Embarcar em uma nova viagem de férias é muito emocionante para uma família. Afinal, essas experiências que passamos juntos às pessoas mais importantes de nossas vidas são inesquecíveis.

Quem planeja uma jornada com os seus amados quer proporcionar conforto, segurança e divertimento a todo o grupo.

Uma importante parte dessa aventura é o trajeto feito a bordo de um avião, que é a maneira mais indicada para viajar, pois percorre longas distâncias em poucas horas e com total tranquilidade.

Uma preocupação comum entre os passageiros é saber quais serão as condições encontradas em seu voo: o que vai comer?

Onde guardar a bagagem de mão? Onde fica o assento? Como deve agir em caso de emergências? É permitido se levantar durante o voo? Posso ir ao banheiro a qualquer momento?

Todas essas dúvidas, e muitas outras, podem ser respondidas pelos comissários de bordo, que têm uma função primordial na operação das rotas aéreas por todo o mundo.

Embora seja uma expressão que quase todos já ouviram, você sabe dizer o que é o serviço de bordo e como ele é oferecido aos clientes?

Neste artigo, vamos contar como o trabalho do pessoal de bordo faz toda a diferença em sua viagem.

Também explicaremos os cardápios servidos nas diferentes classes, quais os seus custos e como solicitar refeições especiais. Boa viagem!

O que é serviço de bordo?

Quando um passageiro escolhe voar por uma determinada companhia, está selecionando um conjunto de serviços que vão muito além do transporte entre um ponto e outro.

O serviço de bordo é o responsável por manter a segurança e o conforto dos viajantes, transformando a experiência em momentos agradáveis.

A tripulação da aeronave é muito bem treinada para atender aos clientes desde o momento do embarque, passando pelas instruções de segurança e até a alimentação.

Em caso de emergências, os comissários de bordo sabem como agir para manter a calma dos passageiros, oferecendo informações e orientações imediatas.

O serviço de bordo está à disposição para eventuais pedidos dos clientes, como a necessidade de travesseiros, cobertores, fones de ouvido, materiais de higiene pessoal, bebidas, entre outros.

Quem viaja com crianças ou pessoas com mobilidade reduzida tem atenção especial dos comissários, que prestam auxílio no embarque e desembarque, bem como durante todo o voo.

Em caso de emergências médicas, o pessoal das aéreas têm treinamento especializado em primeiros socorros, que pode aliviar algum desconforto momentâneo do passageiro.

Quando a situação requer cuidados médicos, a tripulação pode convocar um profissional entre os outros viajantes a bordo ou até mesmo solicitar ao comandante o desvio da rota para buscar um pronto-atendimento em solo.

O número de comissários a bordo de cada voo depende do trecho, a quantidade de horas e quantos passageiros estão na aeronave.

Em trajetos de longa distância, é comum a tripulação ser compostas por mais de uma equipe, que se reveza no atendimento durante a viagem.

Qual a função dos comissários de bordo?

Muitas pessoas pensam que o trabalho dos comissários de bordo se resume a servir os passageiros durante as viagens.

Contudo, esses profissionais têm um comprometimento muito maior com a segurança e o bem-estar dos clientes.

Antes de embarcar nas aeronaves para desempenhar as suas funções, o pessoal de bordo passa por um rigoroso treinamento prático e teórico, com ênfase no conhecimento da operação do avião, meteorologia, navegação aérea, combate a incêndios e até sobrevivência na selva em caso de acidente.

Nesses cursos, os futuros comissários de voo têm contato com situações parecidas das que vão encontrar no exercício de suas funções.

Essas experiências trazem a esses trabalhadores confiança e habilidade para atender aos passageiros nas ocasiões das mais distintas.

Os comissários de bordo são responsáveis por recepcionar os clientes no embarque na aeronave, além de dar orientação sobre como guardar as bagagens de mão e a localização dos assentos.

A equipe também verifica se todos os passageiros estão dentro do avião, bem como se todos têm os cintos de segurança afivelados.

Outra checagem feita pelos profissionais antes da decolagem é se as poltronas estão na posição vertical e se as bandejas estão fechadas.

Ainda em solo, a tripulação coordena o fechamento das portas da aeronave, faz as apresentações das medidas de segurança, indica onde estão as saídas de emergência e como operá-las.

Os passageiros também são orientados como agir nos casos de turbulências, despressurização da cabine ou pouso na água.

Os comissários são os responsáveis por evacuar os viajantes durante as emergências, atuando com seriedade e calma para resguardar a segurança física e psicológica dos clientes da empresa aérea.

Para isso, seu comportamento é sempre padronizado e cortês, o que transmite confiança e tranquilidade aos passageiros.

O pessoal de bordo, por fim, também é responsável pela alimentação dos viajantes. As equipes servem as refeições e bebidas em momentos específicos do voo.

A seguir, vamos falar sobre quais os tipos de comida oferecidos pelas empresas aéreas.

Quais alimentos são oferecidos aos passageiros?

Todo o voo, não importa a sua duração, tem serviço de bordo. As diferenças que são encontradas na alimentação servida são relacionadas a uma série de fatores, como a duração da viagem, o destino (nacional ou internacional) e a classe em que o passageiro está voando (econômica, executiva ou primeira classe).

Cada companhia aérea tem os seus cardápios conforme a categoria do voo, que oferecem refeições quentes e frias no café da manhã, almoço e jantar.

Em viagens nacionais, por exemplo, o serviço costuma oferece snacks, que são lanches rápidos, como salgadinhos (amendoim, batatinha, biscoito polvilho etc.), cookies, bolachas, bisnagas, bolinhos, goiabinha, balas e até uma fruta fresca.

Para beber, os voos dentro do Brasil costumam ter café, leite, chá, água, suco e refrigerante.

Bebidas alcoólicas são encontradas em muitas rotas, mas cada companhia tem as suas regras e é possível que esses itens não estejam disponíveis.

O viajante deve consultar os serviços que está contratando no momento de comprar as passagens.

Em trajetos internacionais curtos, como para países da América do Sul, os passageiros são servidos com uma refeição completa, sempre considerando o horário da viagem.

Por exemplo: no almoço pode existir um cardápio com as opções de massa, frango ou peixe.

O cliente escolhe um dos pratos e recebe ainda uma salada, pão, manteiga e uma sobremesa, que pode ser um doce ou frutas da estação.

Já quando a jornada é para a Europa, América Central e América do Norte, o tempo no ar pode chegar a 12 horas.

Os comissários de bordo servem de duas a três refeições para os passageiros, que também podem solicitar os serviços a qualquer hora da viagem.

Nas classes superiores, as companhias aéreas servem alimentos de alta qualidade, que primam pelo cuidado no preparo e que têm receitas, muitas vezes, assinadas por chefs de cozinha famosos em todo o mundo.

Entre as bebidas, os passageiros podem relaxar enquanto tomam espumantes e vinhos de excelentes safras.

Quando o passageiro tem algum tipo de dieta restrita, seja por motivo de saúde, hábito ou religioso, as empresas oferecem opções para a substituição das refeições.

Basta o cliente informar a companhia no momento da compra da passagem ou no check-in antecipado, pela internet.

Com o foco nas famílias, existem voos com menus exclusivos para as crianças, que contemplam alimentos frescos e saudáveis, mas preparados de modo atrativo para os pequenos.

Sempre confira as condições que serão apresentadas conforme a tarifa escolhida.

Esse serviço está incluso na passagem?

Como o mercado de aviação civil segue as regras da livre concorrência, as companhias aéreas têm as suas próprias políticas para a cobrança dos serviços oferecidos nos voos.

Claro que a tripulação estará presente em qualquer ocasião, prestando todo o apoio para garantir a segurança, contudo, os diferenciais inclusos nas tarifas variam em cada caso.

Mudanças recentes nas regras da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) permitem, por exemplo, que as aéreas cobrem de maneira separada dos seus clientes pelas bagagens despachadas.

Isso também ocorre com a alimentação, as bebidas e outras amenidades, como o uso de fones de ouvido para as plataformas de entretenimento e acesso à internet.

Em voos nacionais, as empresas aéreas brasileiras têm o hábito de servir, de forma gratuita, bebidas não alcoólicas e snacks.

Também estão à disposição serviços a la carte, nos quais os passageiros escolhem as suas refeições e bebidas, e podem pagar em pleno ar, por meio de dinheiro ou cartão de crédito.

Nas viagens internacionais, os bilhetes incluem as refeições completas, embora também existam opções para comprar em cardápios especiais.

Isso também pode ocorrer com as bebidas alcoólicas, já que algumas aéreas estabelecem cotas para cada passageiro, que podem acarretar cobranças em casos novos pedidos além dos limites.

Algumas rotas intercontinentais têm serviço de free shop a bordo, onde é possível adquirir produtos como perfumes, maquiagens, bebidas, cigarros e eletrônicos com preços sem os impostos.

Essas são boas oportunidades de conseguir itens importados com valores bem abaixo dos encontrados no Brasil.

O entretenimento faz parte do serviço de bordo?

As aeronaves mais modernas contam com sistemas de entretenimento, que são uma ótima ferramenta para enfrentar longas viagens.

Esses aparelhos estão dispostos em cada poltrona e trazem uma enorme programação de filmes, séries, animações e programas de variedades.

Cada empresa tem as suas regras para a cobrança dos seus serviços, como já foi mencionado.Isso também vale para esses dispositivos de lazer, mas é comum que o acesso a essas facilidades seja gratuito.

Contudo, algumas empresas conhecidas como de baixo custo (low cost) costumam cobrar de forma individual por cada serviço prestado, incluindo as telas de touchscreen.

Já no caso da conexão com a internet, todas as empresas têm como política cobrar pelo acesso, que pode ser adquirido a bordo do avião, com pagamento via cartão de créditos.

Porém, dependendo da categoria do plano de milhagem do passageiro, existe a possibilidade de que a internet esteja inclusa na tarifa. Confira as condições de uso da banda larga no momento da compra dos tíquetes.

Outra opção é a realização de ligações telefônicas, mas não são todas as aeronaves que contam com esses serviços.

As chamadas são cobradas conforme as tabelas de preços das aéreas, que podem ser debitadas no cartão de crédito. O acesso a essas tecnologias pode ser limitado conforme condições climáticas e regionais.

Uma novidade entre as opções de entretenimento na aviação brasileira é a parceria entre a Azul e a SKY, que tem a transmissão ao vivo de 48 canais a bordo das viagens da empresa. Também estão disponíveis outros 9 canais com programação gravada.

Posso levar bagagem dentro da cabine?

Mesmo que a companhia aérea faça a cobrança separada para despachar as malas dos clientes, as regras da aviação civil permitem aos passageiros embarcarem na cabine com uma mala de mão.

Esse volume deve ter, no máximo, 10 kg e dimensões limites de 35 x 25 x 55 cm (comprimento x largura x altura).

Fique atento com o conteúdo das bagagens de mão, pois, por medidas de segurança, existem restrições de embarque com produtos líquidos, como shampoo, sabonete, perfumes, loções e outros itens de higiene pessoal.

Para não encontrar problemas antes de entrar na aeronave, o passageiro deve acondicionar esses líquidos em embalagens transparentes de até 100 ml.

Caso as equipes de segurança vetem o embarque, os produtos proibidos serão confiscadas e descartadas.

Os viajantes também podem carregar, sem nenhum custo, um artigo pessoal, que contemplam mochilas, bolsas, malas de notebook, pacotes, sacolas e similares.

Esses volumes devem ser transportados sob o assento em frente ao passageiro e observar as medidas totais de 35 x 20 x 45 cm (comprimento x largura x altura).

Pronto para embarcar nas suas próximas férias?

Respondemos todas as suas dúvidas sobre o que é serviço de bordo? As empresas aéreas estão sempre melhorando as experiências dos seus clientes, que merecem segurança, conforto e diversão enquanto estão cruzando os céus.

Quer saber mais detalhes sobre os comissários de bordo, a sua história na aviação e quais são os cuidados que eles têm para servir a melhor comida para os viajantes? Leia este outro conteúdo que preparamos para você.