Ao falarmos sobre marketing, a primeira coisa que vem à mente são as propagandas de vendas de produtos, não é mesmo? Afinal de contas, a competição em todos os setores do mercado só aumenta e, com isso, as empresas buscam por novas maneiras de atingir o seu público-alvo, sendo uma delas o uso intensivo de comerciais e anúncios.

Mas, você sabia que essa técnica também pode ser aplicada no ramo particular? É isso mesmo. O marketing pessoal pode e deve ser utilizado pelos profissionais, já que é importantíssimo manter uma boa imagem de si, mesmo fora do mundo dos negócios.

Quer conhecer mais sobre o marketing pessoal e aprender as formas mais eficientes de investir em si mesmo para melhorar a sua imagem? Então, este artigo foi feito para você. Acompanhe a leitura!

O que é marketing pessoal?

Sabe aquele famoso ditado: “quem não é visto, não é lembrado”? Pois é exatamente nele em que se baseiam os princípios do marketing pessoal.

Antes que você comece a se preocupar, entenda que o conceito de marketing pessoal não tem a ver com egocentrismo ou exibicionismo. A questão é que, seja como for, é impossível valorizar algo que não seja visto. Pare e pense por um instante. Quantos colegas ou profissionais eficazes e admirados você conheceu e que em momento algum se destacaram? A resposta para essa pergunta é, provavelmente, “nenhum”.

E é exatamente isso que o marketing pessoal propõe. Ele pode ser entendido como um conjunto de ações coerentes e planejadas capazes de divulgar de forma sutil, mas impactante, as qualidades de um profissional. Basicamente, é uma estratégia voltada para agregar valor à imagem que o usuário dessa ferramenta transmite às outras pessoas e passe a ser visto com mais interesse por elas.

O marketing pessoal é bem mais trivial do que uma simples tática de autopromoção. Ele é uma forma de demonstrar as suas qualidades e o seu valor, expondo seus atributos, para que você possa subir os degraus da carreira em um menor intervalo de tempo e de forma condizente com as suas reais capacidades e aptidões.

Como melhorar o seu marketing pessoal em ambientes virtuais?

Devido à expansão da internet nos últimos anos, a grande maioria das pessoas começou a expor suas vidas nas plataformas sociais. Essa mudança moldou o processo de construção das marcas individuais em ambientes virtuais e se tornou uma importante maneira de se apresentar e manter contato com outras pessoas.

As redes sociais possibilitaram a qualquer indivíduo transparecer os seus anseios, pensamentos, capacidades e posicionamentos para qualquer pessoa ao redor do mundo, em tempo real. Isso sem contar o fato de proporcionar a oportunidade de expansão da sua rede de relacionamentos.

Portanto, é inevitável que o número de pessoas conectadas por meio da internet cresça cada vez mais e, por isso, apresentar uma marca pessoal consistente nesses ambientes pode abrir portas para novas e importantes oportunidades profissionais.

Hoje em dia, todas as atitudes tomadas em ambientes virtuais são determinantes no rumo dos nossos negócios, trabalho e carreira. E é exatamente por essa razão que a abordagem no desenvolvimento da sua marca deve caminhar lado a lado com os seus objetivos. Para isso, nada melhor do que o marketing pessoal. Confira algumas maneiras de melhorá-lo em ambientes virtuais:

Escolha corretamente os seus canais

Se você está pensando que escolher as suas redes sociais é uma tarefa simples e que basta, simplesmente, criar seu perfil nas plataformas mais populares, você está enganado. Cada uma dessas redes sociais tem as suas particularidades, público-alvo e objetivos e nem todas podem estar alinhadas ao que você procura.

Antes de mais nada, é importante que você se sinta bem e familiarizado com o estilo das redes sociais. Pense por um instante: se você não é uma pessoa que se sinta confortável em tirar e compartilhar fotos constantemente, qual é a real necessidade de você criar uma conta no Instagram (aplicativo voltado para o compartilhamento de fotos)?

Você, prioritariamente, deve ter prazer nos seus atos online, e não um sentimento de obrigação. Ao forçar um comportamento que não está enraizado, você pode correr o risco de transparecer uma imagem falsa e que não condiz com o seu perfil e com isso, em vez de atrair as pessoas, vai acabar por afastá-las.

Portanto, o primeiro passo para um marketing pessoal bem elaborado em um ambiente online é pesquisar as plataformas sociais específicas do seu interesse ou do seu nicho de trabalho.

Atenção especial à privacidade

É extremamente importante você saber separar os conteúdos publicados em suas redes, já que algumas atitudes podem ser mal interpretadas por colegas de trabalho e por pessoas importantes do seu círculo profissional, o que pode prejudicar significativamente o seu marketing pessoal online.

Se você deseja ter um perfil mais descontraído, onde possa postar conteúdos mais pessoais, pode optar por criar um perfil alternativo na rede que escolher e alterar as configurações de privacidades, para que somente as pessoas escolhidas por você possam ter acesso às suas postagens.

Obviamente, é preciso ter um cuidado especial com as brincadeiras em ambientes virtuais. Mas, de qualquer forma, fazendo isso você terá mais liberdade de postar conteúdos mais pessoais para o seu círculo de amizade e de confiança.

Invista em uma imagem uniforme, integrada e impactante

Se o objetivo de você utilizar o marketing pessoal é desenvolver uma imagem profissional centrada, evite ao máximo apelidos e mantenha o seu perfil sempre atualizado.

Pode ser uma boa alternativa mudar a imagem de perfil com certa periodicidade, para gerar mais interação com os seus seguidores.

Aposte em títulos impactantes ou frases de atração

De nada adianta fazer uso das redes sociais para alavancar o seu marketing pessoal, mas não compartilhar conteúdos relevantes que sejam capazes de aumentar o interesse das pessoas em você.

O conteúdo do seu perfil e das suas postagens é a sua voz no mundo virtual. Por isso, a melhor maneira de se destacar nesses ambientes é apostar em declarações que estejam alinhadas aos seus valores e pensamentos, utilizando títulos e frases de impacto capazes de prender a atenção dos seus seguidores.

Elabore uma biografia impactante

A maioria das redes sociais existentes, atualmente, reserva um espaço específico para uma biografia. Nessas horas, você deve ter atenção redobrada, já que esse elemento vai descrever a sua imagem perante às outras pessoas.

Para se descrever de uma maneira eficiente, o ideal é você desenvolver uma declaração com apelos reais e atraentes, mas sem abrir mão da objetividade.

Seja preciso na sua descrição profissional e fuja de definições óbvias ou maçantes. Pode ser uma boa ideia destacar suas realizações e, para “humanizar” o perfil, descrever um hobby ou atividades que tragam prazer.

A princípio pode parecer difícil descrever tantos aspectos sobre si mesmo com um limite de caracteres, mas pense que uma palavra apenas pode ser o suficiente para produzir o efeito desejado em seus seguidores.

Como melhorar o seu marketing pessoal no ambiente de trabalho?

Um bom marketing pessoal não consiste apenas em melhorar a sua imagem nos ambientes virtuais. Aliás, fazê-lo no ambiente de trabalho é ainda mais importante, já que nessas situações você está lidando diretamente com colegas de trabalho.

Para que você consiga melhorar a sua imagem offline, confira agora algumas orientações:

Seja pontual

Antes de se preocupar com os fatores estéticos e comportamentais que possam melhorar o seu marketing pessoal, que tal começarmos pelo simples? A pontualidade é essencial para qualquer indivíduo que deseje ser bem-sucedido nos negócios.

Portanto, esqueça o mau exemplo daqueles colegas de trabalho que, na maioria das vezes, chegam atrasados ou em cima da hora aos seus compromissos. Essa indicação também vale para prazos de entrega e reuniões. Afinal de contas, é praticamente impossível melhorar a sua imagem se você vive perdendo esses horários.

Por isso, tente se acostumar a sair sempre com alguns minutos de antecedência de casa para todo e qualquer tipo de compromisso. Ter o zelo de ser pontual automaticamente transparece às outras pessoas que você é comprometido e interessado.

Seja você mesmo

Uma das indicações indispensáveis para você fazer um marketing pessoal eficiente é agir naturalmente, independentemente da situação em que se encontra. Evite cair no erro de criar um personagem profissional que não seja alinhado com o seu perfil porque isso nunca funciona.

Se você é uma pessoa mais séria, não tente mudar isso apenas para agradar aos outros. Da mesma forma, se você se considera alegre e extrovertido, sinta-se livre para ser você mesmo dentro do ambiente de trabalho, apenas tome cuidado para não exagerar nas brincadeiras.

Vender uma imagem falsa de você não é o melhor caminho para melhorá-la. Por isso, aja naturalmente e seja você mesmo, mas lembre-se de que mesmo que tudo ocorra melhor agindo naturalmente, tudo tem um limite, e diferentes ambientes exigem diferentes posturas.

Converse olhando nos olhos

Pode parecer simples, mas manter um diálogo olhando nos olhos das pessoas é uma excelente forma de demonstrar, de forma não-verbal, segurança, transparência e sinceridade. Por isso, evite ao máximo desviar o olhar na hora de conversar com outras pessoas. Mesmo quando se tratar de um assunto difícil, é extremamente importante manter o contato visual.

Além disso, conversar olhando nos olhos é uma prova física de que você tem interesse por aquele diálogo e pelo que a pessoa está falando.

Preste atenção na sua postura corporal

Algumas pessoas podem achar que isso não tem importância. Se você é uma delas, mude agora. A postura corporal é outra maneira não-verbal de se comunicar e a forma como você se porta fisicamente nos ambientes diz muito sobre você.

Podemos tomar como exemplo uma pessoa que se senta torta na cadeira. Essa postura não impõe quase nenhum respeito, assim como alguém que está sempre se curvando para frente ou mantendo os braços cruzados. Essas posturas demonstram a necessidade de isolamento, alguém que não tem vontade nenhuma de se enturmar.

Em vez de adotar essas linguagens corporais, tente se adaptar para manter a coluna ereta, com o olhar sempre a frente e os braços paralelos ao corpo. A sua postura deve, essencialmente, passar uma imagem atenta, aberta, interessada, demonstrando autocontrole.

Há uma maneira simples de mensurar o funcionamento dessa técnica de marketing pessoal. Após adotá-la, observe se as outras pessoas no ambiente buscam se aproximar de você de forma espontânea. Você vai se impressionar com a eficiência dessa técnica.

Cuide da sua aparência

É inegável que uma pessoa de boa aparência transparece muito mais confiança e melhora significativamente o seu marketing pessoal. É importante dizer que quando falamos de aparência, não nos referimos à aparência física, essencialmente falando. E sim da forma como a pessoa se veste, se cuida e se apresenta aos outros.

Para que seja mais eficiente, você pode se vestir de acordo com a posição a qual almeja alcançar. Por exemplo, se você pretende chegar ao posto de gerente um dia, passe a observar como o atual ocupante da posição se veste e se inspire no visual dele, mas, claro, sem abrir mão do seu próprio estilo.

Afinal de contas, os toques pessoais são o que o distinguem dos demais e, além disso, o gerente não vai querer alguém copiando a forma como ele se veste. Você pode também ir além das roupas e se inspirar no corte de cabelo ou, no caso das mulheres, nos acessórios e maquiagens. O importante é sempre lembrar que o seu visual é um cartão de visitas importantíssimo para o seu marketing pessoal.

Portanto, sempre que for escolher a sua vestimenta para ocasiões profissionais, leve em consideração essa informação.

Evite demonstrar arrogância

Fazer marketing pessoal é muito diferente de ser arrogante. Uma das atitudes que demonstra arrogância é manter sempre o foco em si mesmo e se colocar na frente de todo e qualquer tipo de frase ou situação.

Se você vive falando frases que começam com “eu”, chegou a hora de repensar. Você, provavelmente, está aparentando ser uma pessoa demasiadamente autocentrada e isso não é benéfico em hipótese nenhuma e nem o ajudará a conquistar simpatia em seu ambiente de trabalho.

Uma solução simples e eficiente é substituir falas desse tipo pelo interesse genuíno pelo outro. Ouvir é, em muitos casos, mais importante do que falar e ao colocar o foco no próximo, você melhora o seu marketing pessoal e ainda pode aprender com a outra pessoa.

Adotando essas técnicas você vai conseguir melhorar a sua imagem, tanto em ambientes virtuais como no próprio local de trabalho. Mas lembre-se, o segredo fundamental para a eficiência do marketing pessoal é estar sempre atento para não ultrapassar nenhum limite, seja para mais ou para menos.

Gostou do nosso artigo sobre marketing pessoal? Então, compartilhe agora este post nas suas redes sociais e mostre para os seus amigos que você está por dentro do assunto!