Problemas de saúde, voos atrasados ou perda de bagagens são exemplos de situações imprevisíveis que podem acontecer em qualquer viagem e trazer muita dor de cabeça. E faz com que o seguro viagem para funcionários seja fundamental no turismo de negócios.

Garantir a segurança e o amparo à saúde é fundamental para que os colaboradores consigam executar suas funções com tranquilidade e cumprir suas viagens de trabalho sem maiores problemas e preocupações.

Viajar a trabalho faz parte da sua rotina profissional? Então saiba mais sobre a importância de contratar esse serviço!

O que é seguro viagem?

O seguro de viagem para funcionários funciona como um plano de saúde temporário, garantindo a cobertura financeira e o atendimento caso o viajante tenha problemas no seu destino. Por temporário entende-se que a validade e os valores são definidos no momento da sua contratação.

Então, é importante saber que as seguradoras podem vender dois pacotes, utilizados em conjunto ou não. Conheça:

  • assistência viagem — o atendimento é custeado pela empresa contratada, dentro dos limites estabelecidos em contrato;
  • seguro viagem — a modalidade funciona como uma política de reembolso, em que o profissional arca com todas as despesas e depois solicita o ressarcimento de acordo com os valores previamente acordados.

A principal diferença entre as duas modalidades é que, no caso do seguro viagem, o indivíduo escolhe o local de atendimento. Já na assistência, qualquer problema deve ser imediatamente comunicado à seguradora para que ela indique o local em que o atendimento pode ser realizado.

Quais são as garantias com a contratação?

As garantias do seguro viagem para funcionários vão depender do pacote contratado. Assim, a cobertura pode incluir:

  • despesas médicas, odontológicas, jurídicas e farmacêuticas;
  • hospedagem após alta hospitalar, caso a condição de saúde impossibilite o retorno para casa;
  • problemas com a viagem, como perdas de bagagens, cancelamento e atrasos nos voos;
  • repatriação médica e funerária;
  • sequestros e chantagem;
  • situações de crise, como evacuações em massa e ataques terroristas.

Qual é a média de custo?

O custo da apólice depende de vários fatores, como a idade do viajante, o roteiro, se o serviço combina seguro com assistência, cobertura, entre outros.

Você sabia que pode custar menos do que você está imaginando? É possível encontrar bons planos na faixa de R$ 200,00.

A contratação é obrigatória?

Dependendo do destino, a contratação do seguro viagem para funcionários ou viajantes a passeio é obrigatória. A lista inclui:

  • Alemanha
  • Austrália
  • Áustria
  • Bélgica
  • Cuba
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Noruega
  • Países Baixos
  • Polônia
  • Portugal
  • República Tcheca
  • Suécia
  • Suíça
  • Venezuela

Os Estados Unidos, embora não faça parte de lista, é um país altamente recomendado. Lá, a assistência médica é muito cara — muito mesmo, certamente os valores que você está imaginando não cobrem os problemas relativamente simples. Por exemplo, uma cirurgia no apêndice pode custar 15 mil dólares.

Quais são os benefícios de contar com um seguro viagem?

Diante de tudo o que foi pontuado até agora, os benefícios da aquisição do seguro viagem vão além do controle de gastos. Conheça os principais.

Maior segurança para todos

Imagine você que uma empresa enviou um profissional para participar de uma reunião importante nos Estados Unidos. Ele chega ao aeroporto, pega sua bagagem, aluga um carro e se dirige até o hotel. No meio do caminho, bate o carro e quebra um braço.

Tratar um braço quebrado em um dos países mais importantes do globo pode custar até 10 mil dólares. Já pensou nos prejuízos envolvidos em enviar 10 mil dólares para que o colaborador possa pagar as contas do hospital e cumprir com o cronograma de trabalho?

Nenhuma empresa deseja que seu colaborador sofra um acidente de carro durante uma viagem de negócios. No entanto, essa é uma situação que não tem como prever. Por mais que o motorista tome cuidado, acidentes não marcam hora para acontecer.

Quando o profissional pega um avião protegido pelo seguro viagem, ele, a família e a empresa têm a segurança de que qualquer problema será prontamente resolvido sem maiores problemas.

Essa proteção pode influenciar positivamente o comportamento do colaborador, que consegue aproveitar a viagem e desempenhar suas funções com tranquilidade e não precisa ter medo de procurar atendimento caso algo não saia como planejado.

Cobertura e amparo em caso de emergências

Embora o seguro viagem não possa ajudar as pessoas a evitar problemas durante suas viagens, ele garante ao turista de negócios uma estadia de segurança relacionada à saúde.

Dito isso, um dos seus benefícios é o reembolso financeiro para despesas médicas devido a acidentes e doenças. Nem todos os países têm um sistema de saúde pública como o Brasil, e o tratamento médico pode custar muito caro. Isso significa que um simples ferimento, uma cólica de rim ou uma crise de enxaqueca pode resultar em uma conta de mais de mil dólares.

O seguro de viagem também cobre o transporte médico. Ou seja, se o colaborador sofrer um acidente e precisar de uma ambulância, essas despesas não saem do bolso dele, ou da empresa.

Cumprimento de uma boa política

Quando falamos sobre o mundo corporativo, não podemos ignorar a importância da cultura organizacional. Empresas que se preocupam com a integridade e segurança dos seus colaboradores tendem a conquistar um capital humano mais eficiente.

Grandes profissionais procuram empresas que fornecem o mínimo de segurança e qualidade de vida. O seguro viagem faz parte desse contexto. O colaborador que precisa exercer suas funções longe de casa certamente considera as políticas da empresa em relação à sua saúde antes de aceitar ou permanecer em um emprego.

Empresas que adotam políticas de zelo com seus colaboradores são mais bem-vistas no mercado e alcançam melhores resultados nos negócios.

O seguro viagem para funcionários é também uma forma de proteger a empresa financeiramente, já que ela não precisa arcar com alguns sinistros quando o serviço entra em ação. Além disso, cumprir o roteiro com tranquilidade pode aumentar a eficiência do profissional em campo. Vale a pena investir!

Continue se informando a respeito das melhores práticas relacionadas a viagens corporativas. Confira mais um de nossos posts e entenda a importância do relatório de despesas de viagem!