Cada um de nós possui alguns hábitos para fazer com que o tempo de um voo passe mais rápido: ouvir música, ler, assistir filmes e séries, talvez até mesmo trabalhar um pouco. Mas você já parou para pensar que, na verdade, dormir no avião pode ser a melhor opção para aproveitar sua viagem de maneira produtiva?

Por mais acostumado que você esteja, todo o processo de viajar é cansativo — o trajeto para o aeroporto, a espera para o embarque, o voo em si, o longo tempo entre o desembarque e a chegada ao hotel… Com isso, fica difícil ter a energia necessária para dar o seu melhor na hora de trabalhar.

Então, para evitar que você chegue cansado ao seu destino — o que não é interessante, especialmente em viagens de negócios —, dormir no avião proporciona mais ânimo e disposição para que você desembarque pronto para seus compromissos profissionais. Assim, você conquista mais produtividade e não precisa se preocupar em ser atrapalhado pelo cansaço.

Mas é preciso tomar algumas providências para garantir um sono confortável e revitalizante durante a sua viagem — e são elas que vamos apresentar a seguir! Então, continue a leitura e saiba como dormir no avião com o máximo de conforto possível.

Vista roupas confortáveis

Esqueça todo o seu estilo de se vestir e o tipo de roupa que você precisa usar para o seu dia a dia profissional. Na hora de voar, especialmente se você planeja dormir durante a viagem, a palavra de ordem é conforto. Relaxar e ter um sono de qualidade vai ser muito mais fácil se você não estiver sofrendo com um jeans apertado ou com um sapato novo machucando seus pés!

Moletons, blusas e camisetas soltas e vestidos leves estão entre as boas alternativas para viajar com muito conforto. Escolha uma peça de roupa que você adora usar, pois você provavelmente se sentirá confortável nela.

Nos pés, prefira sapatos fechados e meias quentinhas para não ficar com frio nas extremidades do corpo, o que pode ser muito incômodo para quem quer dormir.

Caso vá sair do aeroporto direto para um compromisso de trabalho, sem tempo de passar no hotel, deixe uma troca de roupas profissionais na bagagem de mão e troque de roupa no banheiro do aeroporto ao desembarcar.

Não se esqueça de ter em mãos também uma escova de cabelo, produtos de higiene básica e quaisquer outros itens que façam parte da sua rotina de beleza. Assim, você tem uma viagem relaxada e ainda consegue chegar impecável para trabalhar!

Cuide da sua alimentação

O que você come antes — e até mesmo durante — o voo faz toda a diferença na sua capacidade de dormir no avião. Entretanto, isso também vai depender da hora do dia em que você for viajar.

No início do dia, é importante não pular o café da manhã, que vai proporcionar uma boa dose de energia para o dia inteiro. Mesmo assim, procure não tomar café, pois a cafeína vai manter você alerta e dificultar o relaxamento no avião. Prefira sucos naturais ou chás — especialmente os de camomila ou erva-doce, pois algumas variações da bebida também têm cafeína em sua composição.

Frutas são uma ótima opção. As bananas, por exemplo, são leves, mas ainda proporcionam um bom sustento. Você também não vai errar ao optar por iogurte, mel e nozes, pois eles contêm substâncias que auxiliam na hora de dormir.

Caso você vá almoçar ou jantar antes do voo, mantenha-se longe de alimentos pesados, como massas e outros pratos ricos em carboidratos. Em vez disso, escolha saladas e carnes leves. Para acompanhar, novamente, dê preferência para os sucos naturais e evite os refrigerantes, especialmente os sabores que contêm cafeína.

Nada de bebidas alcoólicas também, combinado? Apesar de elas fazerem parte do cardápio de alguns voos e de serem vistas por algumas pessoas como uma forma de relaxar, elas definitivamente não vão ajudá-lo a ter um sono agradável, especialmente porque a altitude elevada aumenta os efeitos do álcool.

Também é uma boa ideia não resolver experimentar comidas diferentes para você logo antes do seu voo. Isso porque a novidade pode cair mal no seu estômago — o que, além de dificultar o descanso, ainda pode fazer com que você tenha mal-estar ou enjoo. O processo de digestão é mais lento nas alturas. Sendo assim, deixe a experimentação para quando chegar ao seu destino.

Recline os assentos

Muitas pessoas ficam receosas de reclinar os assentos do avião, preocupadas com o conforto de quem está sentado nas poltronas logo atrás. Então, saiba que você pode, sim, recliná-las sem problemas!

O layout dos voos é pensado com a reclinação em mente e, caso a pessoa atrás de você fique um pouco apertada, ela pode solucionar isso simplesmente ao reclinar o seu próprio assento. Assim, todo mundo fica mais confortável sem incomodar ninguém.

Isso é verdade especialmente nas cadeiras “premium” dos aviões, que possuem mais espaço entre cada fileira. Para ficar ainda mais à vontade, pode ser interessante considerar o upgrade para essa categoria de assentos.

Ao reclinar-se, seu corpo fica em uma posição mais horizontal e, portanto, mais semelhante àquela em que você está acostumado a dormir. Com isso, sua mente relaxa mais facilmente e o seu sono será mais profundo, permitindo que você descanse de verdade e acorde renovado.

Leve um travesseiro de pescoço

Não menospreze o poder de um bom travesseiro de pescoço para o seu sono! Uma das maiores dificuldades de dormir no avião é o posicionamento do seu corpo — reclinar o assento ajuda muito nesse sentido, mas não altera o fato de que você está em um espaço bastante limitado e que não oferece suporte algum para o seu pescoço.

Dessa forma, sem esse travesseiro, o pescoço tende a cair para a esquerda ou para a direita. Além de resultar em uma dormida bastante desconfortável, você ainda vai acordar com um torcicolo daqueles.

O travesseiro de pescoço, então, proporciona um suporte para que a sua cabeça fique parada em uma posição mais centralizada. Você vai dormir muito melhor e mais facilmente e, ainda por cima, acordar verdadeiramente descansado e sem dores.

Escolha bem o seu lugar no voo

A escolha do assento contribui bastante para o conforto do seu voo e, consequentemente, para o seu sono. Portanto, sempre que possível, dê preferência para o assento da janela.

Além de ser mais fácil posicionar o seu corpo para dormir nessa poltrona, você também fica livre da circulação das pessoas sentadas no meio e no corredor. Se você sentar no corredor, por exemplo, provavelmente vai ser acordado sempre que um dos outros dois passageiros quiser se levantar.

Fique atento também para a localização da sua fileira no avião, pois há algumas regiões em que a movimentação de pessoas é maior — principalmente a localização dos banheiros e da área de descanso dos comissários de bordo. Leve em consideração também que, em geral, os assentos perto das asas do avião são os que menos sofrem com possíveis turbulências.

Tente usar mais de um assento

O verdadeiro paraíso para o viajante é quando não tem ninguém na poltrona ao seu lado, não é mesmo? Entretanto, as chances de que isso aconteça são raras o bastante para que valha a pena considerar a aquisição de um assento extra, especialmente em voos longos. Você vai poder se esticar à vontade!

Em voos internacionais, uma opção ainda mais interessante pode ser adquirir um assento na classe executiva ou até mesmo na primeira classe. Além das poltronas mais confortáveis e espaçadas, a quantidade reduzida de passageiros diminui consideravelmente o barulho e a movimentação nesses espaços do avião.

Leia um pouco

Mesmo com todas as devidas preparações, talvez você não consiga dormir logo. Se o sono não estiver chegando, tente ler um pouco para relaxar e, então, dormir. E não precisa ser algo chato ou entediante! A leitura é uma atividade tranquila e capaz de acalmar e, por isso, é uma boa forma de pegar no sono. Não é à toa que tantos leitores vorazes adoram ler, pelo menos, algumas páginas antes de dormir.

A sugestão é começar a leitura já em uma posição bastante confortável. Além de deixá-lo mais relaxado, isso também significa que, quando o sono enfim chegar, basta você fechar o livro e dormir. Como as telas eletrônicas nos deixam mais alertas — falaremos sobre isso adiante! —, dê preferência para os livros físicos.

Monte um kit de voo

Além do travesseiro de pescoço, há outros itens nos quais você pode investir para dormir no avião da forma mais confortável possível. Enquanto o travesseiro equilibra seu rosto, os demais produtos que vamos citar agora são dedicados a proteger você do barulho e demais estímulos ao seu redor durante o voo.

Para começar, uma máscara de dormir ajuda, pois diminui de forma considerável (ou até mesmo total) a intensidade da luz do avião. Talvez ainda mais importante, a máscara atua como uma placa de “não perturbe”, o que é muito útil se você estiver perto de passageiros que adoram conversar. Os comissários também vão entender que você não quer ser acordado quando passarem com lanches e refeições.

Enquanto isso, protetores auriculares ou fones de ouvido acabam com o incômodo dos sons — crianças chorando, passageiros conversando, equipe de bordo circulando etc.

Se preferir o fone de ouvido, aproveite para escutar músicas relaxantes para ajudá-lo a dormir. Canções instrumentais ou sons da natureza — da chuva, do mar ou de pássaros, por exemplo — rendem uma excelente playlist para o relaxamento. Prepare-a antes de embarcar e, no voo, é só dar o play!

Finalizando o kit de voo, inclua também uma blusa de frio confortável para dar aquela sensação agradável de que você está coberto. Se tiver capuz, melhor ainda para o aconchego! Mas, se você fizer questão de cobrir-se, não hesite em levar um cobertor ou manta leve. Especialmente durante a noite e a madrugada, quando o corpo está acostumado a ter uma boa noite de sono, eles ajudam bastante no seu descanso.

Evite as distrações

Com o hábito moderno de nunca ficarmos muito tempo longe dos nossos smartphones e outros dispositivos móveis, os momentos de relaxamento importantes para um bom sono ficaram bastante prejudicados. Quando você está cansado e seu corpo começa a se preparar para dormir, o processo é de certa forma interrompido se você, em vez de entregar-se ao sono, ficar mexendo no celular.

Isso acontece, principalmente, por causa da luminosidade da tela, que nos coloca em um estado de alerta. Há, ainda, o conteúdo das redes sociais, apps e sites pelos quais navegamos distraidamente e que também são capazes de fazer você esquecer de que queria — ou melhor, precisava — dormir.

Portanto, ao embarcar e preparar-se para dormir no avião, resista às distrações e fique longe do celular. Vale utilizá-lo apenas para dar o play na sua lista de músicas ou app de relaxamento, mas deixe o resto para depois do seu descanso. Você vai ver o quanto vai ficar mais fácil cair no sono!

A fome a sede também podem ficar no caminho, especialmente porque você não vai querer ser acordado pelos comissários. Então, leve alguns lanchinhos leves e nutritivos, como barrinhas de cereais, sanduíches saudáveis e água mineral.

Dessa forma, você mesmo pode conciliar os horários para lanchar e para dormir, sem precisar se preocupar em perder o serviço de bordo. Além disso, manter-se bem alimentado e hidratado durante o voo faz toda a diferença após a viagem, pois ajuda com o jet lag — e, consequentemente, aumenta a sua produtividade.

Seguindo as nossas ideias, você vai conseguir dormir no avião e terá uma viagem muito mais confortável e tranquila pela frente. E, melhor ainda, vai desembarcar no seu destino pronto para dar conta de todas as reuniões e demais compromissos profissionais em nome da empresa. O resultado será uma viagem muito mais produtiva e bem-sucedida.

Gostou de entender como dormir no avião contribui para a sua produtividade? Quer mais sugestões sobre como ter mais e melhores resultados em viagens de negócios? Então, aproveite para conferir agora mesmo o post especial que preparamos sobre o assunto!