O modo como viajamos mudou e até mesmo turismo, como conhecíamos, não é mais o mesmo.

Depois da pandemia, o setor funcionará de um jeito bastante diferente e, por isso, precisamos saber como nos adaptar.

Porto Seguro

Ninguém esperava o surgimento de uma pandemia a nível mundial, como o acarretado pelo Covid-19, portanto, nenhuma pessoa, governo ou empresa pode se preparar previamente para isso –  nem mesmo a cidade de Porto Seguro.

Essa compreensível falta de preparo prévio aumentou potencialmente os impactos em várias indústrias do mercado, entre elas a indústria do turismo, modificando radicalmente o comportamento do setor como um todo.

Os efeitos da crise do novo coronavírus afetam diferentes práticas dentro do mercado, que vão desde o comportamento dos passageiros, higiene das pessoas na hospedagem e cuidados especiais nos pontos turísticos.

Sendo assim, compreender o que deve ser feito em meio à crise é fundamental, principalmente na hora de viajar.

Então, para ficar por dentro de todos os cuidados necessários durante a pandemia, continue lendo este artigo e entenda como viajar com segurança para Porto Seguro.

O comportamento dos passageiros durante a pandemia em Porto Seguro

Países que foram atingidos mais cedo pela pandemia já estão iniciando suas fases de reabertura e, portanto, precisaram realizar decretos que estabelecem normas rigorosas que determinam como deve ser o comportamento dos passageiros a caminho dos pontos turísticos.

Esses decretos serviram como base para a outras cidades pelo mundo, inclusive para a cidade de Porto Seguro. Basicamente, os principais pontos dos protocolos que orientam o comportamento dos passageiros a caminho da região, são:

1. Distribuição dos passageiros nas aeronaves

Algo muito importante nos protocolos é o distanciamento maior entre passageiros durante voos, afinal, se no dia a dia as pessoas precisam manter no mínimo 1 metro de distância umas das outras, dentro dos aviões isso também precisa ser feito.

Em termos práticos, o assento do meio deve permanecer vazio, para que na fileira apenas seja permitido ocupar as poltronas da janela e do corredor, mantendo a distância entre os usuários das linhas aéreas.

Como medida imediata, a reconfiguração da distribuição dos passageiros é a alternativa mais assertiva.

2. Uso de equipamentos de proteção

A máscara não poderia faltar, afinal, ela é um dos itens mais importantes para a proteção das pessoas como prevenção ao novo coronavírus.

Nos aviões elas são obrigatórias.

A Azul, por exemplo, já conta com a distribuição de equipamentos de proteção individual para toda tripulação, de solo e de voo.

Além disso, o uso de máscaras também é obrigatório para os passageiros, que devem levar consigo os itens de segurança durante os voos.

Os comissários de bordo, antes da decolagem orientam os passageiros sobre o uso correto da máscara, para que não existam dúvidas.

Fora isso, o álcool em gel também é colocado à disposição dos passageiros.

3. Limpeza das aeronaves

Assim como nas companhias aéreas estrangeiras, aqui no Brasil são realizados alguns processos de limpeza nas aeronaves para conter a disseminação dos vírus.

Todas as superfícies de contato são desinfectadas sempre que há um desembarque e antes dos novos passageiros embarcarem para outro destino.

4. Controle de temperatura de passageiros

O sistemas de controle de temperatura para os passageiros já é uma medida obrigatória.

O sistema funciona tanto através da medição direta, ou seja, com um termômetro digital de cada passageiro antes do embarque, como também através de câmeras termais de corpo inteiro.

No entanto, o mais usual é realizar a medição individual, antes dos usuários entrarem no avião para Porto Seguro.

Bom, até aqui falamos do transporte em aviões, porém, sabemos que as pessoas podem viajar para Porto Seguro em ônibus, carros ou trens, por exemplo.

Por isso, existem também regras para esses tipos de transportes.

Veja a seguir.

Para o correto funcionamento dos serviços de transportes turísticos municipais e intermunicipais, deverão ser observadas as seguintes normas:

  1. Uso obrigatório de máscara para motorista e passageiros.
  2. Disponibilizar álcool gel 70% para ser usado na entrada e saída de todos os veículos, privados ou coletivos. Priorizar a ventilação natural dentro dos veículos.
  3. Em veículos coletivos, é obrigatória a higienização dos bancos, pega-mãos, corrimãos, barras de apoio, catracas e leitores de bilhetes a cada troca de grupo de passageiros.
  4. Em veículos de transporte privado, como táxi, Uber e aplicativos, promover a higienização adequada e constante dos bancos, maçanetas, cintos de segurança, volante, manopla do câmbio, botões, puxadores de portas e outros elementos.
  5. Evitar o compartilhamento de passageiros em veículos privados, exceto para pessoas do mesmo núcleo de convivência.
  6. Evitar superlotação.

Agora que você já está por dentro sobre como deve ser o comportamento dos passageiros que irão para Porto Seguro durante a pandemia, veremos como deve ser feita a higiene dos hóspedes em suas estadias.

Higiene dos hóspedes em Porto Seguro

No que se refere às atividades de recepção, áreas comuns e circulação, nos meios de hospedagem, deverão ser cumpridas as seguintes normas:

  1. Uso de máscara obrigatório para colaboradores e hóspedes;
  2. Disponibilizar álcool gel 70% nas áreas comuns;
  3. Optar por ambientes bem ventilados, com janelas e portas abertas, sempre que possível;
  4. Busque saber se o hotel realiza limpeza e desinfecção de pisos, corrimãos, lixeiras, interfones, botões dos elevadores, maçanetas, tomadas, torneiras e banheiros, além de outros objetos de uso coletivo, como cadeiras, sofás e espreguiçadeiras;
  5. Priorize o check-in online;
  6. Caso precise pegar filas, busque um distanciamento de 2 metros de quem está à sua frente;
  7. No check-in, o cartão-chave deve ser desinfetado ao ser recebido e antes de ser reutilizado;
  8. No check-out, recomenda-se que o hóspede deposite o cartão-chave em local específico;
  9. As máquinas de débito e crédito devem estar fixas ou envelopadas com filme plástico e desinfetadas após cada uso;
  10. Ao frequentar os espaços comuns, manter o distanciamento mínimo de 2 metros entre os sofás, mesas, cadeiras e espreguiçadeiras dos espaços comuns do empreendimento;
  11. Evitar o compartilhamento de mesas e sofás;
  12. Evitar ler jornais, revistas e livros impressos na estadia;
  13. Para restaurantes e bares dentro de hotéis, tome as seguintes providências: higiene das mãos antes de se servir, sirva-se com máscara, optar por talheres embalados individualmente (ou talheres descartáveis embalados individualmente) e reforçar o distanciamento de 2 metros entre as pessoas em filas;
  14. Ainda para os bares e restaurantes, o funcionando deles deve ser voltado apenas para hóspedes.

Cuidados especiais nos pontos turísticos em Porto Seguro

Porto Seguro

Ao visitar os pontos turísticos em Porto Seguro, também é preciso estar ciente de alguns protocolos de segurança sanitária, como:

  1. Obrigatoriedade do uso de máscara de proteção, mesmo em atrativos turísticos ambientes abertos;
  2. Ter sempre disponível álcool gel 70% para utilizar em entradas/saídas e em locais estratégicos;
  3. Evitar aglomerações e optar por compra online de ingressos;
  4. Caso precise pegar filas, manter distanciamento mínimo de 2 metros entre as pessoas;
  5. Nas lojas, respeitar o limite de capacidade de clientes estabelecidos na região.
  6. Para restaurantes e bares, tome as seguintes providências: higiene das mãos antes de se servir, sirva-se com máscara, optar por talheres embalados individualmente (ou talheres descartáveis embalados individualmente) e reforçar o distanciamento de 2 metros entre as pessoas em filas.

Pronto, agora você está preparado para curtir Porto Seguro

Enquanto acompanhamos os avanços de uma vacina que combata o coronavírus, o turismo em Porto Seguro terá que se adaptar a todos os cuidados que citamos ao longo deste artigo.

A boa notícia é que, seguindo todas as regras, você poderá viajar e curtir com a família.