As viagens corporativas são um nicho bastante lucrativo na área de turismo e hotelaria. Com isso, as empresas do ramo passaram a se empenhar mais para atender necessidades específicas do público em viagens de trabalho.

E quais seriam tais demandas? O que um hóspede espera de um bom hotel de negócios? Certamente, bem mais do que uma cama confortável e uma boa ducha, pois, para quem viaja a trabalho, é essencial que produtividade e conforto estejam lado a lado.

Então, leia nosso artigo antes de programar sua próxima viagem corporativa, pois vamos contar o que um hotel de negócios precisa oferecer a seus hóspedes.

Hóspedes diferentes, necessidades diferentes

Os hotéis buscam oferecer conforto, praticidade nos serviços e experiências únicas aos hóspedes, tendo em mente as diferenças entre quem está em uma viagem de lazer e quem está a trabalho.

Enquanto o primeiro perfil procura muita diversão, o segundo precisa de um ambiente propício para se concentrar no trabalho. E os dois buscam conforto, claro.

Vamos ver, por exemplo, o item lazer. Muitos hotéis oferecem uma boa estrutura, com piscina, jogos, sala de ginástica e outras opções, mas seu foco principal pode não ser a diversão.

Já os hotéis especializados em lazer se preocupam em oferecer uma intensa programação para entreter e divertir as famílias que estão ali para isso mesmo.

Haverá monitores para brincar e jogar com as crianças, aulas de dança, música alta e animada, hidroginástica na piscina e uma variedade de atividades para atender quem busca o lazer.

Por outro lado, esse ambiente animado e barulhento não será o ideal para quem está em uma viagem corporativa e precisa de silêncio e concentração para trabalhar.

Então, tendo em vista as diferentes necessidades dos dois perfis de viajantes, vamos ver o que se deve esperar de um bom hotel de negócios.

Localização adequada

Enquanto quem viaja para se divertir busca estar próximo às principais atrações do lugar, o viajante de negócios precisa se hospedar perto da zona empresarial e dos centros de convenções onde se realizam os eventos. Veja o que é preciso observar ao escolher a localização do hotel:

  • hotéis mais baratos costumam ficar longe dos centros comerciais e empresariais;
  • em locais mais afastados, a logística nos deslocamentos será mais complicada;
  • os custos com táxi ou carros alugados vão anular uma possível economia nas diárias;
  • hospedando-se mais longe, o risco de perder compromissos ou de se atrasar é bem maior;
  • a burocracia na prestação de contas será maior, uma vez que haverá mais despesas a comprovar com os deslocamentos.

Então, em viagens corporativas, um hotel mal localizado pode trazer inconvenientes que resultam em custos mais altos.

Segurança para os hóspedes

Esse aspecto é fundamental para qualquer tipo de hóspedes, mas torna-se ainda mais importante para quem viaja a negócios.

Afinal, em uma viagem corporativa, você estará carregando na bagagem alguns equipamentos caros, como tablets, laptops, smartphones e outros valores de propriedade da empresa. Isso sem mencionar papéis importantes, como contratos e documentos sigilosos que, se roubados, podem trazer sérias implicações para os negócios.

Além disso, um assalto ou acidente com um colaborador durante uma viagem corporativa pode resultar em pedidos de ressarcimento e de indenizações trabalhistas. Por isso, é bom se certificar de que o hotel oferece estrutura de segurança e um cofre no quarto.

Cancelamento gratuito

Outro item que pode gerar prejuízo em vez de economia, para qualquer tipo de hóspede, é o cancelamento de reservas. Muitas vezes, o hotel oferece uma tarifa mais barata para um reserva que não admite cancelamentos sem custos.

Para o viajante a negócios, se o cliente adia a reunião ou qualquer outro motivo leva ao cancelamento da viagem na última hora, o valor já pago ao hotel não será reembolsado, ou será apenas parcialmente recuperado.

No mundo corporativo, mudanças de planos são comuns. Então, o mais seguro é reservar a tarifa que ofereça cancelamento gratuito, mesmo que seja um pouco mais alta.

Parcerias e programas de recompensas

Uma viagem de férias acontece uma vez por ano, mas viagens de negócios são bem mais frequentes.

Por isso, talvez o hóspede que viaja por lazer não se beneficie tanto com os programas de recompensas dos hotéis quanto aquele que viaja a trabalho.

Um bom hotel de negócios oferece programas de fidelização que premiam os hóspedes frequentes com diárias grátis, descontos e outras vantagens interessantes, para quem acumula os pontos necessários.

Hotéis que formam parcerias ou convênios com empresas também são atrativos, pois oferecem descontos nas diárias e facilitam a prestação de contas, ao cobrar a fatura diretamente do empregador e não do colaborador.

É bom verificar, também, a possibilidade de usar os pontos acumulados em seu cartão de crédito para se hospedar em hotéis parceiros da administradora.

Responsabilidade social e ecológica

A imagem do hotel onde seu cliente é recebido pode afetar a impressão que ele terá de sua empresa.

Um estabelecimento que se preocupa com a sustentabilidade e cuida do meio ambiente passará uma imagem favorável tanto ao hóspede quanto aos seus clientes convidados.

O que caracteriza um hotel com responsabilidade social e ecológica?

  • economiza água e incentiva os hóspedes a fazerem a mesma coisa, usando a toalha duas vezes antes de colocar para lavar, por exemplo;
  • adota equipamentos de reutilização ou de controle da quantidade da água utilizada;
  • prefere iluminação de baixo consumo de energia, instala sensores de presença etc;
  • introduz programas de reciclagem de materiais e otimiza o uso do papel;
  • prefere produtos biodegradáveis e evita o uso de aerossóis prejudiciais ao meio ambiente;
  • escolhe fornecedores preocupados com a sustentabilidade.

Avaliações positivas

É de se esperar que um bom hotel de negócios ou de lazer receba comentários positivos nos sites especializados. É importante saber o que os hóspedes anteriores disseram sobre o estabelecimento em sites como o Tripadvisor ou o Booking, por exemplo.

Verifique a nota média de avaliação do hotel de seu interesse. Se a nota for inferior a 8, é aconselhável pensar duas vezes antes de fechar a reserva.

No entanto, é preciso ter bom senso ao analisar as avaliações. Um hotel que tenha média 9, mas que foi avaliado por mais de 500 pessoas, pode ser melhor do que aquele que recebeu nota 10 depois de apenas 3 ou 4 avaliações.

Preste atenção ao perfil do comentarista. Pode ser que um jovem adolescente em férias reclame que o hotel é muito desanimado, sendo que o viajante de negócios busca justamente silêncio e tranquilidade.

Check-in e check-out eficientes e flexíveis

Quem está de férias conta com tempo de sobra, ao contrário de quem viaja a trabalho, que cumpre agenda apertada.

Então, a rapidez do atendimento na recepção é fundamental para otimizar o tempo de quem precisa atender compromissos importantes.

A flexibilidade nos horários também é importante para quem viaja a negócios. Para aproveitar melhor o tempo, esse tipo de hóspede costuma chegar cedo à cidade e sair no final da tarde do último dia. Assim, a possibilidade de fazer o check-in mais cedo e o check-out mais tarde vai contar pontos a favor do hotel.

Café da manhã generoso e servido cedo

Quando você está de férias pode dormir até mais tarde e chegar ao salão de café quase no fim do horário estabelecido.

Já quem está a trabalho precisa começar o dia o mais cedo possível e não pode esperar que o café comece a ser servido apenas às 8:00 da manhã.

Então, o café da manhã em um hotel de negócios precisa ser farto e servido o mais cedo possível, para que a pessoa já esteja pronta e bem alimentada para começar o dia de trabalho o quanto antes.

Alimentação no local ou nas proximidades

Também no item alimentação, as necessidades do hóspede corporativo são diferentes das de quem está de férias. Este último tem tempo de sobra para sair e procurar bons restaurantes em outras áreas da cidade, o que não acontece com quem está trabalhando e tem pouco tempo livre.

Por isso, contar com um restaurante no próprio hotel ou nas proximidades, para jantar e poder descansar mais cedo é um bônus em uma viagem de negócios.

Melhor ainda é ter uma pequena cozinha ou, pelo menos, um micro-ondas, frigobar e cafeteira elétrica no quarto, para preparar refeições ligeiras. Um serviço de copa que sirva no quarto durante 24 horas é uma comodidade a mais.

Afinal, talvez o hóspede esteja chegando de um país com fuso horário diferente. Com o organismo ainda não adaptado ao horário local, ele pode sentir fome e precisar pedir um sanduíche de madrugada!

Espaço para negócios

Em uma viagem corporativa, é fundamental contar com uma boa estrutura para reuniões e encontros de negócios.

Sala de reuniões, facilidades para videoconferências e espaços de trabalho adequados para receber clientes não fazem falta nenhuma para quem está de férias, claro, mas são indispensáveis para quem viaja a trabalho.

Então, uma boa estrutura física projetada para encontros corporativos produtivos é item que não pode faltar em um hotel de negócios. De preferência, que esteja disponível 24 horas, para quem precisar trabalhar até tarde.

Concierge eficiente

Não estamos falando daquele concierge que simplesmente entrega um mapa ao turista e indica um restaurante do qual ganha comissão, e sim daquele profissional que realmente conhece a área e fornece orientações detalhadas e seguras.

Em viagem de negócios, como já dissemos, o hóspede não tem tempo a perder, então é importante receber informações e serviços eficientes, sem ter de pesquisar para saber como chegar ao centro de conferências, onde ir para jantar etc.

Um competente serviço de mensagens

Para quem está de férias, uma falha em receber um recado pode ser um simples aborrecimento, mas para quem está a trabalho pode acabar em prejuízos.

Mesmo com todas as facilidades tecnológicas proporcionadas por seu smartphone, você pode estar fora do alcance, seja por estar em reunião de negócios, no meio da conferência ou por qualquer outro motivo. É bom saber que a recepção do hotel se encarregará de anotar e garantir que os recados chegarão até você.

Lavanderia ou ferro de passar

Enquanto aquele hóspede em férias quer se livrar das roupas formais e estar completamente à vontade, o viajante de negócios precisa estar sempre vestido de modo impecável.

Ao chegar cansado de uma longa viagem, você vai querer que o serviço de lavanderia esteja à disposição para cuidar da roupa que precisará usar no evento do dia seguinte. Afinal, você representa sua empresa e não pode ir ao encontro do cliente vestindo roupas amassadas e mal cuidadas.

Então, o mínimo que um hotel de negócios pode oferecer ao seu hóspede, caso não tenha uma lavanderia, é um ferro de passar roupas no quarto.

Um espaço para relaxar

Quem termina um dia cansativo de trabalho precisa relaxar e estar preparado para a jornada do dia seguinte.

Um hotel que ofereça um bar bem decorado para tomar um drinque, um terraço ao ar livre, uma sauna ou piscina com horário estendido certamente será muito apreciado pelos viajantes de negócios.

Guarda de bagagens

Um hotel que se disponha a guardar a bagagem do hóspede quando necessário é ótimo, não importa qual seja o motivo da viagem. O que não é comum é um hotel que ofereça espaço para guardar bagagens por vários dias. Eles são raros, mas existem.

Em alguns casos, uma viagem corporativa exige deslocamentos para cumprir compromissos em cidades próximas.

O ideal, então, é ter um lugar no hotel para deixar a bagagem, carregar apenas o essencial para uma curta estada na próxima cidade e voltar ao ponto de partida dias depois. Esta comodidade faz uma grande diferença em uma viagem de negócios.

Caixa automático acessível

Mesmo que você seja prevenido e sempre leve uma quantia em dinheiro, nunca se sabe quando precisará de mais.

Nada pior do que ficar sem dinheiro vivo para pequenas despesas que não podem ser pagas com cartão, especialmente em países de moeda diferente da sua. Nessa hora, ter um caixa automático dentro do hotel ou nas proximidades é ótimo para evitar perda de tempo procurando bancos ou casas de câmbio.

Um quarto confortável

Finalmente, depois de um dia cansativo de trabalho, você chega ao quarto para descansar. E o que espera encontrar?

  • ambiente limpo, silencioso e tranquilo;
  • cama confortável com lençóis impecáveis;
  • uma ducha poderosa ou banheira para relaxar;
  • paredes e janelas com isolamento acústico;
  • wi-fi veloz e confiável;
  • um gabinete de trabalho, para o planejamento do dia seguinte;
  • tomadas suficientes para recarregar seus aparelhos eletrônicos;
  • um frigobar bem suprido, para tomar um último drinque antes de dormir;
  • canais a cabo na TV, para se manter atualizado sobre o mundo dos negócios.

Pronto. Isto é o mínimo que o quarto de um bom hotel de negócios deve oferecer para seu descanso, depois de um dia exaustivo.

Gostou do artigo? Agora que leu até o fim e já sabe o que esperar de um bom hotel de negócios, saiba também como escolher o melhor assento no avião, para viajar com mais conforto e chegar disposto ao seu destino.