de obras e objetos históricos.

O tour virtual pelo museu é vantajoso, já que você percorrerá suas galerias sozinho, no conforto da sua casa. Explore as exposições pelo site do The MET ou, também, pelo aplicativo do Google Arts & Culture.

8. National Museum of Natural History – Washington DC, EUA

Se você for a Nova Iorque, não deixe de esticar sua viagem até Washington DC, distante apenas 3 horas da cidade que nunca dorme. É lá que você poderá visitar o National Museum of Natural History e se fascinar com mais de 125 milhões de peças que incluem espécies de animais, plantas e fósseis, meteoritos, rochas e mineiras, além de objetos que contam a história cultural dos humanos.

Para os amantes da ciência, a visita é obrigatória. Entre esqueletos gigantescos de baleia azul e protótipos de mamutes, por lá você observa um modelo da Lucy, o mais famoso fóssil de ancestral do Homo sapiens, que ajudou os paleontólogos a desvendarem a história do Homem.

O mais bacana de visitar o National Museum of Natural History é que ele faz parte das instituições do Smithsonian e do seu complexo de museus, localizados todos na mesma região de Washington. Ou seja, você pode percorrer o circuito a pé. Até esse dia chegar, aproveite os tours virtuais do NMNH e não deixe de conferir as salas em 360°.

9. Ohara Museum of Art – Kurashiki, Japão

Saindo um pouco da nossa rota, o Ohara Museum of Art é uma visita espetacular para quem viaja ao Japão. Localizado na cidade de Kurashiki, a instituição é famosa por ter sido a primeira coleção de arte ocidental exposta de maneira permanente no país asiático.

Trinta anos depois da sua inauguração, foram abertas galerias para exibir obras de arte de artistas orientais também. O belíssimo acervo contém peças de Degas, Modigliani, Matisse, Rodin, Fujishima Takeji, Sōtarō Yasui, Shikō Munakata, entre muitos outros nomes de peso.

Antes de mergulhar na bucólica paisagem japonesa do museu ao vivo e em cores, visite as galerias online pelo site oficial, ou faça o tour virtual pelo Ohara no Google Arts & Culture.

Muito bem, essa foi a nossa seleção de museus virtuais para você aproveitar em casa, enquanto programa as suas próximas viagens! Até lá, mantenha-se em segurança dentro de casa e escolha os seus museus favoritos para marcar presença quando a pandemia terminar.

Gostou da leitura do post? Então, siga-nos nas redes sociais e não perca mais nenhuma das nossas atualizações! Estamos no Facebook, no Instagram, Twitter e no YouTube também.