O mundo está passando por um momento de crise devido à COVID-19. Com a pandemia, muitas pessoas foram obrigadas a adiar o seu planejamento de viagem, garantindo tanto a própria saúde e segurança quanto a das pessoas ao redor.

Porém, vale lembrar que as companhias aéreas e hotéis flexibilizaram as suas políticas de remarcação, de forma a garantir que todos pudessem evitar o cancelamento das viagens e remarcar passagem para uma data mais adequada e possível de ser cumprida. Mas você sabe como funciona o processo de remarcação? Sabe qual a melhor data para garantir a sua viagem sem imprevistos?

Continue a leitura e descubra mais sobre como remarcar a passagem agora mesmo!

Como funciona a remarcação de passagem?

A remarcação de passagem aérea é o processo de transferir o seu voo para uma outra data. Isso pode ser feito por meio de diversos canais de atendimento, como o site, aplicativo, telefone e, até mesmo, diretamente no balcão da companhia aérea.

Para isso, basta ter em mãos o localizador da sua passagem atual e a data e hora do voo que você deseja. Vale lembrar que esse processo cobra uma taxa para ser efetivado. Isso varia de acordo com o tipo de passagem comprada, uma vez que algumas são mais flexíveis, permitindo essa mudança sem nenhum valor adicional.

É necessário apontar que taxas são cobradas por trecho e por passagem, ou seja, é individual e vale apenas para a ida ou a volta da viagem, sendo que para alterar ambos, é necessário pagar em duas vezes a taxa. Além disso, também é importante que você saiba que, caso escolha uma passagem aérea mais cara, será necessário pagar a diferença entre elas. Portanto, esses são alguns pontos de atenção que você deve considerar na hora de remarcar uma passagem para evitar surpresas durante o processo.

Quais são as mudanças na política de remarcação durante a pandemia?

Durante a pandemia de COVID-19, as companhias aéreas modificaram as suas políticas de remarcação para que os clientes tenham mais liberdade na hora de planejar a sua viagem.

A Azul permite que seus clientes com voos domésticos marcados entre 1º de março e 30 de junho alterem a data da viagem sem o pagamento de taxas. Porém, caso você escolha trocar um voo na baixa temporada para um na alta, pode existir a necessidade de pagamento da diferença de valores entre as passagens.

É importante lembrar que você pode alterar o voo para uma data dentro do tempo de validade do bilhete, ou seja, um ano. Além disso, quem comprou um voo para a alta temporada pode escolher qualquer outra data, sem restrições ou cobranças adicionais.

É possível, inclusive, modificar o destino da sua viagem. Porém, nesse caso, também podem existir taxas referentes à diferença entre o valor das duas passagens.

Para quando remarcar a sua passagem aérea?

Em primeiro lugar, é preciso destacar que não há uma certeza de quando será possível viajar novamente com segurança. Isso porque apenas após a distribuição das vacinas, que ainda estão em fase de desenvolvimento, é que haverá uma redução drástica na transmissão da COVID-19.

O que não significa que você só poderá viajar novamente quando tomar a vacina. Com alguns cuidados, isso será possível assim que as taxas de transmissão baixarem para níveis seguros.

Algumas previsões indicam que isso pode acontecer até o fim de 2020, em meados de setembro e meses seguintes. Porém, há quem diga que só em 2021 é que você poderá viajar com segurança.

Fato é que o turismo voltará, inicialmente, em território nacional. Isto é, antes de poder sair do seu país, é provável que você possa realizar viagens aéreas nacionais. Dessa maneira, o seu destino deve ser levado em consideração na hora de remarcar a sua passagem.

Além disso, a situação atual do seu destino também deve ser considerada. Alguns países e regiões do Brasil já estão passando pela crise e já adotaram medidas mais restritivas. Isso significa que o mais provável é que a situação volte ao normal mais rapidamente nesses locais quando comparados com outros, com menos estrutura e capacidade para lidar com a pandemia.

Assim, tudo isso deve ser considerado na hora de remarcar a sua passagem. Pensando nesses aspectos, você aumenta as suas chances de conseguir viajar na próxima data marcada.

Quais os cuidados você deve tomar na hora de viajar?

Vale ressaltar que, mesmo que o turismo tenha voltado, ele não será o mesmo após a COVID-19. Isso porque os espaços públicos vão exigir novos cuidados para evitar que as pessoas se contaminem e para garantir a segurança dos viajantes. Desse modo, alguns cuidados devem ser acrescentados à sua rotina de preparação para viagens.

Descubra agora quais são os principais deles:

  • sempre que estiver em um ambiente com outras pessoas, principalmente se forem locais fechados, como hotéis, museus e aviões, utilize a máscara;
  • lave as mãos com frequência para evitar a propagação de vírus;
  • utilize o álcool em gel sempre que possível e tenha um frasco na sua bagagem de mão. Lembre-se de checar as medidas do frasco para evitar que ele seja confiscado na alfândega;
  • não toque no rosto, principalmente em olhos, boca e nariz;
  • cubra o nariz e a boca com a parte de dentro do cotovelo ao tossir ou espirrar;
  • não compartilhe objetos pessoais;
  • mantenha os ambientes bem ventilados sempre que possível.

Como você pode perceber, durante a pandemia da COVID-19, as empresas aéreas estão bastante conscientes das dificuldades enfrentadas pelos viajantes, assim buscam facilitar o processo para a sua comodidade. Com todos os cuidados com a sua saúde e segurança em mente, busque uma data viável para a sua viagem e entre em contato com a empresa para realizar a remarcação. Dessa forma, você adia um pouco os seus planos, mas não deixa de visitar os lugares incríveis que se preparou para conhecer!

Ficou animado com a possibilidade de voltar a viajar? Então aproveite e acesse agora mesmo o nosso site para encontrar uma passagem perfeita para a sua viagem pós-pandemia!